Filmes e peças ︎◆ O Enigma do Príncipe

Venda de DVD’s do sexto filme será afetada?

O LA Times via Snitch Seeker divulgou hoje outro artigo relacionado à franquia, dessa vez discutindo o declínio das vendas de DVD’s nos dias atuais, incluindo os da franquia Potter, se isso afetará as vendas da sexta película o desenvolvimento que eles tiveram e ainda estão tendo.

Também saiu hoje uma nova foto dos bastidores de Enigma do Príncipe, sexta película da série de Harry Potter. Na foto, podemos ver o personagem Horácio Slughorn e o diretor David Yates.

O Potterish está a todo vapor cuidando da tradução do enorme artigo sobre dvds que foi divulgado e logo estará disponível completo no site, mas enquanto isso, apreciem a nova foto que já está em nossa galeria, através deste link.

Atualizado: A tradução do artigo já se encontra na extensão

HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE
Baixa no DVD pode enfraquecer vendas de Enigma do Príncipe

Los Angeles Times ~ Claudia Eller
22 de junho de 2009
Tradução: Daniel Mählmann e Júnior Colares

Harry Potter, o bruxo adolescente cujos filmes têm gerado bilhões de dólares e se tornaram uma das maiores franquias de HOllywood, é conhecido por combater o perverso Lord Voldemort. Agora ele está prestes a enfrentar um inimigo ainda mais sombrio: um mercado frágil de DVD.

“Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, a sexta parcela na série de filmes da Warner Bros., será lançado em 15 de julho, e as expectativas são de que ele será um dos maiores filmes do ano. Os cinco filmes “Potter” anteriores têm gerado $7.2 bilhões no mundo todo em bilheteria e venda de DVD’s, colhendo lucros enormes para o estúdio e a criadora de Potter, a autora JK Rowling.

Mas o mundo de cinema no qual “Enigma do Príncipe” vai entrar é significativamente diferente do seu antecessor, “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, enfrentado quando ele foi lançado em 2007. Ao longo dos dois últimos anos, as vendas de DVD, que tem apoiado há muito tempo o negócio do cinema, têm diminuído drasticamente. A quebra no mercado de DVD’s tem minado o modelo de negócio de Hollywood e lançou uma sombra sobre o que costumava ser o ponto luminoso da indústria.

“Houve uma diminuição bastante significativa no mercado global de DVD’s desde que o último filme ‘Harry Potter’ saiu”, disse Tom Adams, um analista da indústria de home video. De acordo com Adams, as vendas de DVD’s diminuíram 9% em 2008 e ele está projetando que elas vão cair um adicional de 8% em 2009.

“Isso coloca muito mais pressão nesses títulos de grandes franquias para ter sucesso”, ele disse.

Embora os filmes “Potter” tenham sido historicamente um enorme vendedor de DVD’s, cada sucessor da sequência vendeu muito menos unidades do que o seu antecessor. As vendas do último lançamento, foi vendido 15% nas primeiras oito semanas, comparado com as vendas do primeiro filme durante o mesmo período de tempo. Mesmo uma pequena redução nas vendas de DVD’s é um desafio para filmes caros, porque ele esperam a uma rentabilidade muito superior.

E a esperança para Harry Potter é maior do que nunca. A Warner Bros. gastou $250 milhões para produzir “Enigma do Príncipe”, e vai investir $155 milhões para comercializar e distribuir o filme, de acordo com pessoas familiarizadas com a situação.

Em comparação com outras sequências de grandes orçamentos, os custos de acréscimo para cada filme “Potter” tem sido moderado, principalmente por causa de aumentos salariais para membros do elenco e desfavoráveis taxas de câmbio. Por exemplo, quando a Warner Bros. começou a filmar “Enigma do Príncipe” fora de Londres em setembro de 2007, o dólar estava tão fraco frente à libra britânica que isso acrescentou cerca de $15 milhões para o custo de produção.

Alan Horn, o presidente da Warner Bros., disse que valia a pena assumir o desafio para o sexto “Potter” dado todo o dinheiro que a franquia gerou para o estúdio e a sua cooporação-mãe, a Time Warner Inc.

“Acho que é um risco tão confortável quanto poderíamos ter”, Horn disse.

Além da bilheteria e do rendimento com DVD’s, a Warner Bros. colhe centenas de milhões de dólares com mercadorias, vídeo games e outras vendas, incluindo downloads digitais no iTunes.

Kevin Tsujihara, presidente da Warner Bros. Home Entertainment Gruop, disse que as margens de lucro foram maiores em plataformas de distribuição, tais como vídeo sob demanda e através de vendas de eletrônicos, porque não havia produção e custos com transporte, e o estúdio conseguiu mais rendimento do que com o aluguel e a venda de DVD’s.

“Mesmo em um mercado em declínio, a nossa rentabilidade pode subir”, disse Tsujihara, que recusou discutir especificidades “Potter”.

Horn afirmou não esperar que o mercado frágil de DVD’s dificulte as vendas de “Enigma do Príncipe, porque é uma “propriedade única”. Ele acredita que, embora o orçamento de consumidores conscientes tenha se tornado mais seletivos sobre os DVD’s que compram, eles vêm demonstrando um desejo de possuir grandes filmes como “Potter”, “Transformers”, “Twilight” e “O Cavaleiro das Trevas” da Warner Bros., que de acordo com o The-Numbers.com, ficou em primeiro lugar de 2008 em vendas de DVD, com mais de 12.7 milhões de unidades vendidas no mercado interno.

Embora Horn tenha sido alvo de uma série de críticas dos fãs quando o lançamento de “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” foi adiado do último novembro para julho, a mudança pode ajudar a impulsionar as vendas do DVD, já que ele será lançado durante as férias.

Porque a venda de DVD e acessórios são guiadas por como os filmes performam nas bilheterias, a Warner Bros. Está focada em ter certeza que os cinemas estejam cheios de espectadores.

Enquanto a franquia “Potter” envelhece, Horn diz que o maior desafio no mercado e garantir que os espectadores estarão vendo alguma coisa nova.

“Quando você está fazendo a sexta versão de um filme, como você acha que os fãs não se cansam disso?”, disse o presidente da Warner Bros.

Cada um dos filmes “Potter” segue um tema parecido – Harry usa seus poderes mágicos para procurar a verdade sobre a morte de seus pais e para se defender ou acabar com seu inimigo, Lord Voldemort – mas tem um aparente diferença no enredo.

“Enigma do Príncipe”, que como os três primeiros filmes é classificado como PG, inicia-se com o sexto ano de Harry na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Dumbledore, diretor da escola, leva Harry em uma perigosa missão para descobrir os segredos do passado de Voldemort de modo que o vilão possa ser derrotado. A sua aventura leva-os para fora dos portões de Hogwarts em ambientes mais reais que os dos filmes anteriores.

O próximo filme “Potter” também se concentra fortemente na angústia adolescente, paixões, ressentimentos e primeiros amores de Harry e seus amigos Rony e Hermione, que estão todos adolescentes, tardiamente.

“Para mantê-lo fresco, nós usamos todos aqueles momentos maravilhos no filme, os testes e tribulações de crescer, esses novos ambientes e a urgência de Harry tentar descobrir mais informações sobre quem ele é e o que causou a morte de seus pais”, disse Sue Kroll, presidente da Warner Bros.

Para o público perceber que “Enigma do Príncipe” é diferente, Kroll disse, a campanha de divulgação foi criada para ser mais contemporânea, um pouco mais a sua cara.

O primeiro trailer de “Enigma do Príncipe”, que saiu em Agosto do ano passado, é mais ousado que os trailers dos filmes passados. Ao invés de mostrar todo o âmbito da imagem, ele apresenta uma sequência de cenas escuras sobre a história de Voldemort, que aparece como um jovem órfão chamado Tom Riddle.

“Eu posso fazer coisas ruins acontecerem à pessoas são ruins comigo”, o garoto diz para Dumbledore, que o visita no orfanato.

Nos dois primeiro filmes, a maioria dos expectadores foram os pais com crianças com menos de 12 anos. Mas nos três seguintes filmes, o público foi crescendo junto com os personagens e atores que os interpretavam. No quinto filme da franquia, “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, 66% dos expectadores eram adolescentes e adultos.

Em um esforço para deixar “Enigma do Príncipe” voltado para a pré-adolescência e adolescência, Warner Bros produziu trailers e TV spost que mostravam o lado leve do filme, aspectos amorosos. Em uma cena, Rony bebe uma poção do amor destinada ao Harry.

“Eu estou apaixonado por ela”, disse Rony ao Harry.

“Tudo bem, tudo bem, você está apaixonado por ela. Mas você ao menos sabem quem é ela?”, Harry pergunta e Rony responde, “Não. Será que você poderia me apresentar?”