Não categorizado ︎◆ The Making of Harry Potter

Polícia do Transporte Britânico emite alerta para fãs de Harry Potter

Durante o final de semana, a Polícia do Transporte Britânico emitiu um alerta para os fãs de Harry Potter que visitam o viaduto Glenfinnan, conhecido pelos fãs como cenário de muitas das passagens do Expresso de Hogwarts. O viaduto, que faz parte da West Highland Line, na Escócia, costuma ser invadido por fãs procurando tirar fotos da icônica locação.

O Sargento Kevin Lawrence disse:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De maneira alarmante, os visitantes descem do trem em Glenfinnan e andam pelos trilhos para tirar fotos. Isso é extremamente perigoso. A área rural e cênica também atrai muitos ciclistas e outros turistas viajando pela estrada para ver o viaduto.
Quando as pessoas se distraem na emoção de sua viagem, muitas podem não perceber que o que eles estão fazendo é invadir os trilhos, arriscar sua vidas e a dos passageiros que podem estar nos trens.

Ele explicou que, por causa desse problema, mais grades tiveram que ser colocadas e que a sinalização foi aumentada para indicar pontos seguros para as fotos, sem acesso às linhas.

Apesar dos inúmeros avisos e histórias de pessoas que perderam suas vidas, no ano passado houve um aumento do número de casos de invasões em 16%. Os casos demonstram que pessoas mais jovens são mais sujeitas a se arriscar nas linhas, com aumento no número de casos durante as férias escolares da primavera e do verão.

Por mais que amemos Harry Potter, eu gostaria de lembrar a todos que somos meros trouxas, e que se você invadir a linha e for pego por um trem, as consequências podem ser extremamente sérias e provavelmente fatais.
As pessoas precisam estar cientes do perigo em que elas se colocaram ao invadir a linha. Um escorregão, um tropeço, um trem rápido e silencioso e sua vida pode acabar em um instante. Invadir não vale o risco.

Durante os meses de maio e outubro, visitantes podem viajar pela rota entre Fort William e Mallaig, a mesma onde foram filmadas as cenas do Expresso de Hogwarts em movimento, em uma locomotiva a vapor semelhante ao famoso trem bruxo, a Jacobite. O serviço é prestado pela West Coast Railways, que também providenciou a locomotiva que foi transformada no Expresso para os filmes e que hoje se encontra nos estúdios Leavesden como parte do Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter.