Não categorizado

Faculdade de Direito cria matéria baseada em Harry Potter

A Universidade de Ciências Jurídicas de Bengala Ocidental, na Índia, criou uma matéria eletiva para alunos do último ano de Direito baseada na série Harry Potter.

A matéria abordará tópicos que vão desde paralelos entre direitos sociais e de classe da Índia com a escravização dos elfos domésticos e a marginalização dos lobisomens ao estudo de contratos, tomando o Voto Perpétuo como exemplo. Abordará também a lei desportiva do Quadribol em Hogwarts, o estudo das Maldições Imperdoáveis, os julgamentos de Wizengamot, a inocência de Sirius Black e o julgamento de Tom Riddle.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o professor Shouvik Kumar Guha, que criou o curso, trata-se de um experimento que busca encorajar o pensamento criativo. “No sistema atual, nós simplesmente repetimos aos alunos a letra seca da lei. Mas eles vão conseguir aplicar leis que já existiam a situações que nunca aconteceram?”, questionou ao portal de notícias BBC.

O professor acredita que será uma oportunidade para que os estudantes saiam de suas zonas de conforto e aprendam com os livros que cresceram lendo. “O universo de [J.K.] Rowling fala muito sobre como instituições legais estão falhando em alguns pontos”, exemplificou. Devido à sua popularidade, Harry Potter se sobressaiu às outras alternativas para a matéria, como Star Strek e Game of Thrones.

O curso terá 45 horas e as 40 vagas disponíveis foram preenchidas rapidamente, com diversos pedidos para que a capacidade do curso fosse aumentada. Esta é a segunda universidade da Índia a oferecer uma matéria focada em Harry Potter. Ao redor do mundo, universidades como Yale, Georgetown, USP e UNICAMP também já ofereceram cursos baseados na série.