Filmes e peças ︎◆ O Enigma do Príncipe

Equipe técnica fala sobre EdP

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Equipe técnica fala sobre EdPPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Equipe técnica fala sobre EdP

A Entertainment Weekly publicou em seu site algumas citações do diretor David Yates, e do produtor David Heyman, sobre Harry Potter e o Enigma do Príncipe, próximo blockbuster da série. Eles falam sobre a atmosfera diferente e a mudança de etapas do quinto para o sexto filme.

“Se Fênix é sobre o momento do final da infância quando você se rebela, Enigma do Princípe é aquela fase onde você realmente aprende a surfar pela adolescência. É brincalhão e engraçado, e cheio de política sexual e emocional”. Adiciona o produtor David Heyman, “É sobre o momento da vida onde você se torna consciente do sexo oposto”.

Steve Kloves, o roteirista do sexto – e de todos os outros, exceto Ordem da Fênix -, comenta sobre a sua dificuldade em definir as memórias do Príncipe.

“Enigma do Príncipe tem algumas das melhores partes da escrita de Jo (Rowling)”, contou ele ao EW alguns anos atrás. “Mas não dá tantos detalhes cinematográficos quanto alguns dos outros livros. Então digamos que… a imaginação está a solta, e a evolução do vilão – a origem de Voldemort – é fantástica”.

Além disso, o artigo ainda afirma que dessa vez irá ter quadribol! Talvez seja, como definiu muito bem a EW, o último interlúdio iluminado antes da tristeza e lágrimas de Relíquias da Morte.

Leia a tradução do artigo na íntegra em notícia completa.

Thanks, SS.

HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE
O Jogo do Seis

Entertainment Weekly ~ Steve Daly
3 de agosto de 2007
Tradução: Virág Venekey

Uma prévia do sexto filme de Harry Potter – enquanto todo mundo lê “Relíquias da Morte”, o filme tem o foco na “Enigma do Princípe”.

A versão de filme de Relíquias da Morte não chegará aos cinemas antes do verão de 2010, e como todo mundo que passou pelo livro já sabe, Warner Bros. tem um formidável trabalho de adaptação pela frente. Não existe palavra oficial sobre quem vai dirigir, mas o primeiro chute sempre vai em quem dirigiu o filme anterior – fazendo de David Yates um candidato a frente. Yates, atualmente no meio do mau-gosto por Ordem da Fênix, está lutando para preparar o filme 6, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, para uma data de início em setembro. (Este está previsto para estar nos cinemas em 21 de novembro de 2008). Ele está ansioso pelo desafio. “É sexo, drogas e rock & roll”, afirma Yates. “Se Fênix é sobre o momento do final da infância quando você se rebela, Enigma do Princípe é aquela fase onde você realmente aprende a surfar pela adolescência. É brincalhão e engraçado, e cheio de política sexual e emocional”. Adiciona o produtor David Heyman, “É sobre o momento da vida onde você se torna consciente do sexo oposto”.

Ou vai ser, quando o roteirista da série Steve Kloves (que pulou o filme 5) terminar de refinar o script. Kloves tem suado para definir como representar as memórias do Príncipe – narrativa pesada desde a sua publicação. “Enigma do Príncipe tem algumas das melhores partes da escrita de Jo (Rowling)”, contou ele ao EW alguns anos atrás. “Mas não dá tantos detalhes cinematográficos quanto alguns dos outros livros. Então digamos que… a imaginação está a solta, e a evolução do vilão – a origem de Voldemort – é fantástica”. Quem vai interpretar Voldemort como jovem ainda não foi anunciado, audições abertas serão feitas no começo de julho. Também não se tem confirmação ainda de quem vai personificar o novo professor de poções, Horácio Slughorn, ou sobre os rumores de que Naomi Watts vai se juntar ao elenco (assim como Joseph Fiennes, cujo irmão Ralph faz Voldemort) que por enquanto são nada mais do que palpites.

Por enquanto uma coisa é certa: desta vez vai ter quadribol, já que Rony Weasley (Rupert grint) vai se tornar um herói inesperado do esporte. Vai ser um último interlúdio iluminado antes da tristeza e lágrimas de Relíquias da Morte.