As Relíquias da Morte ︎◆ Filmes e peças

Matthew Lewis: “Quero filmar as cenas da batalha final!”

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Matthew Lewis: "Quero filmar as cenas da batalha final!"Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Matthew Lewis: "Quero filmar as cenas da batalha final!"
Há algumas semanas, o ator Matthew Lewis participou de um bate-papo com fãs no site Castle Whitefang, no qual, obviamente, não deixou de falar sobre o personagem que encarna na série do menino-bruxo, o atrapalhado grifinório Neville Longbottom.
Durante a entrevista descontraída, o jovem revelou que pretende seguir sua carreira como ator ou mesmo em outros ramos do entretenimento, além de afirmar que adoraria ter interpretado Luke Skywalker na série Guerra nas Estrelas ou Xander em Buffy, a Caça-Vampiros.

Lewis comentou também sobre como lida com a fama que a saga potteriana lhe deu e o que mais anseia por filmar em Relíquias da Morte:

“Relíquias da Morte será muito divertido de filmar. […] A cena que mais espero é quando Neville agita a espada e mata Nagini. Vai ser intenso! De fato, as cenas da batalha final serão maravilhosas. Mas ainda não consigo acreditar que vão me deixar com uma espada!”

A nível de curiosidade, o ator também divagou sobre as bizarrices do treinamento com varinha e suas principais influências, entre eles seus irmãos mais velhos.

Você pode conferir a entrevista traduzida na íntegra na extensão.

MATTHEW LEWIS
Bate-papo com Mathew Lewis

Castle Whitefang
01 de fevereiro de 2009
Tradução: Raisa Garcia

Harry Shires: Senhoras e senhores, é com muito orgulho que dou as boas-vindas a MATTHEW LEWIS no Castle Whitefang

Matthew Lewis: Olá pessoal!

Harry Shires: Então, vamos direto à entrevista! Pergunta 1 (representando o site Unforgettable: The Magical Photos) Onde você se vê profissionalmente em dez anos?

Matthew Lewis: Bem, isso é algo em que venho pensado muito recentemente. Os filmes Harry Potter estarão chegando a um fim logo e atuar é tudo que eu sempre soube e quis fazer. Eu não tenho idéia de onde estarei exatamente nos anos seguintes, mas espero que eu ainda esteja trabalhando como ator, entretendo o máximo que puder, seja em filme ou TV!

Harry Shires: A pergunta 2 está sendo feita pela primeiro-anista Kate Estiller. Por favor, poste, Kate.

Kate Estiller: Pergunta 2: Se você não fosse Neville em Harry Potter, que fandom você preferiria, ou que personagem você seria?

Matthew Lewis: Eu amo essa questão! Eu sou tão geek com esse tipo de coisa – e ser um geek é legal hoje em dia, nós mandamos em tudo! Eu amaria ter feito parte de Guerra nas Estrelas como Luke Skywalker ou qualquer Jedi OU eu teria sido Xander em Buffy a Caça Vampiros. Ele seria o melhor personagem para mim!

Harry Shires: A pergunta 3 está sendo feita pela Ministra da Magia Substituta Katie Hill. Por favor, poste, Katie.

Katie Hill: Pergunta 3: É estranho quando pessoas vão ao seu encontro pedindo autógrafos e fotos?

Matthew Lewis: Sim, é. Você se acostuma um pouco com isso, mas às vezes você ainda tem que parar e se perguntar “por quê?”. É realmente uma honra para mim porque eu atuo desde os 5 anos de idade, e é o que sempre quis fazer, mas nunca pensei que eu chegaria tão longe, e o fato de pessoas quererem meu autógrafo me dá um grande senso de realização. Eu acabo de voltar de L.A. Eu estava jogando boliche em Hollywood e o cara no balcão disse “você é Matthew Lewis, não é?”, e eu fiquei tão confuso, porque nós estávamos tão longe de casa. Nada te prepara para isso!

Harry Shires: Pergunta 4 (representando o fansite Matthew Lewis Lovers)
Qual cena você mais anseia por filmar em Relíquias da Morte?

Matthew Lewis: Relíquias da Morte será muito divertido de filmar. Não tenho o roteiro ainda, então não posso dizer com certeza como tudo vai funcionar. Entretanto, acho que minha resposta será um tanto previsível! A cena que mais espero é quando Neville agita a espada e mata Nagini. Vai ser intenso! De fato, as cenas da batalha final serão maravilhosas. Mas eu ainda não consigo acreditar que eles vão me deixar com uma espada!

Harry Shires: Pergunta 5 (feita pela quarto-anista Halie Gawley, que não está aqui)
Qual foi sua reação ao descobrir que você estaria em Harry Potter?

Matthew Lewis: Bem, minha reação ao conseguir uma segunda audição foi bem louca, mas quando eu soube que tinha conseguido o papel, nossa, foi algo! Eu era apenas uma criança. Eu me lembro, eu tinha 11 anos e minha mãe recebeu um telefonema. Ela estava ocupada falando, então ela só me deu um sinal positivo com as mãos e instantaneamente eu soube o que ela queria dizer. Eu fiquei louco. Eu corri para a sala de estar, onde eu e meu amigo estávamos jogando Playstation, e nós pulamos nos sofás e gritamos muito. Eu acho que Tom Cruise tentou fazer isso recentemente na TV – infelizmente não dá tão certo quando você é mais velho!

Harry Shires: A pergunta 6 está sendo feita pelo Ministro Júnior Sahoonie Puppie. Por favor, poste, Sahoonie

Sahoonie Puppie: Pergunta 6: Obviamente as pessoas te reconhecem quando você está andando pela rua, mas você já quis ser invisível / deixado em paz, mesmo que só por um dia?

Matthew Lewis: Interessante. Eu já pensei sobre isso antes, ser invisível, mas não por paz e silêncio, mais por travessura! Acho que eu nunca quis ser deixado em paz por fãs. Pode ser meio envergonhoso quando estou com meus amigos, porque eles AMAM brincar com isso, mas sabe, eu gosto muito de conhecer os fãs que assistem nossos filmes. Eu gosto de achar que as pessoas se sentem confortáveis em vir e falar comigo, porque, afinal, nós fazemos os filmes para os fãs, e sem eles não haveria nada. Nós trabalhamos por vocês, pessoal! É legal ter um retorno de vocês!

Harry Shires: A pergunta 7 é do site Luna Fans, que ajudou a promover esta entrevista, e sua pergunta é:
Todos, de David Yates a JK Rowling vêem Evanna como Luna. Pessoalmente, o quão parecida você acha Evanna com Luna?

Matthew Lewis: Haha. Bem, quando eu conheci Evanna eu pensei que essa tinha sido a escalação mais perfeita que eu já vi. Ela era Luna Lovegood em tudo. Entretanto, ela mudou tanto nos últimos anos. Eu a vi amadurecer e mudar muito como pessoa, mas, quando ela está em cena ela é sempre capaz de capturar Luna Lovegood perfeitamente. Eu acho que dizer que ela É Luna Lovegood seria depreciar um pouco de seu talento – ela realmente é uma grande atriz.

Harry Shires: A pergunta 8 está sendo feita pelo terceiro-anista Thomas Marsh. Por favor, poste sua pergunta Thomas

Thomas Marsh: Pergunta 8: É difícil fazer um papel em Harry Potter?

Matthew Lewis: Obrigado pela pergunta, Thomas! Atuar pode ser difícil. Eu fico muito tempo no hotel, longe de casa e de minha família e amigos a maior parte do ano. No entanto, é um trabalho que eu sempre quis fazer, e eu não conheço muitas pessoas que vão trabalhar todo dia e podem dizer honestamente que gostam, mas eu sei que eu gosto! Tem dias longos, e pode ser frustrante quando você não faz algo do jeito certo, mas é assim com qualquer trabalho. Eu tenho a vantagem de trabalhar com algumas pessoas fantásticas e muito talentosas. Trabalho em ambientes surpreendentes, e no final de tudo eu olho pra trás e vejo algo tão memorável e inesquecível! Pode ser difícil as vezes, mas eu não trocaria por nada nesse mundo!

Harry Shires: A pergunta 9 está sendo feita pelo professor Kast Phoenix. Por favor, poste sua pergunta Kast.

Kast Phoenix: Pergunta 9: Como foi sua experiência em combate com varinha?

Matthew Lewis: Interessante. Muito interessante. Haha. Nós tínhamos um coreógrafo chamado Paul Harris, que foi nos ensinar. Ele passou todas essas coreografias diferentes para cada feitiço, e nós tínhamos que praticá-las em uma grande tenda. Acho que éramos Dan, Rupert, Emma, Bonnie, Evanna e eu. Eu me senti ridículo balançando a varinha e gritando feitiços, porque não estávamos atuando, então eu não era Neville – Eu era apenas Matthew, parecendo um idiota! No entanto, nós nos divertimos, pegamos prática, e no final eu acho que todos nós gostamos. Isso foi até que eu fiz uma das coreografias perfeitamente e Paul me fez ficar em frente a todo mundo e mostrá-los como fazer – te digo que isso foi bem vergonhoso!

Harry Shires: A pergunta 10 é do site Muggles Behaving Badly, que ajudou a promover a entrevista de hoje, e sua pergunta é: Qual a coisa mais engraçada que já te aconteceu no set?

Matthew Lewis: Foram tantos dias engraçados no set, em que nós não conseguíamos parar de rir. Todos no estúdio adoram pegadinhas e piadas. Você não acharia que é um filme sério de Hollywood se fosse visitar. Nós rimos e brincamos tanto! Eu lembro uma vez em Prisioneiro de Azkaban, nós estávamos no Salão Principal. Todos deveriam estar dormindo enquanto Dumbledore e Snape zelavam por nós. Alan Rickman e Michael Gambon em seus papéis, fazendo suas falas e então, de repente, alguém solta um pum! Primeiro todos estão sendo profissionais e ninguém ri. Então acontece novamente. Algumas risadas surgem. Acontece de novo. E de novo. E de novo. A essa altura a sala toda já está rindo. Alan e Michael ainda estavam tentando fazer a cena, mas acabaram tendo que parar. Descobriram que alguém tinha uma máquina de puns escondida em um dos sacos de dormir, e Alfonso Cuarón (o diretor!) tinha o controle remoto e estava morrendo de rir por trás dos monitores. Isso foi bem engraçado!

Harry Shires: A pergunta 11 está sendo feita pelo terceiro-anista Cine Cauldron Crisp. Por favor, poste sua pergunta Cine

Harry Shires: Pergunta 11 (demorou muito Cine!)
No livro Relíquias da Morte, seu personagem tem um papel primordial de exterminar a última Horcrux na cobra Nagini. Como é fazer um personagem que é tão importante a tantas das principais tramas?

Matthew Lewis: Me dá um grande senso de responsabilidade. Eu sei o que os livros significaram pra mim quando eu os li, e imagino que os filmes possam significar o mesmo às pessoas, então é muito importante fazer tudo certo. Ser um personagem que tem um papel tão crucial no desenvolvimento da história é inspirador e estou bem animado com isso – eu só tenho que tomar cuidado para não estragar!

Harry Shires: A Pergunta 12 está sendo feita pela Ministra Tiffani Yager

Tiffani Yager: Pergunta 12: Você vê o pessoal do elenco quando não está filmando Harry Potter?

Matthew Lewis: Nós filmamos no Leavesden Studios, que fica em Watford, e a maioria do elenco mora em Londres, que fica mais ou menos a 20-30 milhas do estúdio, eu acho. No entanto, eu moro em Leeds, que fica a umas 170 milhas do estúdio. Como você pode imaginar, quando eu era mais novo, isso dificultava ver os outros quando não estávamos filmando. Agora é bem mais fácil. Eu posso dirigir a suas casas quando eu quiser, ainda é bem longe pra mim, mas é sempre divertido quando vou. Eu fui ver o Oasis em outubro com James e Oliver Phelps. Já fiquei na casa de Emma Watson em Oxford e sempre tem a festa de aniversário de alguém, que eu tento ir!

Harry Shires: A Pergunta 13, do site Ron and Hermione Source, que ajudou a divulgar essa entrevista, é a seguinte:
Se você leu o último livro Harry Potter, você está animado para fazer algum dos momentos inesperados de Neville? Se sim, qual foi seu momento favorito de Neville no livro 7?

Matthew Lewis: Sim, e sinto muito, serei previsível novamente! Tem que ser a parte de balançar a espada e matar a cobra. Acho que isso é bem excepcional. Estou bem animado. Comecei a gostar dessa parte de ação em Ordem de Fênix e mal posso esperar para fazer mais!

Harry Shires: A pergunta 14 foi enviada pelo primeiro-anista Bob Smith, que não está aqui:
Você pretende continuar atuando por muito tempo quando a série Harry Potter acabar?

Matthew Lewis: Eu realmente espero que sim. Essa é uma indústria em que nada é certo. Eu não tenho idéia do que estarei fazendo ou de onde estarei em 5 anos. Tudo que sei agora é que isso é o que eu quero. Eu acho que vou simplesmente dar o meu melhor e tentar. Se não funcionar, não funcionou! Veremos.

Harry Shires: A pergunta 15 foi enviada pelo sexto-anista shaiz khn. Por favor, faça sua pergunta shaiz

Shaiz Khn: Você já visitou algum de seus fansites? Como foi se ver tão louvado?

Matthew Lewis: Haha. É estranho! Na verdade eu não sei como descrever. É bem incrível, eu acho. Quero dizer, eu frequentei uma escola normal em Leeds, não havia nada de extraordinário nisso, e meus melhores amigos são pessoas normais, universitários em sua maioria. Eu não me vejo como um grande ator de filmes e tal, eu tento manter tudo o mais normal possível, haha. Então, quando vejo esses sites é realmente chocante – de uma forma positiva! Fico muito orgulhoso, e acho que essa é uma boa hora para agradecer a todas as pessoas que colocaram seu tempo e se esforçaram, e me apoiaram de tal maneira. É realmente fantástico e eu tentarei fazer o possível para retribuir o favor, os mantendo entretidos, e tentarei fazer um bom trabalho!

Harry Shires: A pergunta 16 é do site Books and Wands, que ajudou a promover a entrevista de hoje. Por favor, faça sua pergunta Rilian.

Rilian Holden: Quem você diria que foi uma grande influência em sua vida e por que ou que qualidades você admira neles?

Matthew Lewis: Tenho muitas influências. Acho que meus irmãos, Anthony e Chris, são bem importantes. Anthony já era ator antes de mim e visitá-lo no trabalho que me deu a idéia de me tornar um. Chris também trabalha nessa indústria, mas por trás das câmeras! Meus pais me deram valores e me criaram de um jeito que acho que jamais conseguiria agradecê-los o suficiente. Todos os meus amigos da escola que estavam lá antes de Harry Potter e ainda estão hoje. O elenco e a equipe de Harry Potter. Ao começar a atuar tão novo eu era bem impressionável. Eu não posso atribuir o que me tornei a uma pessoa. Tantas pessoas me influenciaram. Eu comecei uma banda ano passado, então até Noel Gallagher está ai em algum lugar, e eu nunca o conheci!

E tem mais!

As qualidades que eu mais admiro nas pessoas que mencionei são a razão de serem tão próximas a mim. Minha família e meus amigos que considero mais íntimos são os que me dirão quando eu for um idiota! Acho que é fácil, estando nessa indústria, ter em mente que você é algo que não é. Meus amigos e família fazem com que isso não aconteça comigo. Eu não acho que eles lerão isso, mas viva!

Harry Shires: A pergunta 17 está sendo feita pelo terceiro-anista Cine Cauldron Crisp representando a quarto-anista Athene Prewett.
Por favor, faça a pergunta Cine (está em seu e-mail)

Cine Cauldron Crisp: O que te fez querer ser um ator de Harry Potter?

Matthew Lewis: A história. Eu era fã dos livros antes mesmo de ouvir que planejavam fazer o filme. Eles conseguiram minha atenção instantaneamente, e quando soube do filme, não podia pensar em outra coisa! Eu queria ser parte disso de qualquer forma!

Harry Shires: A pergunta 18 está sendo feita pelo primeiro-anista Jonathan P-S.
Por favor, faça sua pergunta Jonathan

Jonathan P-S: Se você pudesse ter sido qualquer outro personagem nos filmes Harry Potter, qual você gostaria de ter sido e por quê?

Matthew Lewis: Boa pergunta. Sempre que me perguntam isso minha resposta muda! Acho que hoje eu escolheria duas pessoas. Posso dizer duas pessoas? Acho que uma pessoa má seria divertido, porque nunca fiz isso antes – provavelmente Lúcio Malfoy. Eu também amo fazer as pessoas rirem e o personagem que mais me fez rir foi o Gilderoy Lockhart. Não acho que eu seria tão bom quando Jason Isaacs ou Kenneth Branagh, mas seria legal tentar!

Harry Shires: A pergunta 19 é do site Ice Cream Man (Rupert Grint), que ajudou a promover a entrevista de hoje.
Por favor, faça sua pergunta Ivana

Ivana Medic: Qual a coisa mais engraçada que Rupert Grint já fez dentro E fora do set de Harry Potter?

Matthew Lewis: Rupert me faz rir só de olhar para mim. Pode ser tão difícil fazer uma cena com ele, porque quando ele começa a rir, não tem jeito, você também ri. Mas é divertido! Acho que, no set, é provavelmente a cena em que Harry e Simas discutem no Salão Comunal em Ordem da Fênix. Rupert tinha uma fala que era algo como “… a menos que você queira um punhado de Weasley….” e era simplesmente impossível. Toda vez que ele falava alguém ria. Rupert, Dan, Devon, Alfie, eu. Alguém ria e isso fazia todo mundo rir. Acho que eles acabaram tendo que cortar a maior parte dessa cena! Fora do set, a coisa mais engraçada de que me lembro é de quando nós estávamos jogando dardos em seu camarim. Ele deixou um de seus dardos cair, e ficou preso em meu pé! Doeu bastante, mas a cara dele foi tão engraçada que eu não podia deixar de rir. Ele pediu desculpas, e eu não acho que ele fez de propósito… acho que não. Pensando bem, não parece tão engraçado, mas acredite, nós ainda rimos disso!

Harry Shires: A pergunta 20 foi enviada pela quarto-anista Isabella Johnson, que infelizmente não está aqui, e a pergunta é:
Qual dos diretores de Harry Potter você mais gostou, e você aprova que David Yates dirija os filmes seguintes também?
Só mais uma após essa!

Matthew Lewis: Não posso escolher um diretor favorito. Todos eles trouxeram algo diferente aos filmes que dirigiram. Todos tiveram suas próprias idéias e opiniões sobre a história e eles também tinham personalidades completamente diferentes. Me dei bem com todos e foi um grande prazer e uma honra trabalhar com cada um. Adoro trabalhar com o David Yates – ele é um cara muito legal e tão talentoso. Ele procura ter certeza de que todos no set sabem o que estão fazendo e que eles tenham um papel, seja do tamanho que for, na cena. Sua compreensão da história e de como as coisas devem ser é realmente inspiradora, e estou ansioso por trabalhar mais uma vez com ele. Eu realmente acho que ele conseguiu o melhor de mim como ator, e tenho certeza que meus colegas diriam o mesmo.

Harry Shires: Última pergunta… Pergunta 21, que está sendo feita pelo professor Kast Phoenix. Vá em frente Kast

Kast Phoenix: Pergunta 21: O quanto você se sentia localizado no set? Os sets eram ambientes completos ou havia paredes faltando?

Matthew Lewis: Depende muito da cena em questão. Por exemplo, o Salão Principal é um ambiente completo, quatro paredes e uma grande porta dourada de um lado. Geralmente a câmera ficará dentro e o set não vai mudar. Entretanto, o diretor pode querer fazer uma tomada mais larga ou geral que envolve colocar a câmera em uma grande grua. A única forma de fazer isso é tirando uma das paredes, então eles o fazem! Essa é a vantagem de filmar dentro do estúdio. Os sets podem ser desmontados e remontados para ficar do jeito que o diretor quer. O set mais difícil de filmar, em minha opinião, foi o Hall das Profecias, porque ele não existia! Essa cena foi toda feita em cromaqui verde e encaixada depois com o uso de efeitos especiais. Tudo que tínhamos para nos guiar eram as marcas no chão e uns aos outros. Isso sim foi difícil!

Harry Shires: Muito bem!

Matthew, muito obrigado por concordar com essa entrevista e por ficar mais tempo para responder a todas as perguntas. Tenho certeza que falo por todos quando digo obrigado. Eu sou grato pelo tempo que você dedicou a vir aqui hoje e foi definitivamente um prazer tê-lo aqui conosco.

Eu gostaria de desejar tudo de melhor com sua carreira e seu futuro

O chat não será moderado em um momento, para que todos possam agradecer etc.

Matthew Lewis: Sem problemas. Foi um prazer. Obrigado a todos que fizeram perguntas, e obrigado a todos que se importaram em vir e me ouvir falando! Ha, obrigado novamente, espero que todos gostem do novo filme em Julho!

All you need is love (ver N/T),
Matt x

N/T: Clara referência aos Beatles, fazendo mais sentido ser deixada no idioma original. A tradução literal seria “tudo o que você precisa é de amor.”