Filmes e peças ︎◆ O Enigma do Príncipe

Revista Famous traz entrevista e nova foto de Emma

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Revista <em>Famous</em> traz entrevista e nova foto de EmmaPotterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Revista <em>Famous</em> traz entrevista e nova foto de Emma
Inserindo-se no acervo de publicações que trazem ou abordam temas com atores potterianos, a Famous Magazine bateu um papo com Emma Watson e trouxe na revista uma nova foto dela caracterizada de acordo com a sua personagem, Hermione Granger.
A matéria introduz o contexto da próxima película da série, destacando vários aspectos já discutidos e divagados em outras publicações, como a presença mais notável do amor em Hogwarts e a preparação de Harry para a batalha final.

Já em relação à Watson, a atriz comenta o quão diferente foi o seu crescimento, até por que, ela passa muito tempo em frente às câmeras e presente nos estúdios.

“É muito estranho olhar para trás [nos filmes] e ver o quanto eu mudei, o quanto eu cresci e lhar como eu era antes disso tudo acontecer”, diz Watson.

Confira a tradução da matéria na íntegra clicando em notícia completa.

Atualizado: Os scans podem ser vistos aqui!

EMMA WATSON
Trabalhando a sua Magia

Marni Weisz ~ Famous Magazine
10 de junho de 2009
Tradução: Júnior Colares e Victor Garcia

Há um lugar na região dos campos na Inglaterra perto de Londres onde você encontrará uma fábrica de aparência encardida que fabricava motores para aviões Rolls Royce. Mas esse exterior feio esconde mágica em produção. A fábrica agora é o Estúdio Leavesden, que tem abrigado os filmes de Harry Potter desde o início, e onde Harry Potter e o Enigma do Príncipe está sendo transformado de palavras escritas numa página á realidade das telonas.

Todas as salas familiares de Hogwarts permanecem, de ano a ano, ainda montadas. Trabalhadores “envelhecem” os apoios de um filme para outro, de maneira que o local parece estar sendo “bem utilizado”, especialmente depois que coisas ruins começam a tomar lugar na pobre Hogwarts. As salas são imensas e maravilhosas. Mas se você sair de qualquer uma dela, a parte de fora é só construção e madeira compensada. Volte à elas, e a mágica dos filmes retorna.

E é aqui que eu me sento com Emma Watson para discutir como é interpretar Hemione Granger, um papel que foi definido desde que ela tinha 10 anos. “É engraçado,” Fala Watson sobre ganhar o papel, “por que aconteceu comigo quando eu era tão pequena. Você mal percebe seu crescimento enquanto tudo acontece, mas acho realmente que é assim que funciona.”

Na hora que a série acabar, Watson, que fez 19 em abril, vai ter gasto a maior parte de sua vida envolvida com Harry Potter.

Acordando-se à idade dos atores e de seus personagens, o novo filme vai ter alguns momentos românticos para compensar o tom mais escuro crescente nos filmes. Harry (Daniel Radcliffe) se apaixona por Gina Weasley (Bonnie Wright), que é irmã de Rony, e Rony (Rupert Grint) segue com o seu romance com Lilá Brown (Jessie Cave).

Mas inevitavelmente, a história segue em direção ao seu final, à medida que Harry vigia as atividades suspeitas tanto de Draco Malfoy (Tom Felton) como de Severo Snape (Alan Rickman), além de investigar os segredos e curiosidades de um antigo livro de poções, que pertenceu ao misterioso Príncipe Mestiço. Eventualmente, se torna claro que Lord Voldemort está encabeçando outra guerra bruxa, tão violenta que até os trouxas estão vendo evidências em seu mundo.

Entretanto, o professor Dumbledore(Michael Gambon) e Harry procuram pelos seis fragmentos da alma de Voldemort, também conhecidos como Horcruxes, porque, enquanto houver restando pelo menos uma, Voldemort não pode ser morto.

Quanto a Hermione, sua principal tarefa é o de está sempre ao lado de Harry para que ele não se sinta sozinho na sua luta. “Eu acho que Hermione tem um enorme papel para o sucesso de Harry.”, diz Watson. “Ela lhe ensina que a única forma de derrotar Voldemort é através de seus amigos e na confiança neles.”

Na vida real, como no filme, Watson, Radcliffe e Grint são jovens adultos com uma vida própria. Radcliffe está fazendo outros filmes e estrelou uma grande peça em Londres e na Broadway. Grint também está fazendo outros filmes. E sobre sua vida, Emma apenas fala sobre seu primeiro namorado sério – Jay Barrymore, que é um empresário com uns 27 anos. Eles estão namorando a um ano.

“É muito estranho olhar para trás [nos filmes] e ver o quanto eu mudei, o quanto eu cresci e lhar como eu era antes disso tudo acontecer”, diz Watson. Ela nem brinca com isso, pois nos primeiros filmes, ela parecia “um esquilo” com sua cara de bebe. Então ela começou a amadurecer, junto com Radcliffe e Grint. “De certa forma, é isso que realmente faz com que as pessoas se identifiquem. Torna-se uma verdadeira viagem, uma viagem muito real, por que estamos literalmente crescendo com os personagens.”

Watson nunca havia atuado profissionalmente antes de fazer parte do elenco original do filme Harry Potter, do diretor Chris Columbus. Sua única experiência foi em peças da escola.

Ela não é natural da Inglaterra. Emma nasceu em Paris, França, e lá viveu com seus pais até os cinco anos. Sua avó materna é francesa e Watson ainda fala um pouco do idioma. Seus dois pais, que se divorciaram e depois voltaram a viver juntos, são advogados ingleses. Após o divórcio, Watson voltou para a Inglaterra com a mãe, Jacqueline Luesby, e seu irmão Alex.

Em sua nova vida, Watson ficou mais estimulada a agir. Ela começou a freqüentar a escola Stagecoach Theatre Arts, estudando, cantando, dançando e atuando. Seu professor de teatro lhe indicou para os diretores de Harry Potter e ela acabou ganhando o papel após oito audições.

Com a sua perspectiva de jovem-adulta, Watson agora percebe que ela faz parte disso. E isso a espanta, pois ela acha que o fantástico mundo criado pela autora de Harry Potter, J.K. Rowling é muito sofisticado. “Para esse tipo de entretenimento, o objetivo final é muito profundo. É muito complexo e acho que é por isso que eu não o chamaria de ‘livro para crianças’”, diz Watson.

“Tudo sobre o livro, tudo sobre o mundo de J.K. Rowling, é pensado até o último detalhe. Você pode ver pelos feitiços, que estão em Latim e realmente significam o que eles estão fazendo. E todos os nomes são interessantes, únicos e diferentes, cada um tem sua própria história. Tudo que ela faz é muito incrível. No final de cada livro é quase como um conto de Esopo. Cada vez, a cada ano, Harry aprende uma nova lição.

Falando em aulas, dois anos atrás Watson ficou chateada por especularem que ela poderia parar de atuar e se dedicar somente à escola, onde ela é uma ótima estudante. Nem ela nem os outros atores teriam assinado um contrato para fazerem o quarto filme da série.

Depois, no verão de 2007, Watson fez seu primeiro filme fora da série Potter, um filme chamado “Ballet Shoes” para a televisão britânica BBC.

“Ter uma experiência fora Harry Potter realmente me ajudou”, diz Watson. “Eu acho que isso realmente me convenceu de que este é o lugar ao qual eu pertenço e é isso que estou destinada a fazer, que eu quero ser uma atriz. Mas acho que precisava ter uma experiência fora de Harry Potter, porque, de certa forma, eu estava apenas presa aquele papel. Quer dizer, eu realmente queria isso, mas nunca havia sentido que era uma decisão minha. E isso aconteceu. Eu sentir que havia ganho na loteria.

Feitiço de Amor

Nos filmes, a personagem de Emma Watson está dividida entre dois amores – A estrela do Quadribol Búlgaro, Viktor Krum e seu velho amigo Ron Weasley. Mas na vida real Watson mostrou discretamente que Jay Barrymore, uma criança que fez trabalhos como ator antes, se tornou um banqueiro, e é seu namorado. Com 19 anos, Watson namora Barrymore – cuja idade está entre 26 e 28 anos, a mais de um ano.

Embora ela ainda não fale abertamente sobre sua relação, Emma e Barrymore foram fotografados em uma ilha espanhola de Ibiza e, mais recentemente, em beijos no estúdio de Harry Potter e as Relíquias da Morte.