Animais Fantásticos e Onde Habitam ︎◆ Filmes e peças

Rádio da Entertainment Weekly entrevista elenco e equipe técnica de “Animais Fantásticos”

Durante a Comic-Con de San Diego, a rádio da Entertainment Weekly entrevistou o elenco e a equipe técnica de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, a estreia da autora J.K. Rowling como roteiristas.

David Yates e David Heyman, diretor e produtor do filme, respectivamente, falaram sobre como foi se aventurar mais uma vez no Mundo Bruxo:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entrevistador: Quando vocês acabaram o último filme, tinham alguma ideia de que voltariam para esse universo?

David Yates: De forma alguma. Lionel Wigram, que é o produtor executivo, teve essa ideia de fazer um documentário fictício dos volumes extras de Jo, de Newt indo andando por aí à procura dessas criaturas. Nós levamos essa ideia para Jo e ela disse ‘não, eu tenho pensado nisso por muito tempo’, porque Jo tem um conhecimento infinito desse mundo, e assim ela já tinha uma história própria que queria contar. Isso a instigou. Foi quando eu soube que voltaria a este mundo.

Entrevistadora: Ela tem mais histórias pra contar?

David Yates: A coisa com Jo é: o que você lê nos livros é literalmente só a superfície, porque ela tem tantos cadernos cheios de informações… Eu não sei se há outras histórias pra contar, mas, se houver, ela já sabe!

David Heyman: Há roteiros para a segunda parte da jornada, que são bem divertidos e interessantes. Ela tem essa imaginação incrível, isso transborda dela. Houve um momento na pré-produção quando eu mandei um e-mail a ela: ‘Jo, você pode nos escrever algumas linhas sobre o MACUSA?’, e na manhã seguinte ela nos enviou oito páginas incrivelmente detalhadas sobre toda a origem da magia na América do Norte.”

Os atores, por sua vez, falaram quais são os seus personagens favoritos da série “Harry Potter” e sobre como foi ler o roteiro de Rowling pela primeira vez:

Dan Fogler (Jacob Kowalski): “Eu amo o Hagrid. Isso é estranho, eu sei, mas ele é simplesmente o meu favorito. Gosto do jeito que ele sorri. Eu também gosto do Lúcio Malfoy, principalmente pela maneira que ele fala. É maravilhoso!”

Colin Farrell (Percival Graves): “Eu diria que é o Olho-Tonto Moody, pelo crush masculino, claro, que sinto pelo ator que o interpreta.”

Alison Sudol (Queenie Goldstein): “Amo o Sirius. Quando ele faleceu foi muito triste. Ele parecia ser tão incompreendido, interessante, profundo e bondoso. Gostaria de tê-lo conhecido melhor.”

Sudol também comentou sobre o livro-texto em que o filme é inspirado: “É como um glossário. Eles parecem ser reais pela maneira que são descritos. É tipo: e quando conhecermos todos eles?”

Eddie Redmayne (Newt Scamander): “Não sei se consigo escolher um. Sempre fui fã do Rony. Sempre achei Rupert maravilhoso para o papel, ele era muito novo e tinha essa expressão facial fantástica.”

Katherine Waterston (Tina Goldstein), que chegou um pouco depois ao estúdio, disse rapidamente que o seu favorito era Severo Snape.

Traduções por: Aline Michel, Pedro Martins e Rodrigo Cavalheiro.

“Animais Fantásticos e Onde Habitam” marca a estreia de J.K. Rowling como roteirista e chega os cinemas brasileiros em 3D e IMAX em 17 de novembro deste ano. A San Diego Comic-Con trará muitas novidades do Mundo Bruxo: ainda hoje, às 18h10 (Horário de Brasília), será realizada uma transmissão ao vivo de uma sessão de perguntas e respostas com o elenco e a equipe técnica do filme, a qual participaremos a convite da Warner Bros. Pictures, como informamos há pouco.

Conheça o Spread the Light, projeto de arrecadação de fundos para instituições de caridade que reúne mais de vinte fã-sites e youtubers de “Harry Potter” do mundo todo. Doe e concorra a prêmios incríveis de Potter e de outras séries.