Animais Fantásticos e Onde Habitam

POTTERMORE: A coordenadora de dublês Eunice Huthart na linha perigosa de Redmayne

Em uma das publicações mais recentes do Correspondente do Pottermore foi abordado mais uma vez uma história sobre os bastidores do longa “Animais Fantásticos e Onde Habitam”.

Desta vez, a história trazia um olhar sobre a importância dos dublês, tão necessários em filmes cheios de ação e aventura, como “Animais Fantásticos”. Na publicação, o Correspondente falou sobre Eunice Huthart, que já trabalhou como coordenadora de dublês em filmes como “Malévola”, “Titanic” e a versão de “Alice no País das Maravilhas”, de Tim Burton.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Eddie é ótimo. Nós apenas dizemos ao Eddie o que fazer e ele faz”, diz ela, sentada de pernas cruzadas no chão ao meu lado. “Eu nunca tive que convencê-lo a fazer qualquer coisa. Eddie é como, “Vamos lá pessoal, o que vamos fazer agora? Maior, mais rápido, mais difícil!”

O texto, traduzido pela equipe do Potterish, aborda não apenas a carreira de Eunice, como também seu trabalho no longa dirigido por David Yates. O texto completo pode ser lido no modo completo da notícia.

“Animais Fantásticos e Onde Habitam” tem previsão de estréia para novembro de 2016 e contará com o roteiro original de J.K. Rowling e o retorno de David Yates na direção dos filmes do universo Harry Potter.

A coordenadora de dublês Eunice Huthart na linha perigosa de Redmayne
Pelo Correspondente do Pottermore
20 de janeiro de 2016

Traduzido por: Gabriela Oliveira
Revisado por: Caroline Dorigon

Eunice Huthart apenas suspendeu Eddie Redmayne no ar. O que você fez no trabalho hoje?

Eunice tem um dos trabalhos mais legais do mundo se ensinar pessoas famosas a lutar, colidir carros e escalar edifícios é o seu negocio.

Como uma coordenadora de dublês altamente respeitada, ela coreografa perigo em alguns dos maiores filmes de sucesso no mundo. Ela rompeu pela primeira vez no cinema quando os produtores de Bond, filme Olho Dourado, a notaram no programa de TV Gladiators (primeiro como uma competidora, então, como uma Gladiadora).

Desde então, ela recrutou a melhor equipe de dublês do mundo. Ela leva as mesmas 12 pessoas louco-corajosas com ela em cada trabalho -E todos eles devem ser qualificados em seis habilidades de elite que podem incluir ginástica, motociclismo, mergulho, natação, artes marciais, luta livre ou corrida.

Neste momento, ela está fazendo o trabalho de dublê em Animais Fantásticos e Onde Habitam o que explica por que ela pendia Eddie Redmayne no céu.

“Eddie é ótimo. Nós apenas dizemos ao Eddie o que fazer e ele faz”, diz ela, sentada de pernas cruzadas no chão ao meu lado. “Eu nunca tive que convencê-lo a fazer qualquer coisa. Eddie é como, ‘Vamos lá pessoal, o que vamos fazer agora? Maior, mais rápido, mais difícil!’ Era mais um caso de eu lhe dizer “Eddie, não podemos fazer isso!“. Precisamos ter certeza de que ele podia trabalhar amanhã, você sabe.

Eunice tem um talento especial com celebridades corajosas. Ela fez acrobacias com Angelina Jolie por 12 anos diretos, em tudo, desde Tomb Raider – assim como Salt, Sr. e Sra. Smith, O Turista e Malévola.

“Angelina foi o mesmo. Às vezes, nós tínhamos que chamar o pessoal do seguro e dizer: ‘Vocês têm que dizer para Angelina que não podemos deixá-la pular do prédio de 30 metros, porque se der errado, vai dar muito errado.’ Ela estava disposta a fazer tudo, então nós tínhamos que puxar as rédeas com Angie. ‘É muito divertido trabalhar com pessoas como Eddie e Angie’”, diz ela.

“OPA! Espere! Este é o momento que eu estava esperando”, diz ela ficando em pé. Ela só viu o diretor David Yates do outro lado da sala. Ela se inclina sobre ele, fazendo gestos no ar com as mãos e praticamente pulando, é como ela consegue o parecer dele sobre as acrobacias de hoje. Junto à calma eterna David, ela é como um espírito ou uma ninfa. Com esse tipo de energia, não é de admirar que ela consiga que atores como Eddie Redmayne e Angelina Jolie façam qualquer coisa.

“Ufa, desculpe”, diz ela, se abaixando novamente ao meu lado. “Todo o meu trabalho é entregar o que David pensa, então eu tenho que pegar meus momentos e apenas bombardeá-lo com 200 perguntas sempre que posso. Isso me ajuda a definir a ação para este filme especialmente, porque é tão baseado em personagens.

“Nós não estamos apenas fazendo ação pela ação aqui, estamos fazendo pelo personagem. Algumas das acrobacias neste filme são grandes. Eu só estou aqui todo o tempo pensando, eu começando a trabalhar com David Yates, o quão sortudo eu sou? É louco.”

E isso é onde fica estranho para você e para mim. Eunice me falou sobre algumas espetaculares, engraçadas, impressionantes, manobras perigosas ousadas para este filme. Eles estão fazendo para ser incrível. Mas eu não posso, em sã consciência, contar sobre eles. Ainda não.