Não categorizado

Harry Potter pode perder uma de suas estrelas

O NEWSWEEK postou uma notícia hoje em seu site onde Emma Watson, interprete de Hermione Granger, declarava estar confusa sobre a decisão de assinar ou não o contrato para os dois filmes finais da série Harry Potter. A notícia declara também que Daniel Radcliffe, interprete de Harry Potter, e Rupert Grint, interprete de Ron Weasley, já parecem estar decididos pela opção de continuar atuando na série.

Lembrando que foi apenas uma declaração momentânea de Emma Watson e que nada ainda é certo. Podemos torcer pra que ela mude pense melhor e aceite continuar atuando como Hermione.

Para conferir a notícia completa juntamente com a entrevista feita com Emma Watson onde ela faz várias declarações sobre as gravações atuais do quinto filme e sua carreira, clique aqui.

Tradução : Helena (Bere) e Rafael (Lestat)Exclusivo: Harry Potter e o desmoronamento de suas estrelas

Notícia

Edição de 2 de outubro de 2006 – “Harry Potter” pode perder uma de suas estrelas. Está ocorrendo as filmagens do quinto filme da série,“Harry Potter e a Ordem da Fênix” nos estúdios da Leavesden, ao norte de Londres. Negociações com Daniel Radcliffe (Harry Potter), Rupert Grint (Ron Weasley) and Emma Watson (Hermione Granger) para os dois filmes finais estão nas fases iniciais, e quando os meninos já estão provavelmente certos de suas decisões, Emma Watson, 16, está insegura.” Eu não sei ainda,” disse a atriz ao “NEWSWEEK” quando estava perto dos estúdios do Grimmauld Place 12, o quartel secreto da Ordem da Fênix. “Cada filme é uma produção tão enorme, e é uma longa estadia”. Dizer sim significaria que Emma Watson ficará até os 20 anos fazendo a estudiosa Hermione. Emma Watson alcançou notas altíssimas em seus exames nacionais. A faculdade deve estar em sua mente, para não mencionar uma carreira, agir corretamente deve ser uma prioridade agora. “Daniel e Rupert parecem já estarem certos,” ela diz, e olha sinceramente flagelada mostrando como está. ” Eu amo atuar, mas existem muitas outras coisas que eu amo fazer.” Pausa. ” Talvez isso soe ingrato. Me foi dada uma oportunidade tão surpreendente, mas eu vou ter que apenas ir com a corrente e ver o que acontece”.

—————————————————————————- —

NEWSWEEK: Parabéns em seus exames. Você arrasou.
Emma Watson: Ah, obrigada. Eu estou tão feliz. Eu não conseguia acreditar.

NEWSWEEK: Você continua gostando de fazer os filmes depois de todos esses anos?
Emma Watson:Umm, sim, estou. É bom ter um novo diretor a cada filme. Eu estou sempre sendo incentivada e desafiada, e isso é muito bom.

NEWSWEEK: Daniel Radcliffe disse que David Yates, novo diretor da série, está realmente pegando no pé dele como ator. Isso também acontece com você?
Emma Watson: Sim, com certeza. David não sossega com nada que parece com atuar [risos]. O que ele sempre demonstra é sua procura pela veracidade nos personagens e nas performances. Ele realmente quer que as coisas sejam reais. O quarto filme [“Harry Potter e o Cálice de Fogo”] era mais sobre as quatro tarefas, lutar com dragões, essas coisas. Esse filme é sobre Harry lutando mais contra seus demônios interiores do que com dragões. É sobre a jornada sua jornada emocional. Então eu acho que David é o diretor perfeito para isso. Além disso, todos os seus trabalhos anteriores foram bem politizados, como “Sex Traffic”, e “The Girl in the Café”, e nesse filme você vê muito mais do mundo fora de Hogwarts. [O livro e o filme lidam, em parte, com o Ministério da Magia começando a restringir liberdades pessoais e vicis, após uma onda de ataques.] Eu acho que esse filme será consideravelmente relevante ao que estamos vivenciando no momento com todos esses ataques terroristas. O filme estranhamente coincide com tudo isso.

NEWSWEEK: Quando eu te entrevistei no primeiro filme, seis anos atrás, Daniel e Rupert ficavam sempre te provocando.
Emma Watson: [Risos] Sim

NEWSWEEK: Como estão as coisas entre vocês três ultimamente?
Emma Watson: Eles só me fazem rir, na verdade. Eles não me provocam como eles constumavam fazer, o que é bom. É uma amizade muito boa e muito louca.

NEWSWEEK: Eles são como irmãos pra você?
Emma Watson: Um pouco, sim. É engraçado. Têm sido uma amizade muito longa e intensa. Nós nos conhecemos a seis anos, e temos nos visto quase todos os dias. Ou seja, eles já me viram de todos os jeitos. Já me viram do jeito mais glamurosa, como já me viram às seis da manhã com nenhuma maquiagem. Eu os tenho como irmãos sim. E nós vivemos todos os altos e baixos dessa experiência louca juntos. Sim, é muito bom.

NEWSWEEK: Você acha que vai querer ser atriz para o resto de sua carreira?
Emma Watson: Eu realmente não sei. Daniel e Rupert demonstram tanta certeza. Mas eu não sei. Eu não quero que “Harry Potter” seja a última coisa que eu faça. Nada nunca terá uma escala como esta. E eu gosto disso. E eu também comecei a atuar de uma forma muito divertida. A maioria das pessoas que atuam têm que sentar durante horas em testes, e trabalhar para subir em sua carreira, enquanto que eu aparentemente consegui ir direto ao topo, tendo absolutamente nenhuma experiência. Essa é uma posição muito estranha de se estar, mas é também fantástica ao mesmo tempo, porque ela me deu muitas opções e escolhas. Eu definitivamente quero tentar outros filmes pra ver como é. Eu realmente quero tentar trabalhar no teatro também, porque eu acho que eu iria adorar aquela resposta imediata do público. Eu adoro fazer as pessoas rirem. Eu adoro atuar, mas há tantas coisas que eu amo fazer. [Pausas] Talvez isso soe como ingratidão. Eu recebi muitas oportunidades maravilhosas, mas eu vou ter que ir com a corrente e ver o que acontece.

NEWSWEEK: Bom, nós não somos obrigados a ter todas as respostas aos 16 anos de idade.
Emma Watson: Sim, mas as pessoas sempre me perguntam isso, então eu estou sempre achando que eu deveria saber. [Risos] Todos perguntam, “Então, o que você quer fazer da sua vida?” E eu fico, [suspiros] ‘Certo’.

NEWSWEEK: Você gosta dos aspectos glamurosos deste trabalho?Os aspectos glamurosos?
Emma Watson:Os lançamentos de filmes, e os vestidos, e o cabelo e a maquiagem…
É como se eu fosse famosa durante duas semanas do ano. [Risos] Eu sei que isso soa estranho, mas é. Essa parte glamurosa parece um sonho louco e surreal. Mas sim, eu acho que eu gosto sim. Quando você chega em uma cidade [para o lançamento do filme] você se sente um pouco anestesiada porque você está cansada da viagem, e tem todas aquelas pessoas gritando pra você, e você tem que correr de um lugar para o outro e de repente você está em todos esses lindos vestidos. É um pouco louco, mas é divertido. Eu acho que o que eu mais gosto é que eu pude viajar. Se não fosse pelos filmes de “Harry Potter” eu jamais poderia ter ido à América ou Europa e tudo mais – bom, não enquanto eu não ficasse mais velha, pelo menos. Eu consegui conhecer Nova York. Fui à China, Tokio, Los Angeles, Chicago, todos esses lugares fantásticos. E isso foi realmente ótimo. E voar de primeira classe, isso sim e uma experiência.

NEWSWEEK: É o melhor, não é?
Emma Watson: Meu Deus, você não tem idéia! Eu amo coisinhas como as sacolas do avião que você ganha com todos os hidratantes e aquela escovinha de dentes. E os assentos reclináveis! Para mim isso com certeza é uma das melhores coisas.

NEWSWEEK: Bom Emma, é bem certo que você nunca mais vai ter que voar de classe econômica de novo.
Emma Watson: [Risos] Obrigada.

NEWSWEEK: E como estão as coisas com os namoros e os garotos? Você recebe muita atenção deles?
Emma Watson: As pessoas me falam, “Ah, deve ser tão fácil pra você. Eles devem fazer fila pra você.” E não é tão fácil assim. Não é mesmo. Eu acho que os garotos ficam ou intimidados por mim e levantam suas defesas, ou eles gostam de me irritar. [Longa pausa, depois suspiros] É um campo minado, para ser sincera. De verdade. Ugh. É estressante.

NEWSWEEK: É estressante até mesmo quando você não é famosa
Emma Watson: Eu sei! E aí, somando isso, dá uma dimensão extra interessante. Eu realmente gosto de homens como amigos, na verdade. Eu tenho mais ou menos o mesmo tanto de amigos homens e mulheres, o que é bastante incomum, eu imagino. Mas porque eu estou nesses filmes, há uma tendência de ter mais homens ao meu redor do que mulheres. Além disso, eu passo muito tempo aqui. Eu fico aqui durante 11 meses do ano, e no tempo livre que eu tenho, eu gosto de ficar com minha família, e tento ver os amigos que eu já tenho. Entao, sim. Eu vou ter que esperar. Talvez alguém me ache. Vamos ver.

NEWSWEEK: Com, tem um bocado de garotos bonitos trabalhando na equipe aqui. Mas eu imagino que eles sejam muito velhos pra você.
Emma Watson: Sim, esse é o problema. Eu fico pensando, “É, ele é muito bonito, mas ele tem tipo 25 anos! Vamos lá, me dêem uma ajuda aqui!” Então, não, isso realmente não vai acontecer. [Risos]