Não categorizado

J.K. Rowling dá bronca em fã homofóbico pelo Twitter

A velha polêmica da homossexualidade de Alvo Dumbledore voltou à tona na semana passada, e desta vez pelas mãos da própria J.K. Rowling: a autora deu uma bronca exemplar num “ex-fã” homofóbico em seu perfil no Twitter.

Ao marcar a autora, o homem, cujo perfil na rede social já não está mais no ar, escreveu: “Desde que você revelou que Dumbledore era homossexual, eu deixei de ser fã. Legal o jeito que você nos surpreendeu com isso. Aproveite o seu bilhão”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

J.K. Rowling, que é uma usuária pouco ativa de redes sociais e prefere manter-se recolhida, “surpreendeu” novamente o fã homofóbico ao dedicar-lhe três tweets, muito repercutidos:

“Eu aconselho você a começar a seguir Brian Souter de uma vez. Ele é muito mais o seu tipo de pessoa”.

Após receber dezenas de manifestações positivas dos fãs por sua reação, Rowling prosseguiu:

“Quero agradecer a todos que estão tweetando mensagens adoráveis para mim. Não se preocupem comigo – para parafrasear Dumbledore”

“Se você está esperando por popularidade universal, vai ficar no Twitter por MUITO tempo”.

J.K. Rowling anunciou que Dumbledore era gay durante uma leitura feita em 2007, em Nova York, conforme o Potterish noticiou à época, e o assunto foi abordado também nesta coluna escrita por mim no último mês de março. Muitos fãs, contudo, renegam a sexualidade do diretor, deixando-se influenciar pelo preconceito.

A atriz Evanna Lynch, que interpretou Luna Lovegood nos filmes, se manifestou favorável à bronca de tia Jo em seu perfil no Facebook.

Brian Souter, mencionado pela autora no primeiro tweet, é um escocês conhecido por dar apoio à legislação anti-gay.

Mais uma vez J.K. Rowling mostra que tem a cabeça no século XXI – e que o preconceito não está com nada.