Seção Granger

Seção Granger: “Noturnos”, de John Connolly

Aline Lina, assessora do Potterish, vem à Seção Granger deste domingo, 09, para falar sobre “Noturnos”, escrito pelo irlandês John Connolly e publicado no Brasil pelo selo Bertrand do Grupo Editorial Record.

“Com dezesseis contos, variedade dentro do universo do horror é o que não falta nas páginas da coletânea: o leitor é surpreendido por bruxas, elfos, lobisomens criaturas cruéis, crianças que entenderam o porquê de palhaços darem medo, demônios justiceiros, fantasmas vingativos, monstros horripilantes, vampiros e mais.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para ler a resenha crítica na íntegra, acesse a extensão deste post.

“Noturnos”, de John Connolly
Resenha crítica por Aline Lima

“Atenção! Não leia este livro à noite. Você pode se arrepender…”

É com essa mensagem na contracapa de seu livro que John Connolly, o autor irlandês mais conhecido da atualidade e o primeiro não americano a ganhar o prêmio US Shamus, convida os leitores a embarcarem em sua coletânea de contos com histórias tenebrosas que mesclam o universo fantasioso infantil com o mundo adulto.

Com dezesseis contos, variedade dentro do universo do horror é o que não falta nas páginas da coletânea: o leitor é surpreendido por bruxas, elfos, lobisomens criaturas cruéis, crianças que entenderam o porquê de palhaços darem medo, demônios justiceiros, fantasmas vingativos, monstros horripilantes, vampiros e mais.

“A Balada do Caubói Canceroso”, conto de abertura e também o maior do livro, apresenta-nos à história de uma pequena cidade em que os habitantes estavam morrendo infectados por um estranho forasteiro. A crueldade que a presença do estranho estava causando nos habitantes de Easton assombra a leitura até a última linha do conto e conquista a atenção para as demais páginas – e isso também acontece em todos os textos subsequentes. A narrativa não entrega os fatos, fazendo com que o leitor quebre a cabeça, fique angustiado.

Apesar de não ser um livro considerado tão “pesado”, com sangue e mortes terríveis, John Connolly apresenta um livro recomendado a todos os apreciadores do estilo terror clássico de Poe e Bram Stoker.

294 páginas, Editora Record (Bertrand), publicado em 2016.
Título original: “Nocturnes”.
Tradução: Ronaldo Passarinho.

Aline Lima é formada em Publicidade e Propaganda e colaboradora de diversas áreas no Potterish.