Não categorizado

Dicas natalinas, parte 1

O Natal pode ser um feriado de alegria, tristeza, reencontros, solidão, presentes, retrospectivas… e excelente para ler um livro! Sim, depois de comer a ceia, ao invés de ligar o computador, por que não procurar uma leitura adequada para o fim de ano? Por isso, trazemos a primeira parte do nosso especial de Natal das Resenhas.

[meio-2] Neste domingo e no próximo, indicaremos alguns livros natalinos. “Os delírios de consumo de Becky Bloom”, de Sophie Kinsella, e “Um cântico de Natal”, de Charles Dickens, são as nossas dicas para o fiel leitor do Potterish. Leia a extensão, ou melhor, abra seus presentes!


Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Dicas natalinas, parte 1Tempo: para ler no Natal
Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Dicas natalinas, parte 1Finalidade: para entrar no espírito natalino
Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Dicas natalinas, parte 1Restrição: para quem odeia o Natal
Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Dicas natalinas, parte 1Princípio ativo: Natal, obviamente!

“Um Cântico de Natal”, de Charles Dickens

Ebenezer Scrooge é um homem muito rico que detesta as comemorações natalinas. Muito frio e avarento, ele é indiferente aos convites de seu sobrinho e aos problemas do seu empregado. Perto do Natal, ele recebe a visita do fantasma do seu ex-sócio, Jacob Marley, que anuncia a visita de três espíritos – o primeiro lhe mostra o que se passou, o segundo, o que está acontecendo, o terceiro, o que pode acontecer.

“Um Cântico de Natal” é uma história muito conhecida, tendo ganhado muitas adaptações, sendo a última a do filme de 2009. A figura do Scrooge, personagem muito instigante, é freqüente em diversas histórias – o famoso Tio Patinhas, cujo nome em inglês é “Uncle Scrooge”, é uma delas. A narração da história é muito envolvente, convidando o leitor a refletir, juntamente com Scrooge, sobre as nossas atitudes e as conseqüências delas.

Resenhado por Gabriela Alkmin

144 páginas, Editora Landmark, publicado em 2010.
*Título original: A Christmas Carol. Publicado originalmente em 1843.

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Dicas natalinas, parte 1

“Os delírios de consumo de Becky Bloom”, de Sophie Kinsella

Em matéria de compras de Natal, Rebecca Bloom dá um show. Talvez não somente nesse quesito, se formos analisar a conta do seu cartão de crédito. Escrito em 2001 por Sophie Kinsella, “Os delírios de consumo de Becky Bloom” trazem para o leitor a história de vida de quase toda mulher moderna.

Ainda que se veja endividada e obrigada a inventar histórias mirabolantes para o gerente da sua conta bancária, Rebecca simplesmente não consegue resistir a uma echarpe. Ou a qualquer outro item que ela jamais usaria uma segunda vez. Jornalista de finanças, era de se esperar que a garota seguisse seus próprios conselhos. No entanto, metida em confusões cada vez maiores graças a um incontrolável desejo de consumir, Becky vai ter que usar de toda a sua criatividade para escapar dessa sã e salva – e com todos os itens do seu guarda-roupa. Como se não bastassem todos os seus problemas, a consumista ainda inventa de se apaixonar por Luke Brandon, o sedutor expert em finanças, com quem vai viver uma polêmica digna de programa de auditório!

O romance de Kinsella, adaptado para o cinema em 2009, faz com que o leitor reflita sobre o que é necessário e o que é exagero. De uma forma engraçada e divertida, a personagem principal leva ao leitor os impactos de uma sociedade moderna onde você não é mais o que pensa: é principalmente o que possui.

Resenhado por Débora Rezende

364 páginas, Editora Record, publicado em 2009.
*Título original: Shopaholic. Publicado originalmente em 2000.