Não categorizado

Ainda quer ler Harry Potter?

O Los Angeles Times publicou hoje um artigo sobre os fãs de Harry Potter que começaram a ler desde o começo e que posteriormente perderam o interesse. Será que aqueles que eram bem jovens e hoje até estão numa universidade possuem o mesmo interesse de antes?

James começou a ler no final do anos 90 e hoje com 17 anos já não lê mais. Acha que é mais apropriado para crianças: “É sobre um pequeno garoto bruxo, e quando se é adolescente você não liga mais para o que acontece com o garoto com sua varinha. Não conseguia ver mais nada de novo. Nunca usei casaco e nem tive uma varinha.”

No entanto, Barbara Marcus, vice-presidente executiva da Scholastic, é otimista em relação ao assunto: “É claro que perdemos alguns, mas não acredito que perdemos muitos leitores. Acredito que nós estendemos para pais, tios e avós. E também para novos leitores. A beleza do mercado infantil é que nossos leitores crescem com a gente. Há novas crianças todos os anos que estão prontas para Harry Potter.”

“Se você é fã da série e já leu todos os cinco livros, então você tem que saber o que acontece depois,” disse Kristin Mariani, uma porta-voz da Amazon.com.

Desde o começo, Rowling planejou uma série que ficaria mais complexa com o passar dos anos. Seu tom deixou de ser uma fantasia leve para se tornar um suspense sombrio onde os temas dominantes são a morte e a luta entre o bem e o mal. E é este ponto que Arthur Levine, editor americano da série, enfatiza: “Nunca foi um livro para crianças muito jovens. Bem no começo pensamos que atingiria uma faixa etária de 10 a 14 anos. As qualidades incomuns do livro eram que mesmo tendo um sofisticado humor e jogo de palavras com sátiras políticas que são apreciadas pelos leitores mais velhos, os jovens vão para as questões principais do personagem.”

Fonte: TLC