J. K. Rowling ︎◆ Livros

Enciclopédia não-oficial é processada por JK e WB

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Enciclopédia não-oficial é processada por JK e WBPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Enciclopédia não-oficial é processada por JK e WB

Algumas pessoas podem ter achado estranha e sem motivo a declaração que J. K. Rowling fez em seu site sobre a publicação de enciclopédias não-oficiais. Agora, no entanto, a Reuters traz a explicação num artigo.
De acordo com eles, Rowling e a Warner Bros. arquivaram hoje um processo na corte federal de Manhattan, Nova York, contra o lançamento de uma enciclopédia não-oficial baseada na série Harry Potter.

O livro, entitulado “The Harry Potter Lexicon”, é a versão real da enciclopédia virtual criada pelo site HP Lexicon, e foi escrito por Steve Vander Ark, proprietário do site mencionado.

O volume teria 400 páginas e seria publicado pela editora RDR Books no dia 28 de novembro, nos Estados Unidos. De acordo com a autora e a Warner, o livro “inapropriadamente fez referências aos personagens e universo de ficção de Rowling“. O processo, de acordo com o artigo, declara:

Infringir os livros é particularmente perigoso, já que é uma transgressão direta aos repetidos anúncios de Rowling sobre suas intenções de criar seus próprios livros acompanhando a série e doar a arrecadação de tais livros para a caridade.

Leiam a tradução do artigo na íntegra clicando em notícia completa.

HARRY POTTER
Rowling e Warner Bros iniciam processo devido a livro Potter

Reuters
31 de outubro de 2007
Tradução: Renata Grando

Nova Iorque (Reuters) – Um livro faturado como uma enciclopédia não-oficial acompanhando a série de livros “Harry Potter” infringe direitos autorais e tenta lucrar com a bem-sucedida série, autora JK Rowling e Warner Bros anunciaram um processo formalizado na quarta-feira.

O livro de 400 páginas, titulado “The Harry Potter Lexicon,” a ser lançado pela RDR Books em 28 de Novembro nos Estados Unidos, inapropriadamente fez referências aos personagens e universo de ficção de Rowling, diz a autora e Warner Bros.

“Infringir os livros é particularmente perigoso, já que é uma transgressão direta aos repetidos anúncios de Rowling sobre suas intenções de criar seus próprios livros acompanhando a série e doar a arrecadação de tais livros para a caridade,” dizia o processo, o qual foi oficializado na quarta feira na corte federal de Manhattam, de acordo com o pleiteador.

O processo cita a RDR books, uma editora de livros em Michigan, e pessoas não-identificadas como acusados, e busca danos pela infração de direitos autorais e quaisquer lucros a serem ganhos com o livro.

O site da companhia disse que o autor do livro, Steve Vander Ark, baseou seu trabalho em um site que a própria Rowling premiou por sua excelência.

Mas em um enunciado lançado quarta-feira, Rowling disse que por mais que ela ame sites de fãs Harry Potter, ela disse que esperava escrever “uma enciclopédia Harry Potter definitiva, que incluirá todo o material que nunca apareceu nos livros,” e doar o arrecadado para caridade.

“Eu não posso, então, aprovar ‘livros acompanhantes’ ou ‘enciclopédias’ que querem se apropriar da minha referência definitiva de livro Potter para o ganho pessoal do autor,” ela disse. “Os perdedores nessa situação seriam as entidades que eu esperava, eventualmente, beneficiar.”

Warner Bros, uma unidade do Time Warner Inc. e distribuidor de todos os filmes Harry Potter, disse em um enunciado que estava querendo proteger seus direitos intelectuais de propriedade para que “todos possam continuar se divertindo com os livros e filmes Harry Potter no espírito no qual eles foram criados.”