J. K. Rowling ︎◆ Livros

Divulgadas imagens e informações do novo Pottermore

O Pottermore, plataforma online criada por J.K. Rowling como uma extensão do seu Mundo Mágico, será relançado e trará aos fãs um site “novo e reimaginado”, com uma nova logo escrita nas letras da própria autora, dando-nos “a oportunidade de descobrir ainda mais sobre o Mundo Mágico”. Mas disso todos os fãs já estavam cientes, como informamos anteriormente, não é mesmo? Agora, porém, graças ao Bookseller, os leitores podem ter mais detalhes sobre o que esta segunda fase nos trará:

A atualização, que deve estar disponível nas próximas semanas, tem sido liderada por Susan Jurevics, CEO do Pottermore de longa duração. De acordo com Susan, as mudanças foram feitas visando o público que mais visita o site – jovens adultos e mulheres que cresceram com os livros e hoje desejam explorar mais facetas da franquia que nunca para de crescer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Talvez a primeira grande mudança será que o website, antes acessível de forma amigável somente via computadores, em breve estará disponível em versões mobile e abandonará suas ferramentas de jogabilidade: os usuários não mais serão membros de uma Hogwarts virtual onde, logo quando se cadastram, têm de passar pelo Chapéu Seletor, juntar pontos para a sua Casa etc – algo feito para crianças, público que eles à época acreditaram ser o maior do site:

Screen Shot 2015-09-11 at 09.53.35

“Do ponto de vista tecnológico, quando o Pottermore foi projetado e finalizado o iPad ainda não havia sido lançado e a população não dormia com seus celulares ligados. O Pottermore atual é uma experiência para laptop ou desktop e esse tipo de uso está desaparecendo. Então o site atual fez um conteúdo interativo, tornando-o bastante simplista em termos de colecionar coisas e lançar feitiços. Isso era apropriado para crianças, mas na verdade elas não eram a audiência-alvo”, conta a CEO.

Jurevics disse ao Bookseller que o Pottermore também precisava dar a J.K. Rowling uma plataforma mais acessível para ela compartilhar os seus novos conteúdos sobre o Mundo Mágico com os leitores:

“Mas nessa mesma narrativa linear – focada nos livros – que tínhamos, não havia lugar para isso. Agora ela pode escrever um conteúdo que é sobre um mundo mágico mais abrangente, mas que não depende dos livros um a sete.”

Screen Shot 2015-09-11 at 09.52.55

A empresa emprega, atualmente, 35 pessoas. Em janeiro, o Pottermore indicou a ex-diretora administrativa da Penguin Digital, Anna Rafferty, como Diretora de Produto, Criação e Conteúdo; anteriormente ela havia trabalhado para a empresa como consultora. Rafferty disse:

“Nós estamos abrindo todo aquele conteúdo – esse mundo está se expandindo e queremos que as pessoas tenham acesso a tudo isso, sejam eles superfãs ou não. Não é mais uma experiência linear. Não é um livro. Você não lê um site partindo da página inicial para o capítulo um e depois o capítulo dois, e precisávamos refletir isso. Haverá centenas de milhares de páginas de destino. É um mundo imersivo, mas aonde é possível você vasculhar.”

Rafferty ainda disse que o novo site vai contar com três vezes mais conteúdos inéditos do que a versão passada e, pela primeira vez, o conteúdo do site será disponibilizado aos motores de busca e indexadores, com conteúdo adicional derivado de inúmeras fontes, como a Warner Bros e outros franqueados.

Além disso, o site também vai virar uma fonte de notícias para os fãs (provavelmente somente na língua inglesa). Do press release:

“O Pottermore continuará a ter em seu núcleo novos textos de J.K. Rowling, e terá muito mais conteúdos inéditos. Isso inclui comentários e itens de notícias frescas do Correspondente Pottermore, um jornalista profissional contratado pelo Pottermore especialmente para este trabalho. O Pottermore
apresentará notícias relacionadas ao Mundo Mágico, incluindo o filme da Warner Bros., ‘Animais Fantásticos e Onde Habitam’, baseado no roteiro original de J.K. Rowling, e a peça teatral ‘Harry Potter e a Criança Amaldiçoada’, baseada em uma nova história de J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, e escrita por Jack Thorne, que está programada para estrear em Londres em 2016.”

Screen Shot 2015-09-11 at 09.53.22

O Pottermore também terá sua própria equipe editorial, liderada por Rafferty, a fim de consagrar o website como o que ela descreveu “o coração digital do Mundo Mágico”, com conteúdo compartilhável e com listicles (artigos feitos com listas, estilo BuzzFeed). A Loja Pottermore continuará existindo, mas em breve também passará por mudanças.

Traduções por: Aline Michel, Kätrin Baumgarten, Luiza Miranda e Pedro Martins.

Sem mais delongas, eis o novo Pottermore! O que vocês acharam dessas novidades, leitores? Estão ansiosos pelo relançamento?!