O Enigma do Príncipe

Evanna Lynch em entrevista para o Irish Central

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Evanna Lynch em entrevista para o Irish CentralPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Evanna Lynch em entrevista para o Irish Central
Conhecida por ser muito original e espotânea, a atriz irlandesa Evanna Lynch – que interpreta a excêntrica, porém encantadora Luna Lovegood nas telonas – concedeu uma entrevista a um períodico de seu país de origem, o Irish Central.
A entrevista abordou vários tópicos, mesclados entre o engajamento de Evanna nas películas potterianas, o perfil de sua personagem e particularidades da atriz. Quando perguntada sobre o que havia mudado depois que ingressou no elenco de Harry Potter, ela responde:

“Minha vida não mudou tanto como vocês imaginam. Quer dizer, mais pessoas reconhecem você, e na Irlanda isso se torna mais forte por que é muito pequena. Por lá, todos o conhecem.” ela diz.

A atriz também revelou que fará a promoção de Enigma do Príncipe juntamente com Bonnie Wright e Matt Lewis nos seguintes países: Itália, Suíça, Dinamarca e Polônia.

Confira a tradução completa do artigo clicando em notícia completa.

EVANNA LYNCH
A irlandesa “Luna Lovegood” em “Enigma do Príncipe”

Cahir O’Doherty ~ Irish Central
11 de junho de 2009
Tradução: Victor Garcia

Aos 17 anos, a atriz irlandesa Evanna Lynch já é famosa por duas coisas – por atuar nos épicos de Harry Potter e por ser uma grande fã da série de livros original, o que fez com que os diretores de elenco quase não tivessem escolha, senão colocá-la para o papel de Luna Lovegood.

Desde que foi selecionada para entrar no elenco de superproduções da Warner Bros., a sua vida tem sido uma montanha-russa de filmagens e estréias com carpete vermelho. Esse mês ela deixa a sua casa em Drogheda, County Louth, para promover o mais novo filme de Harry Potter (Harry Potter e o Enigma do Príncipe, que estréia mês que vem no mundo inteiro) na maioria dos locais legais da Europa. Será que ela está ansiosa?

“Não, mal posso esperar! Acho que vou comparecer nas premieres da Itália, Suíça, Dinamarca, Polônia e outro lugares,” Diz Lynch para o Irish Voice e o IrishCentral, com a voz cheia de entusiasmo.

“Vou viajar com Bonnie Wright (que interpreta Gina Weasley) e Matt Lewis (que interpreta Neville Longbottom).”

Esperteza além de sua idade

O estrelato, quando vem cedo, pode mudar a cabeça do jovem, mas Lynch parece notavelmente discreta e mais esperta do que a sua idade prevê.

“Minha vida não mudou tanto como vocês imaginam. Quer dizer, mais pessoas reconhecem você, e na Irlanda isso se torna mais forte por que é muito pequena. Por lá, todos o conhecem” ela diz.

“Mas as pessoas na Irlanda gostam de seus atores famosos, elas cobram a fama, mas não acho que eles ficam tão malucos com isso. Minha família e meus amigos continuam exatamente como eram, e a vida é normal. Continuo trabalhando fora, continuo prestando meus Leaving Certs (exames finais) e outras coisas.”

No caso de alguém estar pensando que filmar o maior filme das férias é só uma brincadeira sem fim, Lynch tem novidades.

“Temos professores no set e temos que estudar três horas por dia com eles, no mínimo. Todos na minha escola pensam que sou sortuda por isso, mas não é bem verdade,” ela diz.

“É um professor pra cada, o que se torna bem intenso, fora que eles se certificam se estamos levando a sério. É meio difícil conciliar as filmagens com os estudos. Às vezes é complicado se concentrar nas duas coisas.”

Tão natural quanto Luna

No papel de Luna Lovegood, uma das personagens mais adoradas no universo Harry Potter, Lynch é muito natural. A sua ligeira cara de lunática e seu jeito são os elogios perfeitos para a excêntrica personagem que ela interpreta.

“Luna não muda, mas a sua posição é modificada nesse novo filme. A maioria das pessoas está ciente da sua reputação de ser louca. Dessa maneira, os outros estudantes implicam com ela.” Diz Lynch.

“Como em qualquer outra história, todos relutam para não ficar perto de pessoas como essa. Ou relutam para não serem vistos perto dela. Mas Harry está bem mais confortável com ele mesmo nesse filme. Ele não quer ser consciente do que as pessoas podem pensar dele ou não liga mais.”

“Ele aceita Luna e a chama de amiga, o que a deixa aterrorizada. Ela ajuda Harry a tomar um sentido quando ele está em conflito, o lembra de quem ele é.”

O capítulo mais sombrio de Harry Potter

Harry Potter e o Enigma do Príncipe é sem dúvidas o capítulo mais sómbrio da série de J.K. Rowling, e nesse, Luna continua firme tanto como defensora do mundo mágico como alguém que conforta Harry em seus momentos mais difíceis. Lynch diz que o filme é muito fiel ao livro e à sua personagem.

“Luna parece pequena e jovem, por isso não é tida como brava, mas ela é. Ela é muito calma, porém, não se surpreende por nada e aceita as diferenças das pessoas.” Diz Lynch.

“De fato, J.K. Rowling me disse que como personagem, Luna é a mais ajustada em relação à morte de toda a série, o que bloqueia muito do seu medo. Ela tenta passar isso a Harry.”

Sonhos com a Broadway

Em relação ao seu futuro pós Harry Potter, Lynch está certa de que vai continuar a atuar.

“Sou completamente fascinada pelo teatro. Amo ir ao “West End” para ver os espetáculos. É atuar sem nenhuma “propaganda” neles. Os atores têm mais liberdade para se apresentar.”

“Adoro assistir uma pessoa no palco segurando toda a audiência. Enquanto está nas filmagens, você é muito protegida, você pode se confundir, mas sempre terá liberdade e poderá pedir para fazer de novo.”

Entre os filmes de Potter, Lynch volta à sua vida normal em Drogheda e tem uma breve alusão à normalidade antes que o processo comece novamente.

“Gosto da Irlanda e tenho muito amigos lá, mas acho que quero me mudar para Londres quando ficar mais velha, por que lá tem muito mais para fazer e vou ter mais liberdade,” Ela diz.

“Acho que na Irlanda eu me sinto presa por muito tempo. Na Irlanda você tem que sair para atuar, mas na Inglaterra – e em Londres particularmente – você é mais aceito.”

Tudo pode acontecer lá, você nunca se sentirá entediado.

“Mas é bom voltar à Irlanda, também. Nós vivemos aqui no país e você se sente um pouco separada do mundo, isso é bem legal.”

Lições aprendidas

O processo de filmagem e o personagem que ela interpreta têm ensinado à Evanna algumas lições surpreendentes.

“Acho que luna está certa do que é e confortável de quem é, enquanto eu sou mais como todos, fico preocupada com o que as pessoas pensam de mim. Me preocupo com tudo quando na verdade isso não importa, porque é apenas a percepção de outra pessoa. Luna me inspira a não me deixar afetar muito.” Diz Lynch.

“A melhor parte dessa experiência tem sido conhecer as pessoas que eram meus ídolos. Foi ótimo por que eles são pessoas incríveis e também se esforçam para trabalhar duro. Mas eles são normais e não têm ares de superioridade, permitindo que você conheça todos os seus lados.”

“Costumava ter medo de aparecer no set, pois sentia que não estava pronta e o que eu faria? Mas eu aprendi que não esperam que você seja perfeita, e saber disso foi ótimo. Só em fazer parte do filme é aterrorizante, por que sempre fui fã dos livros, e agora eu posso dizer que fiz a minha parte.”

Luna e Dumbledore: Feitos um para o outro?

Quando perguntada se haveria alguma coisa em toda a experiência que ela não contou para ninguém, Lynch ficou recatada antes de responder.

“Talvez eu não devesse dizer isso, por que isso pode me causar problemas. Mas há uma coisa bem comum entre as pessoas que são fãs dos livros. É uma coisa que os fãs chamam de ‘shipping’, que é uma abreviatura de ‘relationship‘.”

“Os fãs criam pares ideais baseados nos livros. Tem uns bem loucos. Não sei se devia dizer.”

“Mas alguns acham que Luna e o Professor Dumbledore fariam um grande casal em outro universo. Obviamente ele é bem mais velho do que ela, mas suas personalidades batem completamente. Eles são calmos, compreensíveis, bem espirituosos e acho que são bem criativos. Diria que eles de divertiriam juntos.”