Animais Fantásticos e Onde Habitam

Enciclopédia de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” (Parte 3)

O site Fandango visitou o set de filmagens de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” e preparou uma enciclopédia em três partes sobre o filme falando sobre as pessoas, os lugares e as criaturas do filme.

Para conferir a parte 3 dessa enciclopédia, que fala sobre as criaturas do filme, clique aqui

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nossa equipe também já traduziu as partes 1 e 2 dessa enciclopédia e você pode conferir clicando em Parte 1: As Pessoas ou em Parte 2: Os Lugares

Enciclopédia de “Animais Fantásticos e Onde Habitam – Parte 3: As Criaturas”
Fandango – Nick Romano

Traduzido por Rodrigo Cavalheiro em 14/09/2016
Revisado por Paola Galiano em 14/09/2016

Embora Animais Fantásticos seja uma história comandada pelos seus personagens, o filme está repleto de criaturas mágicas. Em um escritório no estúdio Leavesden, em Londres, artes conceituais dos designs dos animais estão pendurados nas paredes. Os fãs já viram alguns nos trailers, mas há muito mais de onde esses vieram. Aqui está um guia para as criaturas que devemos ver, incluindo descrições adquiridas nos livros.

Cinzal: Quando uma chama mágica é deixada para queimar sem supervisão, suas labaredas podem produzir um cinzal, uma serpente pálida e ardente.

Agoureiro: Também conhecida como Fênix Irlandesa, a ave de penas verdes lembra um pequeno vulto e se alimenta de vários insetos e fadas. Seu canto lúgubre pode prever a chuva, embora alguns acreditassem que ele previsse a morte.

Gira-gira: Um pequeno inseto azul-safira com asas na cabeça que o permite girar enquanto voa. Mordidas de gira-gira, cujo veneno pode ser usado em poções quando seco, podem causar vertigem e levitações.

Tronquilho: Uma criatura pequena, tímida e parecida com gravetos que é tipicamente encontrada protegendo árvores, que defende com seus dedos afiados. Newt carrega um tronquilho chamado Pickett. “Ele tem problemas com apego, então ele sempre tem que estar no meu bolso”, disse Redmayne . Para ajudar a orientar o ator a reagir com a criatura gerada por computação gráfica, um marionetista usou um fantoche de dedo que dançava em seu ombro antes de trocar para um grande tubo com um fio na ponta.

Crupe: Um cachorro criado por bruxos que lembra muito um Jack Russell com um rabo bifurcado. Eles são tipicamente agressivos com No-Majs e leal aos bruxos.

Seminviso: Uma criatura simiesca com pelos prateados e sedosos. O seminviso pode se tornar invisível quando ameaçado, e os bruxos usam seus pelos para tecer capas de invisibilidade. A criatura também tem habilidades premonitórias, então pegá-los desprevinidos é incrivelmente difícil, mas a de “Animais Fantásticos” desenvolve uma relação com Jacob.
“Por algum motivo há algo na natureza de Jacob que o faz sentir que ele não é uma ameaça”, disse Fogler. “Então, há esses momentos muito doces onde o caos está acontecendo e essa coisa toda está pegando fogo e o seminviso olha pra mim e fica tipo ‘vem cá, cara, está tudo bem’. Eles são doces.”

Oraqui-oralá: Os No-Majs têm outra palavra para o oraqui-oralá – o passáro dodô.

Fada mordente: Comumente confundidas com fadas, as fadas mordentes são pequenas criaturas com asas e dentes afiados e profundamente venenosos. Bruxos e bruxas que são mordidos devem tomar um antídoto imediatamente.

Erumpente: Uma larga criatura africana que lembra o rinoceronte, o erumpente tem um longo chifre, um rabo grosso e um couro durável capaz de repelir a maioria dos feitiços e azarações. Baseados nos comentários de Fogler, Jacob também cria um laço único com esse animal.
“Tem essa cena no filme onde essa criatura realmente grande que parece um elefante/rinocerente está no cio”, disse ele . “E nós estamos tentando colocá-lo de volta em seu lugar com essa fragrância de hormônios. E eu derrubo tudo em mim. Sabe, corta pra mim correndo dessa coisa enorme que está tentando ter uma chance comigo. Isso foi bem assustador”.

Fiuum: Uma ave colorida com um canto que faz os ouvintes ficarem loucos. É obrigatório que sejam vendidos com um feitiço silenciador.

Arpéu: Uma criatura grande, agressiva e com uma corcova que lembra vagamente um bisão com uma pele arroxeada que dizem ser mais fortes que escamas de dragão.

Hipocampo: O verdadeiro cavalo-marinho, o hipocampo tem a cabeça, tronco, e pés da frente de um cavalo e a cauda de um peixe gigante.

Kappa: Um demônio aquático japonês, os kappas lembram macacos escamados com mãos palmadas e são notórios por se esgueirarem até humanos e os estrangularem até a morte.

Manto-letal: Também conhecido como “mortalha viva”, o manto-letal é uma criatura perigosa que parece um manto negro deslizando pelo chão em busca de suas presas. Assim como os dementadores, são repelidos pelo feitiço do patrono.

Bezerro apaixonado: Uma criatura tímida de quatro patas com pele pálida que sai de sua toca somente durante a lua cheia.

Murtisco: Um animal aquático que parece um rato com uma anêmona do mar em suas costas que é, na verdade, uma grande protuberância. Essência de murtisco é geralmente usado como tratamento para cortes.

Pelúcio: Bastante semelhante a uma toupeira, essa criatura fofa de pelos pretos com um grande bico gosta de cavar e é atraída por qualquer coisa que brilhe. Isso se torna um problema para Newt, que tem que caçar um pelúcio numa rua de paralelepípedos no Diamond District em Tribeca.

Occami: Uma criatura alada e em forma de serpente com duas pernas que é agressiva a todos que se aproximam. Defende especialmente seus ovos prateados, que valem uma fortuna. Artes conceituais mostram a criatura sobrevoando Newt em algum lugar obscuro.

Farosutil: Uma cobra de três cabeças decorada com listras pretas e laranjas, farosutis crescem até 2 metros. Dizem que cada uma de suas cabeças exerce diferentes funções: a da esquerda se locomove, a do meio sonha e a direita ataca.

Lesmalenta: Essencialmente, a lesmalenta é uma grande lesma, embora esta aqui mude de cor e os espinhos de sua casca injetam veneno. Similarmente, ela deixa um rastro tóxico o suficiente para matar a vegetação.

Rapinomônio: Geralmente descrito como um cruzamento entre um réptil e uma borboleta, essa criatura alada azul e verde emerge de um pequeno casulo e pode sugar cérebros. Quando diluído, seu veneno pode ser usado para apagar lembranças ruins.

Pássaro-trovão: Uma ave gigante e parente próximo da fênix que cria tempestades com o bater de suas asas. Uma das quatro casas da Escola de Magia e Bruxaria de Ilvermorny foi nomeada em sua homenagem. Newt resgatou uma, que batizou de Frank, no Egito, prometendo retorná-la ao seu habitat natural do Arizona.