Animais Fantásticos e Onde Habitam ︎◆ Filmes e peças

Minha opinião de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”

Agora é a vez do nosso webmaster, Marcelo Neves, que mora em Londres e assistiu hoje “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, tecer seus comentários acerca do filme. Seu artigo de opinião se encontra logo abaixo, e a crítica da nossa correspondente em Nova York Larissa Helena, por meio deste link.

Por Marcelo Neves
Edição por Kaio Rodrígues

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com roteiro original da querida J.K. Rowling, “Animais Fantásticos e Onde Habitam” é incrivelmente maravilhoso. Fã da saga há 17 anos, e participando ativamente do fandom por quase o mesmo tempo, me senti extremamente emocionado ao retornar ao universo criado por Jo. Era algo que não podia esperar em 2007, quando comecei a ler o último livro da saga.

O filme se passa na parte Norte-Americana do Mundo Bruxo. Na década de 20, a partir da chegada do Newt Scamander (interpretado pelo incrível Eddie Redmayne) à cidade de Nova York. É uma realidade completamente diferente do que já conhecíamos.

“Animais Fantásticos” é bastante diferente dos outros oito filmes da franquia. A maior delas, na minha opinião, é que não se baseia em livros escritos por Jo: isso mesmo! Tudo o que vemos na tela é original! Isso evita que alguns fãs fiquem desapontados por qualquer diferença entre a história do longa-metragem e a história do livro.

E até mesmo os “trouxas”, leigos em Harry Potter, conseguem assistir à obra sem grandes dificuldades.

Na minha opinião de fã, e sem spoilers, o filme ganha 4.5 estrelas. O roteiro é simplesmente maravilhoso, e a atuação de Redmayne como Newt é surpreendente. Ele personifica um lufano como ninguém. São do simplesmente incrível Dan Floger (que vive Jacob) as partes mais engraçadas do filme. Ezra Miller como Credence é outra grande surpresa. As irmãs Tina e Quenie, interpretadas respectivamente por Katherine Waterston e Allison Sudol, foram sólidas e deixam o espectador curioso pelo que está por vir.

Ouvir menções a Hogwarts e a Dumbledore me deixou arrepiado. O mais emocionante, contudo, é ver Newt com o cachecol da Lufa-Lufa, dando, finalmente, um protagonismo a essa Casa tão querida pelos fãs. Os Animais Fantásticos são fofos e engraçados, e até os mais estranhos poderiam ser guardados em uma maleta com você. O problema fica por conta dos efeitos especiais, muito usados nos animais. Contudo, como disse, o filme conquista 4.5 estrelas. Será, sem dúvida, sucesso de bilheteria no mundo inteiro.

Vida longa à Rainha Rowling. Vida longa ao Potterish! Vida longa a essa nova e maravilhosa franquia criada por ela para nós.

Obrigado, Jô!