As Relíquias da Morte ︎◆ Livros ︎◆ Produtos

Das três relíquias, pelo menos uma está a caminho

Potterish Das três relíquias, pelo menos uma está a caminhoPotterish Das três relíquias, pelo menos uma está a caminho

Quem diria que a física, matéria que tanta gente odeia, poderia fazer o sonho da invisibilidade se tornar real, hein? Bom, ele ainda não é real, mas está sendo bastante estudado por físicos americanos e britânicos desde 2006.

Na realidade, até o momento eles conseguiram uma capa da “insonoridade”. É uma onda sonora que se curva paralelamente e perpendicularmente e que poderá ser utilizada em submarinos para não serem detectados por radares sonoros.

Um estudo divulgado esta semana, sob o aval de outros publicados em 2006 e 2007, revela que a Capa da Invisibilidade, já estará disponível no mercado de luxo em alguns anos.

Confira a entrevista completa em notícia completa.

Thanks, Canada.com.

Atualizado: Obrigado, ScarPotter.com!

HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE
Das três relíquias,pelo menos uma está a caminho

11 de janeiro de 2008

Quem diria que a física, matéria que tanta gente odeia, poderia fazer o sonho da invisibilidade se tornar real, hein? Bom, ele ainda não é real (desculpem a decepção), mas está sendo bastante estudado por alguns físicos americanos e britânicos desde 2006.

Na realidade, até o momento eles conseguiram uma capa da ‘insonoridade’. É um papo de onda sonora que se curva aqui e ali e que poderá ser utilizada em submarinos para não serem detectados por radares sonoros.

A idéia é que as ondas de som passariam ao redor da capa e se reformariam do outro lado, sem ser acobertada ou distorcida. Isso poderia fazer um submarino indetectável por aparelhos de detecção sonora, pois as ondas desses aparelhos passariam direto pelo submarino. Ou poderia prevenir que interferências atrapalhassem apresentações acústicas em um salão de concerto.

A mesma equipe mostrou em 2006 a possibilidade da invisibilidade, e na verdade fez um modelo em duas dimensões. Essa capa funciona curvando a luz em volta de um objeto sem distorcê-lo, então quem está vendo enxerga o que quer que esteja do outro lado da capa. Um pesquisador chamou isso de “similar à água de um rio fluindo em volta de uma pedra polida.”

Agora é torcer pra que eles leiam Harry Potter e se interessem pela Varinha das Varinhas e pela Pedra da Ressurreição.