J. K. Rowling

Quem é o melhor, J. K. Rowling ou J. R. R. Tolkien?

Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Quem é o melhor, J. K. Rowling ou J. R. R. Tolkien?Potterish :: Harry Potter, o Ickabog, Animais Fantásticos e JK Rowling Quem é o melhor, J. K. Rowling ou J. R. R. Tolkien?

O site Blogging Stocks costuma colocar em seu quadro “Money Face-Off” duas pessoas que tem similaridades bastante acentuadas no decorrer de suas vidas e carreira. Ontem foi a vez deles equipararem J. K. Rowling ao autor J. R. R. Tolkien, responsável pela trilogia “Senhor dos Anéis”.
A matéria é bastante interessante e cita várias semelhanças de ambos, que vão desde o fato de serem autores de best-sellers, até terem filmes baseados em seus livros e estarem as maiores bilheterias de todos os tempos.

No fim dos anos 20, J.R.R. Tolkien começou a escrever uma história fantástica sobre criaturas mágicas conhecidas como hobbits, elfos e anões, em um mundo inventado chamado Terra Média, para entreter seus filhos. O trabalho que ele completou, O Hobbit, se tornou o prelúdio de uma dos maiores obras-primas literárias de todos os tempos – a trilogia “O Senhor dos Anéis”. Cerca de 70 anos depois, J.K. Rowling começou escrevendo uma história fantástica sobre um grupo diferente de criaturas mágicas, conhecidas como bruxas e bruxos, em um lugar não tão inventado chamado Inglaterra, para entreter sua filha. O livro, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, e os seis livros que vieram em seguida, tornaram Rowling a mulher mais rica do mundo.

Leia a tradução na íntegra em notícia completa.

Há também uma votação para você escolher qual autor é o melhor. Até agora foram computados 32.772 votos e Jo está ganhando com 56%. Clique aqui para votar também!

Thanks, Wizard News.

J. K. Rowling
JRR Tolkien vs. JK Rowling

BloggingStocks ~ Eric Buscemi
16 de setembro de 2007
Tradução: Patricia Abreu

Esse post é parte de nosso programa “Money Face-Offs”. Deixe-nos saber quem você acha que virá a seguir nessa disputa páreo a páreo, e vejo nossos outros posts Money Face-Offs.

“Eu levarei o anel”, ele disse, “Embora eu não saiba o caminho”
— Frodo Bolseiro, A Sociedade do Anel

“Não existe bom ou mau, existe apenas o poder, e todos aqueles que são muito fracos para alcançá-lo.”
— Voldemort, Harry Potter e a Pedra Filosofal

No fim dos anos 20, J.R.R. Tolkien começou a escrever uma história fantástica sobre criaturas mágicas conhecidas como hobbits, elfos e anões, em um mundo inventado chamado Terra Média, para entreter seus filhos. O trabalho que ele completou, O Hobbit, se tornou o prelúdio de uma dos maiores obras-primas literárias de todos os tempos – a trilogia “O Senhor dos Anéis”. Cerca de 70 anos depois, J.K. Rowling começou escrevendo uma história fantástica sobre um grupo diferente de criaturas mágicas, conhecidas como bruxas e bruxos, em um lugar não tão inventado chamado Inglaterra, para entreter sua filha. O livro, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, e os seis livros que vieram em seguida, tornaram Rowling a mulher mais rica do mundo.

Os autores partilham muitas semelhanças. Ambos são britânicos, usam iniciais ao invés de seus primeiros nomes, são famosos por uma única grande contribuição literária (apesar de Rowling, com o benefício de estar viva, tem muitos anos para mudar isso), e ter tido impérios cinematográficos baseados em seus trabalhos.

Os filmes baseados nesses livros são algumas das maiores arrecadações de todos os tempos, e têm tido boa receptividade dos críticos e fãs. Mas antes desse sucesso recente dos filmes, houve outras tentativas de adaptar Tolkien. No fim dos anos 70, houve versões animadas de “O Hobbit” e “O Retorno do Rei”, feitas pela mesma pessoa, e “O Senhor dos Anéis”, uma entidade separada com um estilo diferente de animação: rotoscoped (uma técnica de animação que usa imagens reais quadro a quadro para simular uma animação). Nenhum deles teve sucesso comercial. Então veio um diretor chamado Peter Jackson.

O primeiro épico da trilogia Senhor dos Anéis feito por Peter Jackson veio em 2001, o mesmo ano que o primeiro filme de Harry Potter. Ambos arrecadaram mais de $300 milhões nos EUA e se tornaram sensações internacionais. “A Sociedade do Anel” chegou a ganhar quatro Oscars, enquanto “Harry Potter e a Pedra Filosofal” foi indicado a três. Ao todo, a trilogia dos Anéis ganhou 17 Oscars, incluindo Melhor Filme pela conclusão da trilogia, “O Retorno do Rei”. Os filmes de Harry Potter ainda não ganharam nenhum Oscar apesar de tudo, mas um foi indicado.

Os três filmes “Senhor dos Anéis” arrecadaram mais de $300 milhões cada, colocando os três na lista das 20 maiores arrecadações do cinema nos EUA de todos os tempos. Todos os cinco filmes de Harry Potter arrecadaram mais de $200 milhões cada, mas apenas o primeiro ultrapassou os $300 milhões, e se situa na 19ª posição das maiores arrecadações. Há ainda, no entanto, mais dois filmes na série de Harry Potter programados para estrearem em 2008 e 2010, respectivamente. E o trabalho de Tolkien também verá ao menos mais uma adaptação, já que a introdução de “Anéis”, “O Hobbit”, também já foi anunciada.

Quanto às performances financeiras atuais das obras dos dois autores, há um pouco mais dificuldade para comparar, já que o trabalho de Tolkien foi lançado décadas atrás e os recordes de vendas não são mensuráveis. “O Senhor dos Anéis” também foi editado durante a Guerra Mundial, quando suprimentos de coisas supérfluas como romances era muito limitada. Depois de tudo isso ser dito, a trilogia vendeu mais de 100 milhões de cópias até hoje. Enquando isso a torna uma das obras mais vendidas de todos os tempos, ele ainda tem uma comparação pálida com os romances de Harry Potter, que quebraram todos os recordes, vendendo mais de 500 milhões de cópias.

O debate sobre qual autor é mais influente e bem sucedido está longe de acabar. Rowling está no melhor momento de sua carreira, e Tolkien ainda está tentado publicar alguns trabalhos, como “The Children of Hurin” , que foi terminado por seu filho, lançado no começo desse ano. Além disso os dois autores vão ver mais adaptações em filmes. Só isso é certo – o impacto dos dois autores é quase imensurável, se estendendo de editoras como a Bloomsbury Publishing e a Scholastic Corporation (NASDAQ:SCHL), aos estúdios de filmagem como Time Warner Inc (NYSE:TWX), New Line Cinema e Warner Bros., e mais importante, até a imaginação e educação de milhões de pessoas jovens em todo o mundo.