A Ordem da Fênix ︎◆ Filmes e peças ︎◆ Livros ︎◆ O Enigma do Príncipe

[TRADUZIDO] Watson comenta cenas amorosas de Hermione e Rony

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling [TRADUZIDO] Watson comenta cenas amorosas de Hermione e RonyPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling [TRADUZIDO] Watson comenta cenas amorosas de Hermione e Rony
Continuamos com a divulgação de entrevistas feitas com os atores pelas revistas mundo afora. Agora o Snitch Seeker publicou as páginas da Candy Magazine, mostrando a todos um apanhado de curiosidades e imagens de uma nova sessão de fotos com a atriz Emma Watson.
Na edição de junho da revista, a jovem fala sobre Harry Potter e o Enigma do Príncipe e dá sua opinião sobre diversos assuntos aleatórios, como dinheiro, carreira, comida, fama, Kate Moss, animais de estimação, etc.

O quão difícil tem sido começar um romance na tela com Rony nesse filme, especialmente porque ele é interpretado por um velho amigo?
Aah! Não sei se isso é difícil. Rupert Grint é um cara realmente descontraído, mas estou verdadeiramente ansiosa por isso, porque gosto muito do lado comédia romântica do filme. Rupert e eu acabamos proporcionando uma luz aliviante conforme os filmes ficam mais obscuros. É engraçado ver Rupert se esforçando nas participações românticas. A Hermione e o Rony são tão diferentes e, ainda assim, eles têm essa química, por isso é interessante. Vai ser embaraçoso fazer aquelas cenas de amor; não há outra maneira definir isso, mas é tudo parte do trabalho!

Depois de muito esforço, você já confere a tradução de todo o scan na extensão. Enquanto leem a tradução, vocês podem ver os scans de suas páginas e as duas fotos inéditas de Emma clicando aqui!

EMMA WATSON
Entrevista

Candy Magazine ~ Emma Watson
29 de maio de 2009
Tradução: Ricardo Olissil, Flávio Júnior e Fabianne de Freitas

NÓS AMAMOS EMMA

A jovem bruxa favorita de todo mundo enfeitiça seu caminho para dentro de nossos coração, à medida em que Harry Potter e o Enigma do Príncipe prepara-se para estourar nos cinemas, próximo mês.

– Você ficou feliz em voltar aos sets dos filmes de Harry Potter?
Foi completamente entusiasmante retornar para a agitação dos estúdios.Todos ficaram satisfeitos de me verem, porque isto significava que as coisas tinham, de fato, dado certo.

– Quão difícil tem sido começar um romance na tela com Rony nesse filme, especialmente porque ele é interpretado por um velho amigo?
Aah! Não sei se isso é difícil. Rupert Grint é um cara realmente descontraído, mas estou verdadeiramente ansiosa por isso, porque gosto muito do lado comédia romântica do filme. Rupert e eu acabamos proporcionando uma luz aliviante, conforme os filmes ficam mais obscuros. É engraçado ver Rupert se esforçando nas participações românticas. A Hermione e o Rony são tão diferentes e, ainda assim, eles têm essa química, por isso é interessante. Vai ser embaraçoso fazer aquelas cenas de amor; não há outra maneira definir isso, mas é tudo parte do trabalho!

– Quão grande pareceu vencer o prêmio de Melhor Atriz do ITV Movie Awards?
Foi tão encantador. Eu, sinceramente, não esperava vencê-lo. Não era um prêmio apenas sobre “Ordem da Fênix”. Era sobre todos os filmes e eu fiquei maravilhada que o público votou em mim para esse prêmio. É um dos meus momentos de maior orgulho.

– Quais são os seus planos para a universidade?
Estou completamente certa de que vou fazer Literatura Inglesa e de que vou requerer para Cambridge, Durham, Bristol ou Edimburgo. Há grandes feriados, então não será impossível me engajar em alguns projetos durante esse tempo, mas eu quero colocar meus estudos em primeiro lugar. Quero estar apta a trabalhar e ter uma carreira pelo resto de minha vida – Jodie Foster e Natalie Portman fizeram isto e são, ambas, brilhantes. Isso só tem a trazer ainda mais para um papel, quando você tem experiência vivida. Se eu nunca for para a universidade e tudo que eu faço for isto [atuar], como posso falar com alguém ao pegar um ônibus? Quero tempo para ir embora e descobrir quem eu sou.

– Trabalhar em “Harry Potter” parece diferente, agora que vocês três [do trio principal] realizaram diferentes projetos?
Sim, e foi completamente legal poder voltar e falar com o Dan Radcliffe e com o Rupert sobre os projetos em que eles trabalharam, e quão diferente foi trabalhar no teatro e na TV. Isso deu a todos nós mais confiança como atores porque fomos escolhidos para os filmes de Harry Potter bastante jovens. Foi tão importante para mim fazer “Ballet Shoes”. Aprendi bastante com essa experiência.

– Lembrando daquele dia no Hotel Berkeley, em Londres, quando vocês todos jogavam Monopoly [jogo de tabuleiro como “Banco Imobiliário”] e estavam para ser apresentados à imprensa mundial. Você tinha alguma idéia das gigantescas oportunidades em sua vida que estavam por acontecer?
Acho que eu era tão jovem para dar-me conta disto, embora eu estivesse, obviamente, apavorada. Eu não pensava sobre J.K. Rowling escrever sete livros e sete filmes. Eu não fazia idéia da proporção e não pensava sobre a popularidade da série. Ninguém tinha um indício de que o filme se tornaria a franquia de maior sucesso de todos os tempos.

– Então, quais foram os grandes momentos “Uau!”, por todos esses anos?
O primeiro foi quando nós fomos informados que nós tínhamos ganhado os papéis e, então, ficamos em um ótimo hotel para a coletiva de imprensa. Lembro que eu estava em uma cama grande pulando por aí ao ver a mim mesma nas notícias noturnas da TV. Foi uma loucura. Nós também fizemos uma premiere no Radio City Music Hall, em Nova Iorque, e lembro de olhar para todas aquelas pessoas e dizer “uau!”.

– O que você diz sobre os privilégios e sobre receber pertences de pessoas como Chanel?
É fantástico receber e usar seus vestidos, porque eu sempre amei suas roupas. Elas são as melhores. Se alguém me vestiria para uma premiere, tinha de ser Chanel. Eu, fisicamente, não tenho mais tempo de sair por aí para comprar roupas para eventos, então eles me emprestam as roupas e isto tem dado bastante certo. Eu também considero um privilégio que eu tenha de viajar e trabalhar com as pessoas com quem tenho trabalhado. Que outro trabalho me daria todos esses tipos de oportunidades?

– Você mantém um diário?
Eu tenho diários do começo, cheios de pequenas coisas engraçadas que eu disse ou pensei. Eu também tenho caixas de lembranças, lotadas de coisas dos primeiros filmes, incluindo pedaços do set do tabuleiro de Xadrez. Tenho pedacinhos e peças curiosas que eles nos deixaram pegar.

– Tudo isto poderia ser útil para uma autobiografia, algum dia?
Não, não consigo me ver fazendo isto. É tão estranho e diferente relembrar aquela garotinha. Eu sou muito auto-crítica, então acho bastante complicado reassistir os filmes anteriores. “Ordem da Fênix” foi um filme pelo qual fiquei orgulhosa, mas eu tive de assistí-lo por três ou quatro vezes antes que eu pudesse me acalmar e permanecer focada em minha atuação.

– É verdade que você foi banida das partidas de tênis de mesa por Daniel e Rupert, porque você era realmente boa?
Haha! Realmente espero que eles me deixem jogar outra vez, porque eu gosto bastante daquilo! Eu era uma garota bem levada quando criança e praticava um monte de esportes.

– Diga-nos o que se pode encontrar em cada um dos camarins no estúdio.
O do Rupert tem dardos, jogo de sinuca, mesa de tênis e todos esses consoles de jogos. O camarim do Dan é cheio de livros e música. Eu estava tão entendiada em um verão que eu pintei um grande mural em meu camarim. De outra forma, ele é todo bem feminino, com velas e uma mobília agradável.

EMMA de A a Z

Tudo o que ela faz é mágico – de seu estilo clássico até seu amor por cozinhar e o modo como ela se mantém com os pés no chão enquanto sua carreira chega às alturas.

América: “Eu fiquei muito atraída pelo liberalismo da formação em Artes que os Americanos têm. Quando você frequenta uma universidade na América, eles o encorajam a estudar muitas coisas diferentes. Eu acho isso muito interessante. Se eu ficar na Inglaterra, eu terei que escolher apenas uma matéria e estuda-la por três anos e eu acho isso bem delimitador”.

Maior desafio (Biggest challenge): “Eu creio que apenas vou ser a Hermione Granger, eternamente. Meu maior desafio será convencer as pessoas de que eu posso ser alguém diferente”.

Carreira (Career): “Obviamente, estou tentando construir uma carreira fora da franquia Harry Potter”.

Se arrumando (Dressing up): “Eu sou uma verdadeira Londrina. Nós temos um tempo muito nublado, o que permite um senso de moda eclético. Eu misturo e combino visuais mais simples com roupas sofisticadas e eu amo clássicos. E me divirto com isso. Minha mãe tem um grande senso de estilo então aprendo muito com ela”.

Comer (Eat): “Chocolate é o meu preferido! Eu amo comer e eu amo cozinhar e adoro me sentar à mesa para ter boas refeições”.

Fama (Fame): “A melhor coisa sobre estar envolvida com Harry Potter é que você pode fazer uma criança de seis anos muito feliz só por cumprimentá-la e você sabe que é muito fácil. Custa-me tão pouco fazer alguém incrivelmente feliz. E assim que eu me afasto, eu penso, ‘tenho tanta sorte de estar em uma posição em que as pessoas ficam tão animadas de me conhecer’. É incrível”.

Estrela Pé-no-chão (Grounded star): “Você sabe, minha família não aguentaria se eu ficasse muito convencida ou se me achasse mais importante do que os outros. Simplesmente, não é permitido; eles me provocariam até a morte”.

Hobby: “Eu amo cozinhar. Adoro fazer vários bolos. Eu faço um ótimo bolo amaretto de framboesa e vários pratos Italianos. Na verdade, meu pai é o cozinheiro. Minha mãe é terrível na cozinha, mas meu pai é ótimo. Ele sempre cozinha e eu era a assistente dele quando era mais nova, então provavelmente é por isso que comecei a gostar de cozinhar”.

Inspiração (Inspiration): “Antes eu pensava que era muito magra e pequena. Eu me inspirei muito pela mensagem do filme O Corajoso Ratinho Despereaux, que não importa o seu tamanho ou se você se adapta ou não. Se o seu coração estiver com o objetivo certo, você pode fazer a diferença”. [Nota do Ed: ela empresta a sua voz para esse filme de animação.]

Fãs Japoneses (Japanese fans): “Tokyo tem os fãs mais obsessivos. Eles chorar, gritam, tudo. É uma loucura”.

Kate Moss: “Ela tem um grande senso de estilo. É peculiar e próprio dela. É possível notar que ela não tem um estilista – ela se veste de acordo com sua personalidade e é por isso que ela é amada. Eu acho que isso é muito negligenciado, especialmente nos EUA onde todos têm um estilista e você perde a sua identidade nas roupas. Se torna a visão de outra pessoa e não é tão interessante”.

Vida amorosa (Love life): “Eu acho que relacionamentos são complicados o suficiente sem que pessoas escrevam que você terminou ou voltou com alguém, ou que está traindo alguém a cada cinco minutos. Não que eu tenha tido qualquer experiência neste assunto”.

(Money) Dinheiro: “Meus amigos não me fazem pagar tudo. Aliás, eles são realmente muito orgulhosos com isto, e isto é porque eu os amo. Eles poderiam ficar envergonhados se eu pagasse por tudo e, mesmo que eu tentasse, eles diriam ‘O quê você está fazendo? Eu quero pagar a metade. ‘ ”

(Nuts) Loucura: “Eu realmente entendo o porquê dos jovens de Hollywood ficarem loucos. Eles são adolescentes e o nível de interesse em suas vidas e a pressão em serem perfeitos e muito difícil. Eles são adolescentes e isto é o que você faz, você estraga as coisas.”

(Old Friends) Velhos Amigos: “Oh! Eles me odeiam, eles me odeiam, eles realmente me odeiam! Não, eu não estou só brincando, eu acho que é algum tipo de coisa estranha ou embaraçoso para eles, especialmente quando eles saem comigo e as pessoas me reconhecem e vem para cima de mim e tal. Eu tenho muitos amigos reservados, o que é realmente fofo.”

(Pets) Animais de Estimação: “Eu tenho dois gatos, Bubbles (Bolhas) e Domino (Dominó). Já faz anos e anos que eu os tenho. Eu amo eles demais porque eu gosto muito de gatos. Eu sou uma amante de gatos, mas cachorros também são legais.”

(Quiet Time) Tempo Quieto: “A desvantagem da fama é que o nível de curiosidade pela sua vida mede o quão intrusivo você se torna e o nível de críticas é, por vezes, um pouco difícil de lidar também. Isto pode te faz realmente insegura.”

Rumores do Namorado Australiano: “Ele [Angus Willoughby] é realmente um grande amigo. Nós nos conhecemos enquanto eu estava fazendo um curso na Real Academia de Artes Dramátias. Mas ele não é meu namorado, mesmo!”

(Skinny) Magreza: “Eu não acho que é muito bonito ser muito, muito, muito magra. Eu sou sortuda porque eu estou na minha medida naturalmente; eu não faço dieta. Eu não aspiro ser super magra totalmente.”

(Trust) Confiar: “Você tem que procurar por pessoas que serão honestas com você. Você pode falar. Eu comecei a malhar porque as pessoas estão interessadas em mim e eu zelo em cuidar disso um pouco rápido.”

Universidades: “Tão distante, eu estudei ir para Havard, Yale, Brown e Columbia. Mas eu ouvi que Berkeley é surpreendende.”

(Very Human) Muito Humana: “Eu acho algo muito humano coisas como se sentir sozinha. Você sente isso muito principalmente quando você é adolescente. Mas eu não tinha tempo para angústias juvenis – eu estava trabalhando duro para ser uma jovem rebelde, ainda bem. E estou certa que quando eu tiver meus 30 eu irei ficar louca. Eu terei este momento de fúria dos hormônios e loucura.”

(World Without Harry Potter) Mundo sem Harry Potter: “É difícil imaginar. Isto faz parte da minha vida. Eu não posso imaginar agora o que teria sido da minha vida sem Harry Potter. ”

(X-ciiting) X-citante: “Eu muito excitante este momento que estou vivendo, porque agora eu tenho 18 anos e já sou quase que uma adulta. Eu irei para a universidade e então eu irei viver fora de casa. Eu irei terminar Harry Potter, então isto significa que eu posso pegar outros projetos. Isto é realmente muito excitante, mas é um pouco assustador também.”

Yikes (Fato Estranho): Pessoas permanecem me mandando bíblias! Por favor, não me enviem mais bíblias. Eu estou bem! Você pode reparar que eu não estou ficando louca ainda. Eu apenas fiquei com uma ou duas e dei as outras. ”

Zany Gift (Presente Engraçado): “Uma vez um fã japonês me enviou pedaços do gesso que eu usei nas filmagens de ‘Prisioneiro de Azkaban’, algo que eu achei muito fofo.”