The Making of Harry Potter

Mostra ‘Feathers and Flight’ chega ao Warner Bros Studio Tour em abril

Os turistas que visitarem a Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter, no próximo mês de abril, contarão com uma novidade de fazer, literalmente, flutuar. O primeiro “Feathers and Flight”, que em tradução literal significa algo como “penas e voo”, ocorrerá entre os dias 4 e 27 de abril, e os turistas serão convidados a conhecer a maneira pela qual os produtores criaram os mais diversos efeitos, como os voos de criaturas como as corujas, os corvos e os hipogrifos, além de cenas épicas como a fuga dos gêmeos Weasley de Hogwarts.

Quem tiver a oportunidade de visitar Londres entre esses dias terá, ainda, a chance de conhecer equipamentos de filmagem que ajudaram a moldar alguns dos efeitos especiais dos filmes, e a maioria dos animais que povoaram as telas do mundo bruxo. Abaixo, você confere a tradução do release e algumas curiosidades emitidas pela Warner:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

EXPLORE ‘FEATHERS AND FLIGHT’ COM O WARNER BROS. STUDIOS EM LONDRES
Mostra especial durará apenas três semanas
Tradução: Luiz Guilherme Boneto

Os visitantes que forem ao Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter durante o mês de abril estão convidados a descobrir como os produtores trouxeram à vida criaturas aladas nas telas, e também como criaram a ilusão do voo nos sets da série de filmes de maior sucesso de todos os tempos. De sexta, dia 4 de abril a domingo, 27 de abril, uma seleção de corujas, corvos, equipamentos de efeitos especiais e animatronics alados serão parte do primeiríssimo “Feathers and Flight”.

Os visitantes terão a chance de posar para uma fotografia ao lado da coruja que interpretou a companheira de Harry Potter, Edwiges, como se se sentasse ao lado de fora da casa na Rua dos Alfeneiros, nº 4. As corujas que interpretaram a minúscula mascote de Rony Weasley, Pichitinho, e a velha coruja da família Weasley, Errol, estarão posicionadas ao longo do Beco Diagonal, e os corvos que apareceram ao longo de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban demonstrarão suas habilidades de atuação no tour. Além de assistir demonstrações de treinamento ao vivo, os visitantes como os pássaros aprenderam a “atuar” dando uma boa olhada nos equipamentos que foram usados no set.

O supervisor Val Jones liderará uma equipe que demonstrará as técnicas que tornaram possíveis maravilhas aladas, como o hipogrifo Bicuço, e a fênix Fawkes, serem uma realidade nas telas. Inserindo individualmente milhares de penas, Jones trabalhou para criar o casaco de penas do hipogrifo, e ajudou a transformá-lo numa criatura real, que se movia de verdade.

Os visitantes poderão ver ainda as vassouras utilizadas por Fred e Jorge Weasley durante a fuga do icônico Salão Principal de Hogwarts, em Harry Potter e a Ordem da Fênix, e o set será decorado para as entregas do correio-coruja. Cartas e vassouras feitas e desenhadas especialmente para serem carregadas por corujas estarão expostas, bem como torradas, cereais e jarras de suco para o café da manhã.

Alguns fatos interessantes:

– O Bicuço que aparecia na horta de abóboras de Hagrid era um animatronic; suas asas, pescoço, olhos e bico, todos se moviam. Em outras cenas, o hipogrifo foi criado digitalmente pela equipe de efeitos especiais, e o elenco recebeu adereços – como um bico pendurado numa vara – para interagir no set.

– O animatronic de Fawkes era tão realista que mesmo alguns membros do elenco acreditavam que era um pássaro real na primeira vez que o viram! Somente quando a equipe de efeitos moveu Fawkes usando seus botões de controle, eles perceberam que não era de verdade.

– Ao contrário da crença popular, as corujas não são tão inteligentes quanto se imagina que sejam. Elas precisam de mais de três meses para aprender algo que um corvo pode aprender em apenas uma semana.

Os tickets precisam ser comprados com antecedência, e todas as atividades extras são incluídas no preço do bilhete.