Não categorizado

Chris Rankin visita a Nova Zelândia

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Chris Rankin visita a Nova ZelândiaPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Chris Rankin visita a Nova Zelândia

Quando a estudante da Escola Primária de Red Beach, Katie Haggerty, falou que ela tinha uma grande surpresa na sexta feira, ninguém esperava um astro de cinema internacional entrar pela porta. Os estudantes da sala três passaram a manhã com o astro de Harry Potter, Chris Rankin, que faz o papel de Percy Weasley.
Chris, que nasceu em Auckland e viveu em Rothesay Bay, está na Nova Zelândia para o Armageddon Expo e para ver um pouco da sua cidade natal.

A professora da sala três, Kelly Scott, fala que a maioria das crianças reconhecem ele dos filmes. “Uma vez ele falou e nos disse que eles sabiam tudo a respeito do seu personagem. Uma grande parte deles assistiu recentemente os filmes de Harry Potter e algumas semanas antes da visita de Chris eu tive que chamar um grupo deles de Harry, Rony, Hermione e Malfoy”.

A Sra. Scott conta que Chris enfatizou de onde ele era e quais outros papéis ele já fez.

“As crianças ficaram animadas e tentaram lançar feitiços nele, mas ele foi realmente atencioso com eles, apenas brincando e tentando responder da melhor forma as suas perguntas interessantes, tal como, ‘você monta em dragões’, ‘a sua vassoura realmente voa rápido’, e ‘qual é seu personagem favorito em Harry Potter.”

Ela diz que ele deu para todas as crianças uma foto autografada e eles também tiraram uma foto da sala com ele. Ele visitou as salas três, quatro e seis da escola antes de seguir para a sua antiga escola, a Escola Albany’s Kristin.

Confira o resto da entrevista em notícia completa. Uma foto do ator com os estudantes foi divulgada, e você confere-a em nossa galeria, clicando aqui.

CHRIS RANKIN
O Percy de Potter leva magia à Red Beach

Fairfax New Zealand
01/11/2007
Tradução: Virág Venekey

Quando a estudante da escola primária de Red Beach, Katie Haggerty, falou que ela tinha uma grande surpresa para as suas notícias na sexta feira, ninguém esperava um astro de cinema internacional entrar pela porta.

Os estudantes da sala três, idades de cinco a seis anos, passaram a manhã com o astro de Harry Potter, Chris Rankin, que faz o papel de Percy Weasley.

Chris, que nasceu em Auckland e vivei em Rothesay Bay, está na Nova Zelândia para o Armageddon Expo e para ver um pouco da sua cidade natal.

A professora da sala três, Kelly Scott, fala que a maioria das crianças reconhecem ele dos filmes.

“Uma vez ele falou e nos disse que eles sabiam tudo a respeito do seu personagem. Uma grande parte deles assistiu recentemente os filmes de Harry Potter e algumas semanas antes da visita de Chris eu tive que chamar um grupo deles de Harry, Ron, Hermione e Malfoy”.

A Sra. Scott conta que Chris enfatizou de onde ele era e quais outros papéis ele já fez.

“As crianças ficaram animadas e tentaram lançar feitiços nele, mas ele foi realmente atencioso com eles, apenas brincando e tentando responder da melhor forma as suas perguntas interessantes, tal como, ‘você monta em dragões’, ‘a sua vassoura realmente voa rápido’, e ‘qual é seu personagem favorito em Harry Potter’”.

Ela diz que ele deu para todas as crianças uma foto autografada e eles também tiraram uma foto da sala com ele.

Ele visitou as salas três, quatro e seis da escola antes de seguir para a sua antiga escola, a Escola Albany’s Kristin.

“Muitos outros professores ficaram um pouco enciumados porque ele visitou apenas essas três salas, já que tem muitos fãs de Harry Potter na escola”, conta a Sra. Scott.

Chris Rankin, de 24 anos, se mudou para a cidade natal de seus pais, Londres, em 1989 e nunca mais voltou.

“Eu comecei a encarar de forma séria a atuação quando tinha 11 anos”, diz ele. “Na sétima série a minha professora me fez participar de um show e eu adorei. Então eu entrei num teatro juvenil e fiz musicais e peças”.

“Quando eu tinha 16 anos escutei que eles iriam transformar Harry Potter num filme, então decide ir fazer o teste. Eles falaram que se você não tiver retorno em duas semanas é porque você não teve sucesso, e seis meses depois eu fui chamada para um segundo teste. Quatro dias depois eu comecei, e assim foi”.

Ele conta que Percy Weasley é um ótimo personagem para se fazer.

“Nos primeiros três filmes ele é monitor e monitor-chefe em Hogwarts, e depois vai trabalhar no Ministério da Magia”.

Chris trabalha em Harry Potter há sete anos. Ele está em todos menos no quarto e o sexto, sendo filmado atualmente.

“Eu gosto de atuar porque era uma criança tímida e me deu uma válvula de escape para ser alguém diferente e eu amo isso. Melhorou minha autoconfiança e me ajudou a crescer e amadurecer”.

Ele não fez nenhum treinamento profissional e entrou em Harry Potter logo depois da escola.

“É o melhor treinamento que você pode ter, a melhor lição de atuação”.

“Todos são muito amáveis e prestativos, e é algo muito divertido de se fazer. Nós estamos juntos há sete anos, logo todos crescemos juntos. Eu tinha 16 anos quando comecei, então era um pouco mais velho, mas os três personagens principais tinham 10 e 11, então eu vi eles crescerem. Eles são muito legais, pé-firmes e crianças acima da média.

Ele conta que J.K. Rowling inventou algo que atrai todos.

“É como um mundo de fantasia, todos querem voar. Existe uma grande variedade de personagens, todos podem ser comparados a Draco Malfoy”.

Chris também possui uma companhia de teatro em Londres e faz várias peças.

“Peças são trabalhos cheios de adrenalina”.

“Eu estou filmando na Austrália em janeiro e depois na Itália. Meu agente conseguiu para mim um pequeno papel num ótimo filme, mas eu vou fazer uma prostituta transexual que vai ser interessante. Eu tenho que voltar para casa e aprender a andar com salto pontiagudo”.

Ele fala que gosta de fazer papéis diferentes.

“Eu trabalho em Harry Potter há sete anos e fiz alguns papéis similares, mas não quero papéis estereotipados”.

Chris está em Queenstown com amigos da família e retorna para Londres em uma quinzena.