Não categorizado

Watson em estilo clássico para a revista Teen Vogue

Nós temos acompanhado a participação da atriz Emma Watson em diversas campanhas de grife, bem como sua constante presença em revistas de renome do mundo todo. Agora a jovem participou mais uma vez de uma sessão fotográfica para a revista Teen Vogue, dessa vez adotando um visual mais clássico.Várias imagens desse ensaio foram divulgadas online, incluindo algumas dos bastidores; vocês podem conferir todas em nossa galeria através desse link. Além disso, o site da revista também publicou uma versão condensada da entrevista com a jovem, durante a qual ela fala sobre moda, Harry Potter e estudos.

O último livro, Harry Potter e as Relíquias da Morte, está sendo dividido em dois filmes, o que significa que ela está atualmente promovendo um filme, filmando outro e em pré-produção de um terceiro. “Não creio que já estive tão cansada como estou agora em toda a minha vida!”, ela diz. “Eu literalmente uso minha calças do pijama no set. Eu rolo da cama e visto um capuz e um par de botas”.

A tradução do artigo na íntegra vocês conferem em notícia completa, e clicando aqui vocês podem conferir uma vídeo-entrevista com a atriz.

EMMA WATSON
Emma Encantada

Teen Vogue ~ Lauren Waterman
22 de junho de 2009
Tradução: Fabianne de Freitas

Emma Watson se transformou magicamente da amiga extremamete estudiosa de Harry Potter a uma garota completamente glamurosa. Agora a elegante estrela começa sua próxima etapa.

Ela era apenas uma garota tímida aos dez anos quando ganhou o papel de Hermione Granger, a amiga estudiosa e de cabelos crespos do protagonista de Harry Potter e a Pedra Filosofal. O primeiro filme foi esperado ansiosamente assim como suas amadas quatro sequências (a quinta, Harry Potter e o Enigma do Príncipe chega aos cinemas esse mês) – fazendo com que Emma Watson, agora com dezenove anos, ficasse famosa ao redor do mundo por metade de sua vida.

Esse tipo de fama tem seu lado ruim: mesmo que os enfurecidos tablóides Britânicos estiveram (relativamente) sem assunto durante a adolescência da atriz, eles celebraram o aniversário de dezoito anos dela mandando tantos paparazzis para cobrir sua festa em Londres que, ela diz, “eu literalmente não conseguia sair no final da noite”. (“A pior coisa”, ela acrescenta indignada, “foi que eles se deitaram na calçada e tiraram fotos por baixo da minha saia. Agora vou usar shorts sempre que sair dos carros.”) Seu romance de um ano com o financista Jay Barrymore é assumidamente “casual”, mas Emma insiste que eles estiveram constantemente juntos, e que “a única razão de ser ‘casual’é porque os jornais inventam tanta besteira.”

Mas observe a atriz em sua terceira capa da Teen Vogue – que aconteceu em uma antiga mansão inglesa do interior que mostra tanto as ruínas do castelo de Norman e assim como “arbustos interessantes” – e você verá rapidamente como Emma se beneficiou por ter crescido sob os holofotes. Uma das razões é que ela é invejavelmente controlada. Mesmo quando os dois pôneis que ela devia conduzir por um caminho no jardim ficaram agitados, ela simplesmente riu e esperou pelas próximas instruções.

E mesmo quando estava usando saltos altíssimos, leggings padronizadas, e uma minisaia bufante, com os cabelos presos displicentemente e amarrados com uma rede brilhante, Emma tem postura o suficiente para evitar que as roupas usem-na.

Moda, na verdade, é há muito tempo, um dos interesses particulares de Emma. Ela usou Chanel o suficiente para se tornar amiga de Karl Lagerfeld, o designer icônico da marca – “é meio que a minha marca de sorte”, ela explica, “livre de enganos” – e então ela começou a usar outras marcas, experimentando Balenciaga, Burberry (para a qual ela é a modelo de outono), Miu Miu, Alice Temperley, e um Inglês pouco conhecido, chamado William Tempest, cujos desenhos ela viu pela primeira vez em um evento chamado Fashion Fringe. Quando ela não está participando de premieres, diz ela, “eu vivo, realmente, de jeans da Topshop, blazers da Ralph Lauren ou da Reiss, e sapatilhas.”

“É muito difícil descrever o seu próprio estilo”, ela admite. “E ainda sou nova, então ainda estou experimentando. Mas eu acho que é bem Britânico e muito ligado à individualidade”. Emma diz que prefere escolher os seus próprios vestidos de festa, mas mesmo quando ela não tem tempo e tem que falar com um estilista, ela é cuidadosa ao se certificar que o resultado não seja exagerado. Ela explica, “não tem nada de interessante de parecer perfeita – você perde o propósito. Você quer que sua roupa diga algo sobre você, sobre quem você é.”

É claro, estilo pessoal perde um pouco a importância quando ela passa seis dias por semana trabalhando no último Harry Potter, como ela tem feito desde fevereiro deste ano. Muito da interpretação dela em Enigma do Príncipe se foca no romance dela com o amigo, Rony – “No início”, Emma dia, “parece que eles estão a caminho de finalmente ficarem juntos, mas, é claro, o Rony estraga tudo. Então ela fica com ciúme, mas não percebe bem isso, e eles têm aquelas discussões.” Enquanto isso, Harry segue o rastro do bruxo de Poções e tenta convencer o novo professor deles, Slughorn, para revelar algumas informações cruciais sobre o inimigo maligno de Harry, Voldemort. Com tudo isso, uma trama muito excitante, mesmo que Emma tenha que se esforçar para lembrar: o último livro, Harry Potter e as Relíquias da Morte, está sendo dividido em dois filmes, o que significa que ela está atualmente promovendo um filme, filmando outro e em pré-produção de um terceiro. “Não creio que já estive tão cansada como estou agora em toda a minha vida!”, ela diz. “Eu literalmente uso minha calças do pijama no set. Eu rolo da cama e visto um capuz e um par de botas”.

Esse vestuário atual se encaixará bem na universidade, a qual Emma pretende começar em setembro. A agenda dela ficará apertada com as filmagens mas, como ela diz, “eu tenho dito que quero ir para à faculdade desde que tinha onze anos, então se eles não me deixarem, eu vou ficar bem chateada”. (Provavelmente ela terá que gravar durante o feriado do Natal, ela diz, e desde que a trama envolve a Poção Polissuco – “Helena Bonham Carter intepretará Hermione um pouco”)

Não é incomum que as atrizes da idade de Emma se inscrevam para a faculdade, mas ela é única em sua determinação de levar isso à sério. Talvez seja porque ela não tem 100% de certeza se ela quer ser uma estrela de cinema quando crescer. “Não tenho, por exemplo, uma grande paixão em mim”, ela admite, “que eu tenha que atuar e não importa o que eu faça. Até que algo apareça, que eu me sinta tão envolvida quanto como me senti com Hermione, – pois, eu pensei que era vida ou morte – eu não quero atuar de novo”. Ao invés, ela vai estudar Literatura Inglesa e Arte, apesar de que, exatamente aonde, ela não diz. (Cambridge, Brown e Yale são as mais bem cotadas pela milha de rumores da Internet, mas dada à sua insana popularidade no Reino Unido e os agressivos paparazzi, é provável que ela acabe nos Estados Unidos) “Eu só quero manter isso privado o máximo que eu puder”, explica ela. “Eu provavelmente pareço como uma louca paranóica, mas estou fazendo isso porque quero ser normal. Eu realmente quero anonimato.” Emma até pretende viver com um colega de quarto em um dos dormitórios da faculdade, uma decisão que Daniel Radcliffe considerou louca. “Mas eu quero fazer do jeito certo, como todo mundo. Desde que eu não entre”, ela acrescenta brincando, “e veja, por exemplo, posters de Harry Potter em todo lugar, eu ficarei bem.”

Editado para a teenvogue.com. Para a história completa compe a edição de agosto da Teen Vogue, nas bancas em 1o de julho!