Artigos

Harry Potter e o Dilema das Capas

Muitas das coleções de livros de Harry Potter já estão surradas, sujas e amassadas; a minha é uma delas. Eis que, quando uma das várias editoras dos livros espalhadas pelo mundo lança uma nova edição, com capas totalmente diferentes, imediatamente esta se torna uma tentação, não é mesmo?

Ocorre que, recentemente, foram lançadas várias edições diferentes da série, uma seguida da outra – e outras novas estão sendo preparadas. Nossa colunista Monique Calmon nos fala um pouco desse assunto na coluna de hoje. E você? O que acha da opinião da nossa colunista?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Monique Calmon

Que atire a primeira pedra quem julgou um livro pela capa. Claro que ler a sinopse é o mais recomendado na escolha de leitura, mas fato é que o elemento visual pode ser muito atrativo e instigante para o leitor. Afinal, a capa não só é responsável pela proteção, mas também para transmissão de alguma informação sobre o conteúdo do livro.

Atualmente, as editoras investem bastante nisso, e livros de ficção, especialmente, apresentam capas belíssimas, que qualquer leitor gostaria de exibir em sua estante. Com Harry Potter nunca foi diferente. Tanto a Bloomsbury, editora britânica, quanto a Scholastic, americana, são as principais responsáveis por produzir diversas capas inéditas para a série. Além dos livros com as clássicas capas infantis e adultas, inúmeras edições comemorativas, limitadas e de colecionador são produzidas. Sem contar os boxes. E são edições geralmente lançadas em um curto intervalo de tempo.

Particularmente, eu considero isso um atentado contra a sanidade de qualquer fã. Imagine só que você decida comprar alguma edição nova dos livros, ou porque você gosta de colecionar artigos de Harry Potter, ou porque de tanto reler seus livros eles já estão se desfazendo, ou simplesmente porque as capas são lindas e você não resistiu. Você junta dinheiro, pede aquele empréstimo pros seus pais, arruma um trabalho de férias, vende sua alma… Até que enfim você consegue juntar os mil dinheiros para os seus livros! Você posiciona sua nova coleção estrategicamente na prateleira com maior destaque, tira foto para postar nas redes sociais e aí um amigo potterhead seu vem te avisar que já está na pré-venda uma nova edição comemorativa. Você surta.

Por exemplo, recentemente, a Scholastic anunciou as novas edições comemorativas de 15 anos de publicação da série nos Estados Unidos. Lindíssimas. Mas desde julho, a Bloomsbury vem lançando novas versões das edições adultas, com os dois últimos livros com previsão de lançamento para o final de setembro. Infelizmente, a questão das capas já se tornou uma corrida feroz por mercado que deixa os fãs descontentes por não poderem aproveitar os momentos de glória de possuir a última edição.

De qualquer forma, é sempre muito legal poder admirar a arte nova das capas, já que não temos livros inéditos da série. E o que importa mesmo não é a capa, mas sim o “recheio”, a história pela qual nos apaixonamos e já sabemos praticamente de cor.

Monique Calmon mandou fazer uma estante para armazenar todas as edições de Harry Potter que pretende comprar.