J. K. Rowling

TRADUZIDO: “Uagadou”, a escola africana, por J.K. Rowling

O Pottermore divulgou ontem (29) um texto inédito escrito por J.K. Rowling sobre a escola de magia e bruxaria africana “Uagadou”, a maior das onze escolas, cujos alunos são especialmente “bem versados em Astronomia, Alquimia e Auto-Transfiguração”.

“A varinha é uma invenção europeia, e embora bruxos e bruxas africanos a adotaram como uma ferramenta útil no século passado, muitos feitiços são lançados simplesmente apontando o dedo ou através de gestos com as mãos. Isso dá aos alunos Uagadou uma linha resistente de defesa quando acusados de quebrarem o Estatuto Internacional de Sigilo (‘Eu só estava acenando, nunca quis fazer o queixo dele cair’).”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Traduzido por: Gabriela Oliveira em 30/01/2016.
Revisado por: Morgana dos Santos em 30/01/2016.

A escola situada no continente onde grande parte da magia (ou toda ela) se originou é incrível. Para conferir mais detalhes sobre Uagadou, vá ao nosso Hotsite de traduções do Pottermore por meio deste link e leia o texto traduzido pela nossa equipe na íntegra.

Os textos “Escolas de Magia” e “Castelobruxo” e “Mahoutokoro” já foram traduzido pela nossa equipe, como vocês podem conferir clicando no nome de cada um deles.