J. K. Rowling

TRADUZIDO: “Castelobruxo”, a escola brasileira, por J.K. Rowling

O Pottermore divulgou ontem (29) um texto inédito escrito por J.K. Rowling sobre “Castelobruxo”, a escola brasileira de magia e bruxaria, que abriga estudantes de toda a América do Sul.

Desde a publicação de “Harry Potter e o Cálice de Fogo”, há quase 16 anos, onde Rony Weasley diz que “Gui teve uma correspondente em uma escola no Brasil…”, todos os fãs brasileiros se perguntam sobre como seria essa tal escola, qual é o seu nome, onde está localizada etc. Agora a espera acabou!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Os estudantes do Castelobruxo usam vestes verde-claro e são especialmente avançados em Herbologia e Magizoologia; a escola oferece programas de intercâmbio bem populares para estudantes europeus* que desejam estudar a flora e fauna mágica da América do Sul. Castelobruxo produziu um grande número de ex-estudantes famosos, incluindo um dos mais famosos preparadores de poções do mundo, Libatius Borage (autor de, entre outros trabalhos, Estudos Avançados no Preparo de Poções, Contravenenos Asiáticos e Tenha a Sua Própria Fiesta Engarrafada), e João Coelho, capitão do mundialmente renomado time de quadribol Rasa-árvores de Tarapoto.”

Traduzido por: Rodrigo Cavalheiro em 29/01/2016.
Revisado por: Pedro Martins em 30/01/2016.

Para conferir mais detalhes sobre Castelobruxo, vá ao nosso Hotsite de traduções do Pottermore por meio deste link e leia o texto traduzido pela nossa equipe na íntegra.

Atualização: as traduções de “Escolas de Magia“, “Mahoutokoro” e “Uagadou” já foram publicas no Potterish e podem ser lidas clicando no nome de cada um dos textos.