A Ordem da Fênix ︎◆ Filmes e peças ︎◆ O Prisioneiro de Azkaban

Kenneth Branagh fala sobre direção de Harry Potter

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Kenneth Branagh fala sobre direção de Harry PotterPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Kenneth Branagh fala sobre direção de Harry Potter

Foi divulgada ontem uma nova entrevista para a MTV, o ator britânico Kenneth Branagh que interpretou o professor de Defesa Conta as Artes das Trevas em Harry Potter e a Câmara Secreta, Gilderoy Lockhart.
Kenneth comentou o fato dele não ter sido contatado para retornar ao quinto filme da série onde tem uma participação no livro, o qual ele sabia que seu personagem estaria de volta e a possibilidade dele ter dirigido o terceiro filme da série, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

“Fui candidato a dirigir aquele que Alfonso Cuaron fez -“Prisioneiro de Azkaban” -. Foi enquanto eu estava trabalhando no segundo,” revela. “Todos eles sentiram por um minuto, talvez fosse ótimo se Ken fizesse um. Mas não funcionou. Teria sido interessante.”

Confira a entrevista na íntegra em notícia completa.

KENNETH BRANAGH
Kenneth Branagh gostaria de chamar Harry Potter de filho

Movies Blog MTV – Shwan Adler
19/11/2007
Tradução: Adriana Couto Pereira

O celebrado autor de “Viagens com Trasgos” e “Passeios com Lobisomens”, membro honorário da Liga de Defesa contra as Artes do Mal, pelo amor de Deus, CINCO VEZES vencedor do prêmio Sorriso Mais Atraente da revista Semanário dos Bruxos, Gilderoy Lockhart se deu mal (pergunte a ele mesmo). Mas se Kenneth Branagh continuasse assim, conseguiria chegar mais longe…

“Pai do Harry!” brincou o ator, rindo sobre sua experiência de ler o sétimo livro enquanto espera por grandes acontecimentos com seu personagem, para que possa voltar à série. “Acho que todos aqueles que já estiveram ao menos em um [dos filmes] estão cruzando os dedos para que o sétimo livro saia. Eu serei o pai do Harry? Poderia ser?!? Estou quase escrevendo um bilhete para a JK dizendo, ‘você já considerou essa possibilidade?'”

Claro, ao que todos nós sabemos, Lockhart ainda está nas salas do St. Mungus, treinando seus autógrafos e conversando com os Longbottoms – exatamente onde estava da última vez que o vimos, na “Ordem da Fênix”. Sobre isso, Branagh ficou desapontado com os produtores do filme, que não mantiveram esse sub-enredo.
“Seria legal ter estado lá [no Fênix]. Ele era um personagem bem popular, Lockhart. Não havia ninguém como ele”, diz Branagh.”[Mas eles nunca me convidaram,] para meu profundo desapontamento.”

Não que Lockhart pudesse lembrar, já que sua mente está em branco depois de um feitiço de memória que saiu pela culatra. Branagh, entretanto, lembra de uma época quando ele quase esteve mais envolvido com a série do que Gilderoy jamais esperaria.
“Fui candidato a dirigir aquele que Alfonso Cuaron fez [“Prisioneiro de Azkaban”]. Foi enquanto eu estava trabalhando no segundo,” revela. “Todos eles sentiram por um minuto, talvez fosse ótimo se Ken fizesse um. Mas não funcionou. Teria sido interessante.”

“Acho que há um limite com o que um diretor pode trazer para os filmes, por razões que estou certo que você consegue imaginar”, ele continuou. “[Mas] o que realmente captou meu interesse foi trabalhar com aquelas crianças. Eu gostei muito delas. Acho que talvez seu pontencial ainda não tenha sido percebido, ou ao menos sinto que eles estão famintos e prontos para darem passos largos como atores.”

Será que ele gostaria de dirigir “Relíquias da Morte”, talvez jogar seu chapéu em uma discussão que já inclui Guillermo del Toro, entre outros?

“Acho que agora eles têm um time tão bom nas mãos, entre Newell, Cuaron, Yates e Columbus, que provavelmente escolherão alguém que já dirigiu um dos outros”, ele disse, esmagando qualquer chance de voltar. “[E eles] farão muito bem, com certeza.”
Branagh falando sobre Lockhart me fez pensar: Qual personagem vocês ficaram mais desapontados por não verem nos filmes? Lockhart? Winky? Os Longbottoms? Algum outro? Murmúrios ao fundo.