Eventos ︎◆ J. K. Rowling

Exposição terá Bicuço, Poções, Herbologia e Rowling

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Exposição terá Bicuço, Poções, Herbologia e RowlingPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Exposição terá Bicuço, Poções, Herbologia e Rowling
Depois das cinco fotos divulgadas na manhã de ontem, surgem mais novidades sobre Harry Potter: A Exposição, que começa no dia 30, em Chicago. O NWI Times publicou agora há pouco um artigo mostrando cada ínfimo detalhe da produção e, é claro, nos deixando com água na boca.
Começando a viagem pela exibição com a frase de que os “furos [nos segredos quanto à produção] são mais raros que dementadores simpáticos,” o artigo diz que os visitantes trouxas serão levados até o ponto no Expresso de Hogwarts.

E as novidades não param por aí: velas flutuantes iluminarão o Salão Principal à noite; Bicuço e Aragogue farão suas aparições, bem como o Lorde das Trevas; haverá salas de Herbologia e Poções, mas o Professor Snape não estará lá para “dar com um livro na cabeça de seus pupilos desobedientes.”

Outro ponto bastante interessante é que a escritora JK Rowling revisou e aprovou os planos da exibição e deve ir à cidade de Chicago enquanto o evento acontece. O que não se sabe é quando isso ocorrerá, já que “ela tem uma agenda muito, muito ativa.”

Embora não seja permitido que os visitantes levem câmeras, esperamos que diversas fotos sejam liberadas depois da inauguração, mesmo que de menor qualidade.

Enquanto isso, estamos trabalhando para trazer-lhe o artigo traduzido na íntegra o mais rápido possível. Fique ligado no Ish!

Atualizado: Acabamos de disponibilizar o texto em português; confira-o aqui.

HARRY POTTER: A EXIBIÇÃO
A tão falada exibição de ‘Harry Potter’ chega a Chicago

NWI Times ~ Molly Woulfe
26 de abril de 2009
Tradução: Renan Lazzarin

Como a autora britânica – conhecida por sua boca fechada quando o assunto é a trama de seu menino-bruxo – o estúdio está de segredinho quanto aos 200 “artefatos” potterianos que vão à mostra em Chicago. O evento, de sucesso certo, comemora a franquia de filmes estrelada por Daniel Radcliffe como Harry, e Emma Watson e Rupert Grint como seus melhores amigos, Hermione e Rony, na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Os estúdio e parceiros “realmente querem ter muita cautela,” disse Anne Rashford, diretora de exibições temporárias do Museu de Ciências e Indústria. “Acho que têm feito um trabalho maravilhoso.”

Tão maravilhoso que a Warner Bros. certamente colocou uma capa de invisibilidade por sobre a exposição, pautada para viajar a várias cidades do mundo depois de seu término em Chicago, no dia 27 de setembro. Furos são mais raros que dementadores simpáticos.

Felizmente, o Times tem truques na manga. Alguns detalhes foram alcaguetados por informantes:

– Harry esteve debaixo de nossos narizes por meses. A Exhibitgroup/Giltspur construiu a mostra de 930m² em Roselle, 50 quilômetros a nordeste de Chicago. Caminhões de 16m de comprimento foram exigidos para transportar as peças, roupas e cenários ao museu.

– Os trouxas se sentirão imediatamente imersos no mundo de Harry. O fumegante Expresso de Hogwarts está na entrada, “então você se sente como se tivesse chegado a Hogwarts,” contou uma fonte.

– As peças e roupas – a maioria retirada dos cinco primeiros filmes – estão mostradas em sets recriados no dormitório de Harry e Rony em Hogwarts, o Salão Comunal da Grifinória e uma réplica me tamanho real da cabana de Hagrid. Velas “flutuantes” iluminarão o Salão Principal à noite.

– Elementos interativos incluem o jardim de mandrágoras da Prof. Sprout. Puxe uma das raízes com cara de bebê e ela gritará. Os visitantes também podem atirar uma “Goles” e sentar-se na cadeira gigante de Hagrid.

– O Lord Voldemort aparece, bem como criaturas mágicas, como a gigantesca aranha Acromântula. “Não quero contar muita coisa, mas temos Bicuço, um de meus favoritos,” disse o presidente do Exhibitgroup, Eddie Newquist. O hipogrifo, mistura de águia com cavalo, teve sua primeira aparição em “Prisioneiro de Azkaban.” A coruja de Harry não pôde estar lá, “mas temos gaiolas de corujas,” contou Newquist.

– Rowling revisou os planos da exibição e deve tentar visitar o evento durante os cinco meses em que acontecerá. “Ela tem uma agenda muito, muito ativa,” avisou Newquist.

Durante o curso da mostra, o sexto dos seis filmes planejados para Potter – “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” – chega aos cinemas em 15 de julho. A exposição será atualizada com novos itens à medida que os filmes surjam durante a turnê de cinco anos da exposição, que passará por 10 cidades. Mas os fãs podem dar uma olhada antecipada nos trajes do professor de Poções, Slughron (Jim Broadbent).

Enquanto os céticos zombam, os funcionários do museu e organizadores insistem que a tão propagada exibição inspirada em Hollywood é uma boa combinação para o museu científico. Entrevistas em vídeo com especialistas em efeitos especiais e figurinistas mostra o interior da produção de um filme, argumentam os defensores.

“Nossa missão é inspirar o gênio inventativo em todos,” afirmou Rashford. “Não conheço ninguém que inspire tanto quanto JK Rowling. E os produtores realmente captam a inspiração e a criatividade que existe em ser um artista.”

O museu terá laboratórios de química dignos de Snape durante o curso da mostra. As crianças podem dissecar corujas e testar seus sentidos do olfato e paladar ao provar feijõezinhos de todos os sabores. Felizmente, o irritadiço Prof. Snape não estará lá para dar com um livro na cabeça de seus pupilos desobedientes. Já que a Warner Bros. Consumer Products está apoiando a exibição, espera-se que haja uma grande loja de souvenirs no fim da mostra.