Listas ︎◆ Personagens

Dolores Umbridge é muito mais cruel do que você imagina

Uma das personagens mais odiadas de Harry Potter, Dolores Umbridge é a personificação da meiguice falsificada. Por trás das vestes rosas e do tom de voz agudo, existe uma infinidade de crueldades. Leia a seguir!

Por Emiko Silva

Desprezo pela mãe

Filha de pai bruxo (Orford Umbridge) e de mãe trouxa (Ellen Cracknell), Dolores tem um irmão aborto. Junto do pai, ela sempre culpou a mãe pela falta de habilidades mágicas do garoto. Quando tinha 15 anos, a família se dividiu: enquanto Ellen desapareceu no mundo trouxa com o filho, Dolores permaneceu junto ao pai. Ela nunca mais viu ou conversou com nenhum dos dois e passou a omitir a existência da mãe para todos os conhecidos.

Vergonha do pai e negação do passado

Graças a atitudes calculadas, tratamento meloso com seus superiores e crédito pelo trabalho alheio, Dolores foi promovida à Chefe da Seção de Controle do Uso Indevido da Magia antes dos 30. Passou, então, a desprezar o pai, que era faxineiro do Ministério da Magia, pela “falta de ambição”. Por vergonha, ela o obrigou a se aposentar mais cedo do que o normal, prometendo-lhe uma pequena mesada, e quando os colegas do Ministério lhe questionavam se ela era parente do faxineiro, Dolores colocava um sorriso forçado no rosto e negava, dizendo que seu “falecido” pai tinha sido um membro importante da Suprema Corte dos Bruxos. No entanto, acidentes aconteciam com aqueles que tinham-na questionado.

Professora Umbridge em Harry Potter

Repúdio por mestiços e criaturas

Dolores odeia mestiços e criaturas. Enquanto trabalhava em Hogwarts, gostava de subjugar e humilhar Rúbeo Hagrid por ser meio-gigante. No Ministério, apresentou uma lei anti-lobisomem e sugeriu que os sereianos fossem registrados e vigiados de perto, por considerá-los inconfiáveis.

No entanto, apesar de repudiar as criaturas, Dolores não hesitava em tirar proveito delas. Com Dumbledore e Harry alegando que Voldemort havia retornado, uma onda de caos assombrou o Ministério da Magia. Para silenciar Harry e confortar o Ministro da Magia, Cornélio Fudge, ela comandou um ataque de dementadores ao garoto próximo à rua dos Alfeneiros, na tentativa de fazê-lo ser expulso por usar magia fora da escola e na presença de um trouxa.

Prof. Umbridge e Centauros em Harry Potter

Ditadura em Hogwarts

Após um curto período em Hogwarts, Dolores convenceu o Ministro da Magia a nomeá-la Alta Inquisidora. Passou, então, a ter o poder de demitir professores. Posteriormente, fundou a Brigada Inquisitorial para promover delação premiada entre os estudantes e investigou todos os grupos estudantis, além de proibir a circulação da revista O Pasquim, que havia publicado uma entrevista com Harry sobre o retorno de Voldemort.

Umbridge em Harry Potter 5.

Torturas com alunos

Mais tarde, Dolores passou a controlar os alunos com mãos de ferro. Se alguém ousasse lhe contradizer – ou pior, contradizer o Ministro –, ela os torturava com a Maldição Cruciatus e com uma Pena de Sangue que gravava palavras na pele dos alunos utilizando o sangue deles como tinta.

Mão de Harry Potter machucada

Perseguição aos nascidos-trouxas

Com a ascensão do Lorde das Trevas, Dolores se tornou líder do Registro da Comissão dos Nascidos-trouxas, perseguindo-os e mandando-os para Azkaban sempre que podia. Ela também foi responsável pela publicação de um folheto intitulado Sangues-Ruins e os Perigos que Oferecem a Uma Sociedade Pacífica de Sangues-Puros, que, além de estimular o ódio aos nascido-trouxas, legalizava o preconceito.

Umbridge em Harry Potter 7.

Nota: algumas das informações acima não foram reveladas durante os livros de Harry Potter, mas pela autora J.K. Rowling em um texto escrito para o Pottermore, disponível apenas em inglês.

Leia também:

+ O diabo veste rosa

+ Os dez momentos mais vilanescos e heróicos de Severo Snape