Livros

Pesquisadores utilizam Harry Potter para estudar atividades cerebrais

Pesquisadores da Universidade da Pennsylvania utilizam o livro Harry Potter e a Pedra Filosofal para estudar atividades cerebrais durante o tempo de leitura. O objetivo do estudo é averiguar o que acontece com o cérebro no momento em que a pessoa lê determinados capítulos ou trechos da obra.

Assim, por meio da leitura do capitulo 9 (intitulado em português como “Duelo à meia-noite”, onde Harry voa pela primeira vez em uma vassoura), os pesquisadores procuraram observar mudanças em determinadas ´partes do cérebro com o objetivo de visualizar qual parte do cérebro é ativada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Acontece que o movimento dos personagens – enquanto voam em suas vassouras- está associada com a mesma região do cérebro que é ativada quando percebemos o movimento realizado por outras pessoas.” Disse Leila Wehbe, pós-graduanda responsável pelo desenvolvimento da pesquisa.

Os cientistas acreditam que por meio desse estudo será possível melhor entender o que acontece no cérebro de pessoas que possuem problemas com a leitura e pessoas com dislexia.

E aí?! O que vocês acham desse novo estudo?! Parece que Harry Potter não trata apenas de magia, mas de ciência também.