Artigos do Pottermore

POTTERMORE: Os 5 Comensais da Morte que você nunca vai esquecer

Estamos traduzindo todos os artigos que a equipe de editores do Pottermore escreve e publica no site oficial, em inglês. As traduções, que saem todas as tardes no Potterish, permitem que os leitores não fluentes na língua inglesa também possam ter acesso a esse conteúdo incrível do novo Pottermore.

“– Você devia se orgulhar! – exclamou Belatriz sem se apiedar. – Se eu tivesse filhos, eu os daria para servir o Lorde das Trevas!”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– “Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Alguns Comensais da Morte nós amamos odiar, não é mesmo? Belatriz Lestrange, por exemplo, é uma das que nunca esqueceremos. Para conferir mais sobre ela e quatro outros terríveis vilões, vá ao modo notícia completa.

Os 5 Comensais da Morte que você nunca vai esquecer


Traduzido por: Mari Trevisan em 23/09/2015.
Revisado por: Pedro Martins em 27/09/2015.

O herói arquetípico pode ter mil faces, mas, quando pensamos em Comensais da Morte, existem cinco que realmente se destacam. Aqui estão eles, do mais brando àquele mais se sacrificava…

O de duas caras

O Professor Quirino Quirrell, que ensinava Defesa Contra as Artes das Trevas no primeiro ano de Harry em Hogwarts. A prova andante e falante de que as aparências enganam.

“– Às vezes, eu tenho dificuldade em seguir as instruções do meu mestre. Ele é um grande mago e eu sou fraco.”

– “Harry Potter e a Pedra Filosofal

Bem que você disse, Quirrell.

O que se esquiva

Você acertou, Lúcio Malfoy. É preciso ser corajoso para mentir para o Lorde Voldemort. Corajoso ou tolo? Ficaremos com o segundo.

“– Milorde, sempre estive constantemente alerta – ouviu-se na mesma hora a voz de Lúcio Malfoy saindo por baixo do capuz. – Se tivesse havido algum sinal do senhor, algum rumor sobre seu paradeiro, eu teria ido imediatamente para o seu lado, nada teria me detido…

– Contudo, você correu da minha marca, quando um leal Comensal da Morte a projetou no céu no verão passado – comentou displicentemente Voldemort, e o Sr. Malfoy parou abruptamente de falar. – É, sei de tudo que aconteceu, Lúcio… você me desapontou… espero serviços mais leais no futuro.

– Naturalmente, milorde, naturalmente… o senhor é misericordioso, obrigado…”

– “Harry Potter e o Cálice de Fogo

Misericordioso. Sério?

A mais leal

Belatriz Lestrange é irremediavelmente devota a Você-Sabe-Quem.

“– Milorde – disse uma mulher morena na outra metade da mesa, sua voz embargada pela emoção –, é uma honra tê-lo aqui, na casa de nossa família. Não pode haver prazer maior.”

– “Harry Potter e as Relíquias da Morte

A lealdade de Belatriz Lestrange não tem fronteiras. Não mesmo:

“– Você devia se orgulhar! – exclamou Belatriz sem se apiedar. – Se eu tivesse filhos, eu os daria para servir o Lorde das Trevas!”

– “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”

Agora já sabemos quem não vai ser indicada à Mãe do Ano.

O rabicho

Muitas pessoas dizem que dariam o braço direito por algo ou alguém que amam. Mas Pedro Pettigrew de fato deu a sua mão direita para o Lorde das Trevas – apesar de ter conseguido uma novinha em folha depois.

“– Milorde – sussurrou ele. – Meu amo… é linda… muito obrigado… muito obrigado…

Ele avançou de joelhos e beijou a barra das vestes de Voldemort.

– Que a sua lealdade jamais volte a vacilar, Rabicho – disse Voldemort.

– Não, milorde… nunca, milorde…”

– “Harry Potter e o Cálice de Fogo”

Na verdade ela voltou para trapaceá-lo, ou melhor, estrangulá-lo.

O corajoso

“– Você acha que ele está enganado? Ou que consegui cegá-lo de alguma maneira? Que iludi o Lorde das Trevas, o maior bruxo do mundo, o Legilimens mais talentoso que o mundo já viu?”

– “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”

Mas as ações falam mais alto que as palavras, não é verdade, Severo? E por isso nós o saudamos.