J. K. Rowling ︎◆ Livros

Terceiro dia: WB e RDR fecham acordos parciais

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Terceiro dia: WB e RDR fecham acordos parciaisPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Terceiro dia: WB e RDR fecham acordos parciais
Assim como informado ontem no Potterish, o juiz Patterson sugeriu um acordo entre ambas as partes, por acreditar que esse caso seria melhor resolvido dessa forma. Hoje foi anunciado que os lados já chegaram a acordos parciais.
Aparentemente, advogados da Warner Bros. e RDR Books informaram hoje cedo na corte, que estes chegaram a um pequeno acordo sobre a acusação do uso de práticas de comércio enganadora e com uso de divulgação falsa.

O advogado da RDR Book, disse que ainda espera entrar em um acordo sobre as acusações de usar ilegalmente a marca registrada e por competição injusta. Assim que ambos estiverem fora do caminho, ficará restando apenas a quebra de direitos autorais para ser solucionada.

O juiz respondeu a essa notícia:

“Acredito que esse caso, com um pouco de imaginação, poderia terminar em acordo… Mas não joguem tudo fora apenas pelo meu desejo de seguir em frente.” Ele suspeita que esse caso iria sofrer apelação, e, terminaria somente na Suprema Corte, levando anos para resolver.

Além disso, a professora de inglês Janet Sorensen foi chamada hoje para testemunhar pela RDR, onde ela falava sobre outras histórias de fantasia que receberam livros criados por fãs, para ajudar no melhor entendimento da história.

Jo mandou um depoimento para o pessoal do Mugglenet falando sobre a situação atual do caso:

“O livro no coração desse caso passou por um limite tão irrazoável que eu fui forçada, infelizmente, a tomar atitudes legais. Autores tem o direito de proteger os seus trabalhos de um uso impróprio. Por que eu teria menos direitos pelo fato de várias pessoas terem lido os meus livros? Se essa enciclopédia for publicada, irá abrir as portas para qualquer um usar o trabalho de outros e apresentá-lo como sendo seu. Mas se não for, será uma vantagem não apenas para quem criou o trabalho, mas também para quem os acompanha.”

Atualizado: Com o final do terceiro dia, o juiz volta em um pronunciamento sobre acordos:

Talvez eu precise de um guia de referencias para esse caso: foi o comentário final do juiz Patterson com o fechamento do testemunho. Novamente, ele chamou as partes para considerar um acordo, lembrando que a Fair Use é uma área incerta na lei.