A Ordem da Fênix ︎◆ Filmes e peças

Imelda Staunton fala sobre Umbridge

borda1 - Imelda Staunton fala sobre Umbridgeimelda - Imelda Staunton fala sobre Umbridge
A atriz Imelda Staunton, que encarnou a perversa Dolores Umbridge no quinto filme, concedeu uma entrevista ao The Star, onde ela fala basicamente sobre a sua personagem e como achou divertido interpretá-la.

“Eu pensei, ‘Ohh, que amável,’ então li a sua descrição como sendo baixa, gorda, feia e uma mulher parecida com um sapo e eu disse, ‘Muito Obrigada,’” ela recorda com um sorriso. “Mas, você sabe, ela é uma ótima personagem e é um ótimo papel. E minha filha de 12 anos teria me expulsado de casa se eu não tivesse aceitado.”

Leia toda a entrevista clicando em notícia completa!

IMELDA STAUNTON
Co-estrela de Potter mostra lado malvado

Star ~ John Hiscock
6 de julho de 2007
Tradução: Carol Salgueiro
Revisão: Virág Venekey

Imelda Staunton achou o trabalho de interpretar a maníaca por controle Dolores Umbridge difícil, mas “delicioso”.

Londres – Quando a atriz ganhador de prêmio de teatro, Imelda Staunton, foi convidada para fazer parte do elenco de Harry Potter e a Ordem da Fênix como Dolores Umbridge, a nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas de Hogwarts, ela não sabia se deveria se sentir lisonjeada ou ofendida.

“Eu pensei, ‘Ohh, que amável,’ então li a sua descrição como sendo baixa, gorda, feia e uma mulher parecida com um sapo e eu disse, ‘Muito Obrigada,’” ela recorda com um sorriso. “Mas, você sabe, ela é uma ótima personagem e é um ótimo papel. E minha filha de 12 anos teria me expulsado de casa se eu não tivesse aceitado.”

Sua Dolores Umbridge é uma verdadeira maníaca por controle de cor rosa, com uma voz cantarolante e um sorriso doce, e que inferniza tanto os alunos como os funcionários de Hogwarts a medida que realiza sua missão de Inquisidora para o Ministério da Magia.

Staunton usou muito enchimento para retratar a Umbridge gorda e trabalhou em conjunto com os estilistas para fazer sua aparência.

“Foi muito divertido para nós criarmos esse tipo de pequena pessoa redonda, que não é muito bonita,” disse ela. “Eu não queria que ela tivesse qualquer lado complicado. Eu achei que era importante parecer gentil e ingênua porque, é claro, ela não é nenhuma dessas duas coisas.”

A atriz de 51 anos, que trabalhou com o Teatro Nacional da Inglaterra e a Companhia Real de Shakespeare, confessa que achou o papel surpreendentemente difícil.

“Não foi tão fácil quanto imaginava, tenho que dizer”, conta ela. “Isto é que o fez tão interessante. Embora Dolores Umbridge seja tão engraçada, tive de fazê-la verdadeira e ameaçadora, de outra maneira ninguém a levaria a sério. Então para traçar esta linha foi difícil e por isso muito recompensador. E foi muito delicioso fazê-la.”

Uma das cenas mais apavorantes no filme envolve ela torturando Harry Potter, quem ela força escrever linhas que aparecem a sangue nas costas da mão dele.

Staunton, que estava falando em uma suite no Hotel Claridge em Londres, tinha feito o seu caminho pelo repertório do teatro e trabalhou durante anos em papéis coadjuvantes de filmes e nos palcos do West End até que ela estrelasse no papel principal de Vera Drake, de 2004, pelo qual ela recebeu uma nomeação de Oscar de Melhor Atriz.

Ela se viu entre rostos familiares no set de Harry Potter já que tinha trabalhado anteriormente com Daniel Radcliffe na produção da BBC sobre David Copperfield e vive à duas portas de distância da sua boa amiga Emma Thompson, que faz a Professora Sibila Trelawney e que escalou-a no seu filme Nanny McPhee.

“Foi encantador poder trabalhar com ela novamente e tivemos duas cenas juntas, portanto foi ótimo,” diz ela.

Mas ela está preparada para a hostilidade que irá receber da multidão de fãs de Harry Potter. “Se as crianças não gostarem de mim então significa que foi um trabalho bem feito,” afirma ela.

“Umbridge não deve ser agradável.”

Pode ser excepcional para uma atriz nomeada ao Oscar fazer uma saída tão memorável de um filme como Staunton, que é visto pela última vez sendo carregada por uma multidão de centauros zangados, mas ela gostou de cada segundo desta cena.

“Eu estava completamente e totalmente super-excitada,” afirma ela. “Tentei ficar calma, mas eu não conseguia. Foi ótimo porque na maior parte estava fazendo cenas intensas com as crianças e eu não precisava de muitos efeitos especiais. Então quando me colocaram em suportes e fiquei suspensa como se estivesse entre os centauros, isto foi realmente excitante e queria fazer de novo.”

“Agora acho que só vou entrar em uma carreira de trabalho com efeitos especiais.”