Filmes e peças ︎◆ O Enigma do Príncipe

LA Times revela detalhes dos efeitos visuais dos Inferi

O LA Times divulgou no blog Hero Complex uma nova entrevista com o Tim Alexander, o supervisor de efeitos visuais da Industrial Light & Magic, que tem trazido à vida as criaturas mais assustadoras da série, incluindo os corpos rastejantes e perturbadores dos Inferi em Harry Potter e o Enigma do Príncipe.A conversa nos revela quantos Inferi existem no lago, quanto tempo foi gasto para a sua criação, e detalhes sobre forma de se mover e a aparência dessas criaturas. Confira um trecho abaixo:

Então, quantos Inferi descansam no lago?
Uns dois milhões? Acima da água, você provavelmente verá por volta de cem de cada vez. Mas quando Harry é arrastado para o lago, há todo um ambiente subaquático… e ele é realmente coberto de corpos. É tudo simplesmente… corpos rastejando por cima de outros, e é assim que você vai chegar a milhões.

A tradução da entrevista você encontra em notícia completa!

HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE
Contagem regressiva para ‘Harry Potter’

Los Angeles Times ~ Denise Martin
18 de junho de 2008
Tradução: Daniel Mählmann

Você não pode vê-los na foto, mas nessa cena de “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, os rastejantes e apavorantes Inferi cercam o Prof. Dumbledore.

Inferi, naturalmente, são cadáveres reanimados, fantoches de Lord Voldemort, residentes do fundo do lago, perto daquela horcrux do bruxo das trevas que está escondida.

Tim Alexander, o supervisor de efeitos visuais da Industrial Light & Magic, responsável por trazer o exército de mortos-vivos à vida, tem trabalhado simplesmente nas criaturas mais assombrosas de Potter, desde o dragão soprador de fogo Rabo-Córneo Húngaro em “Harry Potter e o Cálice de Fogo”, os cavalos esqueléticos chamados Testrálios em “Harry Potter e a Ordem da Fênix” e aqueles Dementadores sugadores de alma em “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” e “Fênix”.

Alexander disse que levou vários meses para concluir a cena de aproximadamente sete minutos, desde renderizar milhões de Inferi até fazer o tornado de flamas chicoteantes de Dumbledore (melhor para combater a bisbilhotice dos camaradas mortos). Ele deu uma pausa no trabalho da próxima aventura de animação “Rango” de Gore Verbinski para nos contar por que ele acha que “Enigma do Príncipe” será o primeiro filme Potter que dará pesadelos até aos fãs crescidos:

Então, quantos Inferi descansam no lago?
Uns dois milhões? Acima da água, você provavelmente verá por volta de cem de cada vez. Mas quando Harry é arrastado para o lago, há todo um ambiente subaquático… e ele é realmente coberto de corpos. É tudo simplesmente… corpos rastejando por cima de outros, e é assim que você vai chegar a milhões.

Isso soa… perturbador. Certamente, mais do que os filmes “Potter” anteriores.
É certamente muito mais ousado e assustador do que nós imaginávamos que eles jamais iriam ser em um filme “Potter”. O diretor David Yates foi realmente prudente em não transformá-lo em um filme de zumbi, então nós estávamos constantemente tentando descobrir como não fazer essas pessoas mortas terem a aparência de zumbis. Muitos deles vinham com seu movimento – eles não se movem rapidamente, mas eles não se movem muito lentamente ou suspiram ou gemem. Nós acabamos com um estilo muito realista. Eles se movem como qualquer pessoa saindo da água.

Como assim?
Quando vamos para baixo d’água com Harry, essa Inferi mulher meio que vem e o agarra, e está puxando-o para baixo, mas é mais como um abraço. Como um abraço. Como se estivesse tentando encorajá-lo a se unir a ela. Nós estávamos sempre tentando evitar transformar a cena em uma que você veria em um filme de terror.

Você vai assustar um monte de criancinhas.
Sim, acho que vou.

Conte-me sobre a aparência dos Inferi. Como surgiu a sua forma?
O departamento de arte do filme nos deu um monte de referências, como “Inferno” de Dante, onde eles têm todos esses corpos. Já os Inferi são pessoas muito magras e pele e osso. Muito humanóide, mas de uma forma mais magra do que os humanos poderiam ser. Encharcados e cinzas. Nós usamos a velhinha que sai da tubo em “The Shining” como uma referência. A maioria dos Inferi são adultos, mas fizemos também duas crianças.

Uau! Pais, vocês foram avisados.