Aniversários ︎◆ Listas ︎◆ Personagens

Os sete momentos mais corajosos de Rony Weasley

Rony Weasley é lembrado por seu senso de humor. Nos momentos mais tensos, ele conseguia aliviar o clima com comentários sarcásticos. Sua graça, porém, faz com que muitos fãs esqueçam de outra qualidade que o personagem possui: a coragem. No seu aniversário de 38 anos, o Potterish lista 7 momentos que comprovam a decisão do Chapéu Seletor de colocá-lo na Grifinória. Leia a seguir!

Por Gabriela Benevides

1. Quando ele se sacrificou para salvar a Pedra Filosofal

Aos 12 anos de idade, Rony já era perito em Xadrez de Bruxo. Quando ele, Harry e Hermione desceram pelo alçapão para impedir que Quirrell roubasse a Pedra, Rony se sacrificou no jogo para levá-los à vitória. Felizmente, nada de grave aconteceu, mas ele foi nocauteado pela rainha branca.

Rony

2. Quando ele enfrentou seu maior medo para descobrir o mistério da Câmara Secreta

Quando Rony era criança, Fred transfigurou seu ursinho em uma aranha e, desde então, elas são seu maior medo. Quando Hogwarts estava sendo atacada pelo basilisco, Rony e Harry seguiram aranhas em direção à Floresta Proibida e tiveram a desagradável surpresa de encontrar com uma acromântula gigante. Mesmo aterrorizado, Rony continuou ao lado de Harry e ajudou a interrogar Aragogue pelo bem da escola.

Rony

3. Quando ele tentou proteger Harry do Prisioneiro de Azkaban

Quando foi puxado por Sirius Black para dentro do Salgueiro Lutador, Rony quebrou a perna. No entanto, isso não o impediu de levantar e se colocar entre Harry e Sirius, para proteger o amigo:

– Se você quiser matar Harry, terá que nos matar também! – disse impetuosamente, embora o esforço de ficar de pé tivesse acentuado sua palidez e ele oscilasse um pouco ao falar.
– Deite-se – disse brandamente a Rony. – Você vai piorar a fratura nessa perna.
– Você me ouviu? – disse Rony com a voz fraca, embora se apoiasse dolorosamente em Harry para se manter de pé. – Você vai ter que matar os três!

– Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Rony

4. Quando ele reconheceu seu erro ao acusar Harry de colocar o nome no Cálice de Fogo

É preciso muita coragem para admitir erros. Inflamado por ciúmes, Rony teve uma briga feia com Harry quando ele foi selecionado como Campeão Tribruxo. Rony, porém, percebeu que havia sido injusto com o amigo e fez as pazes logo após a primeira tarefa do Torneio.

Rony

5. Quando ele se juntou à Ordem da Fênix na Batalha do Departamento de Mistérios

Rony lutou bravamente junto à Ordem da Fênix e aos amigos em uma das batalhas mais eletrizantes de Harry Potter. Em um momento de extremo perigo, quando Sirius parecia ter sido capturado por Voldemort, Rony não hesitou em acompanhar Harry e lutou bravamente até ser atingido por um feitiço de um Comensal da Morte.

Rony

6. Quando ele decidiu acompanhar Harry ao fim de Enigma do Príncipe

Para os leitores, nunca houve dúvidas de que Rony e Hermione acompanhariam Harry em sua missão de encontrar e destruir as Horcruxes. No entanto, o próprio Harry pensou que teria que seguir sozinho. Após a morte de Dumbledore, Rony decidiu de uma vez por todas que se juntaria ao amigo na jornada perigosa.

“Acompanharemos você, aonde for. – afirmou Rony – (…) Estamos com você para o que der e vier.”

– Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Rony

7. Quando ele destruiu uma Horcrux em As Relíquias da Morte

Dentre os três amigos, Rony foi o mais afetado pelo Medalhão de Slytherin. A raiva gerada pela Horcrux o faz abandonar os amigos. Quando Rony voltou para junto deles, salvando Harry e conquistando a Espada de Gryffindor, a Horcrux mais uma vez tentou embaralhar seus sentimentos. Em uma cena muito intensa, Rony conseguiu reunir coragem para ignorar as palavras amargas da Horcrux e destruí-la.

“As monstruosas versões de Harry e Hermione tinham desaparecido: havia apenas Rony, parado, a espada frouxa na mão, contemplando os fragmentos do medalhão destruído sobre a pedra achatada.”

– Harry Potter e as Relíquias da Morte

Rony