fbpx
Filmes e peças ︎◆ O Cálice de Fogo

Entrevistas: Robert e Katie

O Virgin.net entrevistou Robert Pattinson (Cedrico) e Katie Leung (Cho) como divulgação de Harry Potter e o Cálice de Fogo..

Você acha que o seu papel em Harry Potter exigiu muito fisicamente?
Robert: Um pouco. A parte do labirinto que foi filmada no começo aconteceu em grandes sets. As sebes eram enormes e operadas hidraulicamente. Eu era atingido e puxado por cabos, e Dan e eu corríamos dando socos um no outro então foi quase viciante! Houve muitas atividades embaixo d’água que eu gostei bastante, foi como uma terapia. Eu nunca tinha feito aquilo antes e o tanque que usaram para nos ensinar parecia uma banheira. A coisa de verdade foi pesada, bem fundo e eles esperavam que você simplesmente fosse lá e atuasse.

Quem seu personagem escolheria: Cedrico ou Harry?
Katie: Eu acho que a Cho iria com o Cedrico já que ela era muito fiel no livro. Harry é muito famoso em Hogwarts e arrumou coragem para convidá-la ao Baile mas ele não quis ser infiel por isso não aceitou. Acho que ela seja uma boa pessoa então Cedrico seria o escolhido.

O restante das entrevistas pode ser lido aqui.

Entrevista com Robert e Katie do Virgin.net
Tradução: Júlio

:: ROBERT PATTINSON ::
Com a aproximação do lançamento do novo filme, sua vida deve estar uma loucura?
RP: Desde que eu comecei a atuar, tem sido um pouco louca. Eu nunca fiz nada antes e dois anos atrás eu comecei a atuar, e desde então venho trabalhando. Então veio Harry Potter e foi um grande passo e um enorme evento na minha vida.

Foi muito diferente dos outros papéis que você já fez?
RP: Sim, os efeitos especiais que são talvez as coisas mais estranhas para quem nunca atuou antes. Eu fiz muitos efeitos especiais nos meus últimos filmes então ajudou um pouco, but numa escala menor. A escala de Harry Potter é enorme, pessoas estão trabalhando nele há quatro ou cinco anos. Há duas mil pessoas no set – não é todo filme que pode adquirir esta quantidade. Eu fiz um mínimo trabalho em Vanity Fair o que não se compara ao padrão de Harry Potter… oops… não coloque isso, qual era a pergunta?!

Você foi bem recebido num set de um elenco já estabelecido?
RP: Eu não sabia como iria ser recebido por isso cheguei determinado a parecer um ator de verdade e não falei com ninguém por um tempo. Eu não percebi a transição para ser aceito, mas todos eram pessoas legais. Parece que foi assustador mas não foi. A gente tirou uma semana para se conhecer onde fazíamos brincadeiras, improvisos. Fiz par com o Rupert muitas vezes.

Vocês se encontram foram do set?
RP: Sim, somos bons amigos, Stan, Katie e eu. Nós estávamos todos no mesmo barco já que começamos novos e eu comecei no mesmo dia que Stan. Stan e eu fizemos muitas coisas juntos assim a gente se deu bem. Todo o elenco é realmente legal mas estão sempre ocupados, sempre, sempre no set.

Deve ter sido difícil trabalhar com um elenco de adultos tão consagrado.
RP: Sem dúvida, eles fazem parecer fácil. Você vê e pensa, “Eu poderia fazer isso.” Eles podem fazer muita coisa em uma única tomada. Trabalhar com os jovens muda sua atitude e eles são muito tolerantes já que trabalham com crianças há cinco anos. Se você for um idiota eles aceitam! Isso ajudou muito.

Você sempre sonhou em chegar ao cinema ou foi um caso de estar no lugar certo na hora certa?
RB: Eu nunca atuei na escola. Eu era bem tímido. Meu pai e eu estávamos num restaurante e vimos um grupo de garotas ali perto e fomos perguntar de onde eles viam. Eles disseram a escola local de atuação e desde então meu pai insistiu para que eu fosse lá. Num momento ele disse que me pagaria o que foi bem estranho – não sei quais eram as intenções dele, mas eu fui. Ele me disse outro dia: “Eu sou uma pessoa artística.” Eu fiquei surpreso porque nunca o vi deste jeito. Eu acho que minhas irmãs e eu herdamos este lado dele, minha irmã é compositora.

O que ultimamente fez você ganhar o papel?
RB: Eu acabei de filmar para um outro filme na África do Sul, Cidade do Cabo. Eu fiquei lá por três meses num apartamento só com 17 anos! Foi ridículo mas eu voltei muito confiante. O agente de elenco do Vanity Fair era o mesmo de Harry Potter e eu fui o primeiro a ser testado para um papel no filme o que poderia ter ajudado. Agora estou determinado a fazer papéis estranhos mas eu acho que exagero nos testes por isso ninguém confia em mim!

Você acha que o seu papel em Harry Potter exigiu muito fisicamente?
RB: Um pouco. A parte do labirinto que foi filmada no começo aconteceu em grandes sets. As sebes eram enormes e operadas hidraulicamente. Eu era atingido e puxado por cabos, e Dan e eu corríamos dando socos um no outro então foi quase viciante! Houve muitas atividades embaixo d’água que eu gostei bastante, foi como uma terapia. Eu nunca tinha feito aquilo antes e o tanque que usaram para nos ensinar parecia uma banheira. A coisa de verdade foi pesada, bem fundo e eles esperavam que você simplesmente fosse lá e atuasse.

Quais seus próximos trabalhos após Harry Potter?
RB: Eu queria ir para o teatro e fazer algo diferente. Me ofereceram uma proposta nos EUA onde eu tinha que assinar com até três filmes e eu não sei… eu não sei o que deveria estar fazendo no momento então prefiro não fazer nada! Tinha um roteiro que eu gostei muito. Eu fiquei entre os dois finalistas e eles escolheram o outro rapaz o que foi um pouco irritante.

Soubemos que você tem um pouco de talento para a música. Você leva isso a sério?
RB: Bem, eu naõ sou tão bom assim. Estou numa banda chamada Bad Girls. A banda pertence ao namorado atual da minha primeira namorada e numa noite ele deixou o microfone aberto para cantarem. Ele me convidou para cantar, mas só foi como diversão – isso aconteceu seis meses atrás. Eu não sei onde isso vai levar.

Vocês estão em busca de um contrato?
RB: Eu não acho que as pessoas deveriam procurar um contrato. Minha irmã trabalha muito para conseguir dinheiro e isso acaba com você. Acho que é muito mais fácil ganhar dinheiro atuando, não que seja mais fácil mas não tem tanta pressão sobre você. Você não precisa ser tão humilde enquanto que na indústria da música você tem que se curvar para muita gente para ser conhecido.

Como Harry Potter está atrás da namorada de Cedrico, isto causou algum conflito na vida real?
RB: Er, não. Acho que Dan roubaria qualquer uma de mim. Se eu fosse garota, escolheria o Dan!

:: KATIE LEUNG ::

Então, Katie, você está muito feliz por este ser seu primeiro papel. Você deseja continuar no ramo?
KL: Eu nunca considerei isto de verdade. Antes eu semprei quis tentar uma universidade e estudar arte e desenho por isso eu não sei, só tenho que esperar para ver. Isso poderia ter uma chance porque tive um experiência tão agradável mas não sei se estando em outras produções vai ser divertido.

Você achou fácil entrar logo num filme de categoria de estrela?
KL: Isso ainda não me atingiu porque eu acho que tenho que esperar pela estréia do filme e me ver nas telonas. Acho que vai ser assim que irei perceber a situação. O que aconteceu até agora foi uma boa experiência.

Você já tem um estilista para a estréia?
KL: Não, eu sou muito ruim com este tipo de coisa. Deixo tudo para o último minuto! Eu adoraria ter mas não importa muito – qualquer coisa que eu goste, não precisa ser de um estilista.

Não há muitos atores escocêses em atividade. Você já levantou a bandeira da Escócia?
KL: Não, é bom que eu venha da Escócia e há poucas estrelas de lá mas eu não me considero uma celebridade. Eu acho que o fato de eu ter vindo de lá, me ajudou a ganhar o papel já que havia muitas garotas inglesas então meu sotaque escocês se destacou.

Você ainda estava na escola quando descobriu que ganhou o papel?
KL: Sim, foi difícil porque eu não podia dizer nada a ninguém e era tão tentador. Eu disse aos meus amigos que iria participar dos testes e eles ficavam me perguntando se tinha ganhado o papel. E eu tinha que ficar dizendo: “Eu não acho que consegui.” Depois de um tempo eles pararam de perguntar e quando eu disse a verdade, eles gritaram! Eles me ajudaram muito.

Que conselho daria aos outros jovens que desejam atuar?
KL: Você tem que pode viver dois estilos de vida diferentes. Por um lado você tem que se dedicar aos estudos, e por outro ser uma pessoa completamente diferente quando estiver atuando. Você tem que se concentrar de verdade. Eu acho que o mais importante é não deixar que isso atrapalhe sua cabeça. E não seja influenciado por nada.

Se você nunca atuou, então o que fez ir aos testes?
KL: Foi para me divertir um pouco, foi tanta coincidência! Meu pai estava assistindo TV e quase dormindo quando passou um comercial procurando garotas com aparência oriental para os testes. Ele me chamou e perguntou: “Quer participar do filme do Harry Potter?” Eu achei que ele conhecia alguém então eu disse que sim. Ele então disse: “Bem, você tem que ir aos testes”. Eu fiquei relutante no começo porque nunca havia atuado e não queria passar vexame. E nós dois queríamos ir a Londres, era só por diversão, mas por causa disso eu descobri que podia atuar!

Como se sente por ser o primeiro beijo do Harry?
KL: É ótimo! Sinto ainda mais sortuda porque tantas garotas gostariam de estar no meu lugar. As cenas onde ele fica olhando para mim a distância foram bem engraçadas porque você tinha que manter este olhar e provocá-lo. Eu tive que fazer com que ele pensasse que tivesse uma chance quando na verdade ele não tem porque eu tenho um namorado.

Quem seu personagem escolheria: Cedrico ou Harry?
KL: Eu acho que a Cho iria com o Cedrico já que ela era muito fiel no livro. Harry é muito famoso em Hogwarts e arrumou coragem para convidá-la ao Baile mas ele não quis ser infiel por isso não aceitou. Acho que ela seja uma boa pessoa então Cedrico seria o escolhido.

Como você encara os rumores ciumentos que circularam pela Internet?
KL: Eu não acho que era ciúme porque o personagem é baseado muito na imagem, há muitos fãs de Harry Potter no mundo com muitas percepções diferentes sobre a Cho, não dá para satisfazer a todos. Eu não vi nada dessas coisas por isso não senti essa negatividade. Não me afetou de forma alguma. Se eu fosse outra garota, sentiria muito por ela mas como sou eu isto não me afeta.

Você já usou o seu salário?
KL: Eu não preciso do dinheiro agora, só estou economizando para mais tarde quando me tornar mais experiente com tudo isso de dinheiro. Estou guardando de forma segura… numa caixa!

Se as ofertas do cinema chegassem sem parar você pensaria em deixar seus sonhos da universidade de lado?
KL: Bem, isso depende do tipo de papel. Eu teria que pensar. Outros papéis podem exigir muito de mim como publicidade. Ainda não ouvi nada sobre assinar para os outros filmes de Harry Potter, quem sabe…