Emma Watson


Emma Watson no novo trailer do filme “Colonia”

//Por Pedro Oliveira - domingo, 10 de janeiro de 2016 às 22:26


A 20th Century Fox divulgou nesta noite o segundo trailer do filme “Colonia”, dirigido pelo alemão Florian Gallenberger, com Emma Watson interpretando a protagonista Lena.

“Chile, 1973. Em meio ao golpe de estado que derrubou o presidente eleito Salvador Allende e possibilitou a ascensão do ditador Augusto Pinochet, as massas estão nas ruas protestando, entre eles um casal alemão, Lena (Emma Watson) e Daniel (Daniel Brühl). Quando o rapaz é levado pela polícia secreta de Pinochet, Lena procura por ele e descobre que seu amado está em um lugar chamado Colonia Dignidad, uma suposta missão de caridade dirigida por um pregador (Michael Nyqvist), só que na verdade é uma prisão de onde ninguém nunca escapou. A fim de encontrar Daniel, a moça decide se juntar ao culto religioso da Colonia.”

O filme chega aos cinemas norte-americanos no primeiro semestre de 2016, ainda sem previsão de lançamento no Brasil.

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Emma Watson comenta sobre a nova atriz que interpretará Hermione no teatro

//Por Pedro Oliveira - domingo, 03 de janeiro de 2016 às 04:13


A atriz Emma Watson, que interpretou a nossa amada Hermione Granger nos filmes da série “Harry Potter”, comentou brevemente em seu Twitter sobre a escolha da atriz Noma Dumezweni para dar vida à Hermione nos palcos da peça “Harry Potter and the Cursed Child”.

emma

“Mal posso esperar para ver Noma Dumezweni como Hermione nos palcos este ano!”

“Harry Potter and the Cursed Child” (Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, em tradução livre) chegará aos teatros londrinos ainda em 2016 e contará a história de Harry logo após o epílogo de “Harry Potter e as Relíquias da Morte”.

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Espalhe a luz e concorra a livros autografados de J.K. Rowling e Daniel Radcliffe!

//Por Pedro Martins - terça-feira, 01 de dezembro de 2015 às 15:00


Atenção, Potterheads! Quem gostaria de ganhar livros autografados por Daniel Radcliffe e até mesmo por J.K. Rowling? E mais outros prêmios, como um mapa de Hogwarts assinado pela equipe MinaLima? É chegada a hora de retribuir. E de receber algo de volta pela sua caridade também.

Quantos anos você tinha quando “Harry Potter” entrou em sua vida? É provável que você, como nós, tenha conhecido o Mundo Mágico quando era apenas uma criança. Também Harry, Rony e Hermione eram crianças quando os encontramos pela primeira vez. A infância toma proporções fundamentais no universo de “Harry Potter”; nela ocorrem vários dos momentos mais importantes de toda a série.

Hoje, a instituição Lumos, criada e presidida por ninguém menos que J.K. Rowling, lança uma campanha de arrecadação de fundos para terminar a construção de uma escola em Ialoveni, na Maldávia. Contudo, esta escola não é uma qualquer: ela é destinada a crianças deficientes que, muitas vezes, nunca frequentaram uma escola. A sua doação também pode transformar a vida daqueles que vivem em orfanatos (os quais muitas vezes nem são órfãos), devolvendo a eles os seus direitos fundamentais que acabam roubados quando faltam o conforto e a paz de um lar.

Mas espera! Acha que é tudo?! Não!, pois além dos prêmios oferecidos pela Lumos, você também pode ganhar estes: autógrafo de Emma Watson, varinhas artesanais do Alivans, varinhas do Harry e da Hermione que acendem, o Mapa do Maroto e outros prêmios de “Harry Potter”! Todos estes arranjados por nós, um time de fã-sites ao redor do mundo, com o apoio da Alivians, Noble Colletction e do Snitch Seeker!

IMPORTANTE: Para entrar no nosso sorteio, você precisa doar unicamente por este link. Usando outro, o sistema não o qualificará para o sorteio.

Como participar:

1) Doe para a Lumos por meio deste link;

2) Você receberá uma mensagem de agradecimento da Lumos (a prova da sua doação). Para entrar no nosso sorteio, envie-nos um e-mail para [email protected] com o seu nome completo, endereço e prova da sua doação – um print do e-mail ou o reencaminhamento dele;

3) Uma boa dose de Felix Felicis a todos! Não se esqueçam de ler os Termos e Condições e o FAQ, para assim não ter nenhum problema no sorteio.

Todos nós, fã-sites que acompanham Harry há muito, contamos com a sua ajuda neste projeto incrível. Ela é fundamental para que possamos transformar a existência dessas pessoas que estão apenas no começo de suas vida e merecem uma chance. Seja bem-vindo. Espalhe a luz ajudando-nos a transformar o mundo daqueles que necessitam!

Comentários: 5

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Emma Watson em entrevista para a revista PORTER

//Por Lara Melicio - segunda-feira, 30 de novembro de 2015 às 15:58


Para sua edição de inverno, a revista PORTER, visando celebrar as 100 mulheres mais incríveis de 2015, escolheu a atriz Emma Watson para estampar sua capa. Em entrevista, a atriz falou sobre suas aspirações, outras faces do feminismo e se sentir confortável consigo mesma.

Emma foi selecionada para fazer parte da saga “Harry Potter”, quando tinha apenas nove anos de idade, dando vida à Hermione Granger pelos doze anos que se seguiram. Sobre crescer junto com a personagem, ela comentou:

“Eu passei mais da metade da minha vida fingindo ser outra pessoa. Enquanto os outros jovens estavam pintando seus cabelos e tentavam descobrir quem eram, eu tentava descobrir quem era Hermione e qual seria a melhor forma de interpretá-la. […] Agora, com 25 anos, pela primeira vez na minha vida eu me sinto confortável com percepção que tenho sobre mim mesma. Na verdade, têm coisas que eu realmente ainda quero poder falar, e quero ser o mais autentica quanto puder.”

Em questão de quais são suas vontades e aspirações em relação à sua carreira, a atriz acrescentou:

“Eu não quero que haja uma grande separação entre o que é público e o que é particular (na minha vida). Com certeza, essa é a estrada mais difícil a se percorrer, mas sem dúvidas é a mais gratificante. […] Vai parecer algo ridículo a se falar, mas eu acredito na verdade, em ser real, em encontrar maneiras de ser confusa, insegura e uma pessoa com defeitos, mas ao mesmo tempo incrível, importante e intensa, tudo em um só pacote. Quando você assiste o trabalho de uma atriz como a Emma Thompson você sente como se estivesse vendo algo real, é isso o que eu aspiro.”

Admitindo que sua recém adquirida autoaceitação está diretamente ligada ao seu novo estilo em questão de moda, Emma revelou:

“Quando eu era mais nova, lembro que me falavam ‘sem dor, sem conquistas’, mas recentemente vejo que minha vontade de usar algo que me faça passar muito frio ou em que eu não consiga me mover direito não é mais a mesma. […] Eu quero me sentir fabulosa, confortável, sexy, poderosa e bonita. E se algo está te deixando desconfortável, não use. É tão triste quando você é forçado a ir para casa só porque precisa se sentar. Eu segui em frente, minha prioridade agora é apenas me sentir fantástica (sem dor).”

Passando para o assunto do feminismo, Emma, que impressionou o mundo com o discurso para sua campanha HeForShe, contou que optou por não seguir alguns conselhos que recebeu:

“Eu fui encorajada a não usar a palavra ‘feminismo’ (no discurso) porque as pessoas considerariam-na isoladora e separatista, sendo que o meu objetivo era atrair e incluir o máximo de pessoas possível. […] Mas eu pensei muito, por um longo tempo, e senti que era a coisa certa a se fazer. Se as mulheres têm medo de falar essa palavra, de que maneira vamos esperar que um homem comece a usá-la?”

A atriz, então, concluiu a conversa explorando a conexão entre sua campanha, o feminismo e seu amor pela moda:

“Eu penso que usar a moda como forma de expressão é genial. […] Uma das razões para eu ter me tornado embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres foi por conta do meu interesse pela moda fair-trade (“troca justa” em tradução literal – uma campanha da ONU de inclusão de artesãs de comunidades Africanas e Haitianas na indústria mundial da moda). Porque muitas mulheres desenham e criam as roupas que usamos, as condições de trabalho delas são diretamente afetadas pelas decisões que tomamos, então, a moda é sim uma questão feminista.”

A entrevista na íntegra estará disponível mundialmente no dia 4 de dezembro, em cópia on-line ou impressa da revista.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

LEGENDADO: Emma Watson entrevista Malala Yousafzai

//Por Donizete Junior - sábado, 21 de novembro de 2015 às 16:44


Mesmo em meio as filmagens de diversos filmes, Emma Watson continua empenhada com as questões do feminismo. Recentemente, a atriz compareceu ao première do filme “He Named Me Malala.” (exibido no Brasil como o título “Malala”), documentário que conta a história da ativista e vencedora do prêmio Nobel da paz, Malala Yousafzai.

Durante o lançamento, Emma teve a oportunidade e a honra de entrevistar Malala, a grande estrela da noite, e cerca de 10 mil crianças do Reino Unido puderam acompanhar a entrevista e aprender mais sobre tópicos importantes como educação, igualdade de gêneros e o ativismo pelo qual Malala ficou conhecida.

A entrevista, divulgada por Emma Watson em sua página oficial do Facebook, foi traduzida e legendada pela nossa equipe e pode ser conferida na íntegra abaixo.

Tradução: Aline Michel, Caroline Dorigon, Gabriela Oliveira e Rodrigo Cavalheiro.
Revisão da tradução: Bibiana Branco.
Legendas: Arthur Gomes, Carolina de Souza e Orley Lima.
Revisão das legendas: Pedro Martins.

“Malala” estreou dia 19 de novembro nos cinemas brasileiros e pode ser conferido em algumas salas de cinema. O trailer e a transcrição do mesmo você pode conferir no post anterior sobre o encontro de Emma e Malala.

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Emma Watson em novas fotos para Vogue Itália

//Por Carol Oliveira - quarta-feira, 11 de novembro de 2015 às 19:22


A nova capa da edição de novembro da revista Vogue Itália traz a atriz Emma Watson, que interpretou nossa amada Hermione Granger na série “Harry Potter”. Nas fotos, ela aparece em toda sua graça e elegância em roupas fortemente clássicas que realçam bem o físico da atriz e sua simplicidade.

Em uma breve entrevista Emma comenta sobre:

“Eu quero ser uma mulher renascentista. Quero pintar, eu escrevo e, acima de tudo, quero continuar atuando.”

emma-watson-vogue-italia-002

Para mais fotos visite nossa Galeria!.

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Emma Watson e Malala se encontram no lançamento do filme “He Named Me Malala”

//Por Anna Luisa Constantino - quarta-feira, 04 de novembro de 2015 às 16:26


Hoje (04), a atriz e embaixadora da ONU Emma Watson se encontrou com a ganhadora do premio Nobel, Malala Yousafzai, durante a premièr de lançamento do filme “He Named me Malala” (“Ele me Nomeou Malala”, em tradução literal).

Cerca de 10 mil crianças e professores da rede de ensino do Reino Unido tiveram a oportunidade de assistir a conversa entre Emma e Malala. A conversa teve por inicio uma sequência de perguntas e repostas com o tema educação, feminismo e entre outras questões que foram enviadas pelos alunos e professores.

A entrevista poderá ser vista, em inglês, por meio do perfil de Emma no Facebook. Lembrando que as nossas equipes de transcrição e legendas já estão trabalhando para trazer o material na íntegra em português.

“He Named Me Malala” foi dirigido pelo aclamado diretor de documentários Davis Guggenheim e trata-se de um retrato íntimo de Malala, que foi marcada pelo grupo Taliban e sofreu imensamente com um tiro quando voltava da escola para sua casa em um ônibus escolar no Vale Swat no Paquistão.

Você pode conferir o trailer do filme, em inglês, logo abaixo. A transcrição em português feita pela nossa equipe pode ser conferida no modo notícia completa.

O Into Film Festival, festival onde aconteceu o lançamento, apoia a educação infantil por meio de filmes. A proposta deles é de inserir a cultura cinematográfica no coração de crianças para auxiliar no desenvolvimento cultural, educacional, criativo e pessoal.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Seção Granger: “The Queen of the Tearling”, de Erika Johansen

//Por Pedro Martins - sábado, 03 de outubro de 2015 às 13:42


Anna Luisa Constantino, bibliotecária e uma das newsposters mais frequentes do Potterish, leu recentemente o livro “The Queen of the Tearling” e amou tanto que precisou escrever a sua participação na Seção Granger sobre ele, como vocês podem ler na extensão do post.

Emma Watson dará vida a protagonista desta obra nas telonas em uma adaptação da Warner Bros. Pictures.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Emma Watson e o machismo na indústria audiovisual

//Por Ohanna Schmitt - quarta-feira, 30 de setembro de 2015 às 09:19


O The Guardian postou recentemente o “99% das mulheres que trabalham na indústria cinematográfica e televisiva já sofreram machismo”, onde diversas personalidades femininas comentaram suas experiências com machismo.

Uma delas foi nossa eterna Hermione Granger, que vem se destacando na luta contra o machismo com o #HeforShe e forte trabalho com a ONU, onde, segundo ela, a “tornou ainda mais ciente dos problemas”:

Recentemente fui a um jantar de trabalho. Havia 7 homens… e eu.

Mas ela não culpa só os homens pela descriminação, falando que as mulheres são tão culpadas quanto.

Alguns dos melhores feministas que conheci são homens, como Steve Chbosky, que me dirigiu em “As Vantagens de Ser Invisível” e o diretor James Ponsoldt, com quem estou trabalho no momento (em “The Circle”). Algumas mulheres podem ser incrivelmente preconceituosas contra outras mulheres!

A íntegra do comentário de Emma Watson para o The Guardian pode ser conferida no modo notícia completa.

Marina Anderi, nossa chefe de tradução e responsável pelo trabalho neste artigo, fez uma nota a respeito do assunto:

Nota da tradutora: Lembrando que mulheres não podem ser machistas, já que isso implicaria em elas terem soberania social, política e econômica, algo que atualmente pertence aos homens. No entanto, elas podem reproduzir o machismo, que não é nada mais, nada menos, do que lhes foi imposto pelo patriarcado desde seu nascimento; mesmo ela reproduzindo opiniões machistas, estas não vão beneficiá-la, mas sim os homens. Portanto, dizer que mulheres são tão opressoras quanto homens é uma constatação errônea.

#HeForShe é um movimento de solidariedade pela igualdade de gênero criado por Emma Watson.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...

LEGENDADO: “Voz de uma geração”, Emma Watson é estrela da nova edição da Vogue Britânica

//Por Jonathan Teles - sexta-feira, 07 de agosto de 2015 às 18:04


Emma Watson (Hermione Granger), atriz e Embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres, é o destaque da edição deste mês da revista Vogue Britânica.

No último ano, Emma foi escolhida como a Personalidade Feminista do ano, desbancando outras celebridades consideradas ícones feministas, e nesta edição da revista britânica da Vogue, que foi lançada ontem (6), a atriz é apresentada como “Voz de uma Geração”.

normal_bv2015_(3)

Além de fama, mentores, o balanceamento entre o estudo e a atuação, Watson conversou sobre a igualdade de gênero e a campanha “ElePorEla” com alguns nomes de peso no mundo da moda que fizeram parte da edição da revista, tais como os designers Stella McCartney, Bella Freud, Jonathan Saunders e Erdem Moralioglu. Assista o vídeo legendado pela nossa equipe no modo notícia completa, através deste link.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...