fbpx
J. K. Rowling

JKR lê Deathly Hallows em Louisiana

Como parte do “Open Book Tour”, a autora J. K. Rowling visitou ontem a segunda cidade norte-americana que tem a honra de presenciar a sua leitura: Nova Orleans, em Louisiana. Jo leu o terceiro capítulo do livro Harry Potter and the Deathly Hallows, deu autógrafos e respondeu perguntas de fãs.
As fotos, divulgadas pela Associated Press, vocês podem ver em nossa galeria clicando aqui.

A AP divulgou um artigo no qual afirma que a Scholastic fez uma grande doação de livros para ajudar a cidade de Nova Orleans, que foi drásticamente arrasada pelo Furacão Katrina no ano de 2005.

A Scholastic doou 10000 cópias de “Harry Potter e a Pedra Filosofal,” o primeiro livro Harry Potter de Rowling, a estudantes de escolas públicas da comunidade de Orleans. A empresa também está doando um conjunto completo da série Harry Potter para cada escola pública e livraria pública em New Orleans.

Doações de livros têm sido cruciais para os esforços da cidade em repor os livros perdidos ou danificados durante a tempestade, disse Schremser. Além da série Harry Potter, Scholastic doou mais de $50000 em novos livros, ela disse.

Thanks, TLC.

J. K. ROWLING
Autora de Harry Potter lê para jovens fãs em Nova Orleans

Associated Press ~ Stacey Plaisance
18 de outubro de 2007
Tradução: Renata Grando

Sentada em uma grande cadeira vermelha de veludo, a autora JK Rowling lê uma passagem do sétimo e último de seus livros Harry Potter na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, em um auditório de jovens fãs em Nova Orleans.

Mais de 1500 estudantes de 80 escolas públicas de Nova Orleans compareceram, alguns usando chapéus pontudos. Após a leitura, Rowling respondeu as perguntas dos estudantes e autografou cópias do livro, “Harry Potter e as Relíquias da Morte,” que ela deu para cada estudante.

“Eu fiquei tão feliz,” diz Kehnemah Downing, 11 anos, arrumando seu mole e alto chapéu. “Eu nunca tive meu próprio livro Harry Potter.”

A visita de Rowling a Nova Orleans na quinta-feira foi parte da semana de visitas aos Estados Unidos conhecida como “Open Book Tour.” Na segunda-feira, ela leu para jovens fãs no Teatro Kodak em Hollywood, e tem agendada uma leitura no Carnegie Hall em New York, sexta-feira.

Rowling, uma ex-professora, recebeu perguntas pré-selecionadas de estudantes após a leitura de quinta-feira. Ela disse se lembrar do primeiro livro que a fez se sentir apaixonada por leitura e escrita de histórias: ela tinha quatro anos e estava doente em casa, com sarampo. Seu pai leu para ela “O Vento nos Salgueiros” (“The Wind in the Willows”), de Kenneth Grahame.

Ela também deu um conselho de como se tornar um bom escritor. “Ler muito,” ela disse. “E escrever o que vocês sabem.”

Ela disse que muitas das cenas e personagens de Harry Potter vieram de pessoas e lugares que ela encontrou em sua vida.

Embora ela não tenha diretamente discutido sua decisão de ir à Nova Orleans, Rowling – e sua editora americana, Scholastic, que promoveu o evento de quinta-feira – deixou sua marca na cidade que ainda se recupera do Furacão Katrina. A tempestade ocorreu dois anos atrás, inundando aproximadamente 80% da cidade.

A Scholastic doou 10000 cópias de “Harry Potter e a Pedra Filosofal,” o primeiro livro Harry Potter de Rowling, a estudantes de escolas públicas da comunidade de Orleans. A empresa também está doando um conjunto completo da série Harry Potter para cada escola pública e livraria pública em New Orleans.

Proprietários de livrarias de New Orleans, bibliotecários e professores estavam entre aqueles que compareceram ao Morial Convention Center, quinta-feira. A bibliotecária da cidade Donna Schremser disse que o evento foi um grande impulso moral para as crianças, e que a doação da Scholastic foi uma ajuda às bibliotecas.

Desde Katrina, apenas oito das treze bibliotecas da cidade foram reabertas, Schremser disse. Duas delas – em Gentilly e Lakeview – foram danificadas tão seriamente que não tem previsão de reabertura dentro de um prazo muito próximo.

Doações de livros têm sido cruciais para os esforços da cidade em repor os livros perdidos ou danificados durante a tempestade, disse Schremser. Além da série Harry Potter, Scholastic doou mais de $50000 em novos livros, ela disse.

“Nós recebemos muitas doações, mas elas foram principalmente livros usados. É excitante receber esses lindos livros novos,” ela disse.