The Making of Harry Potter

WB Studio Tour anuncia, para o verão, a primeira apresentação de Feitiços

Neste verão, os visitantes do Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter, no complexo britânico dos Estúdios Leavesden, poderão desvendar as artes da conjuração de feitiços, da fabricação de poções e dos duelos bruxos na primeira apresentação de verão de Feitiços do lugar.

Os visitantes terão a oportunidade de aprender a conjurar feitiços com varinhas, como Wingardium Leviosa, e também de conhecer os bastidores da criação das coreografias que acompanham os feitiços.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Treinados pelo especialista em coreografia que deu movimento aos feitiços nos filmes, Paul Harris, o qual também foi o responsável pela coreografia da cena em que Dumbledore e Voldemort duelam, em “Ordem da Fênix”, os funcionários do parque estarão a dispor dos visitantes para ensiná-los feitiços.

As aulas serão dadas no Beco Diagonal, mais especificamente na Loja de Caldeirões, onde serão demonstradas técnicas de efeitos-especiais, criadas por John Richardson, que farão com que, quando um feitiço específico for conjurado, caldeirões sejam arremessados pelo local.

Além disso, serão exibidas as cenas sem efeitos-especiais em que um Patrono é conjurado para que os visitantes possam ver como um lébrel irlandês, vestido em trajes especiais, foi levado às gravações para ajudar os atores, como Daniel Radcliffe e Emma Watson, a criar improvisadamente a conjuração do feitiço, visto que não houve treinamento coreográfico para cenas como essas.

Outras curiosidades sobre as gravações serão reveladas durante a exposição, como o fato de que nos dois primeiros filmes as varinhas eram planas e extremamente similares.

Somente em “Prisioneiro de Azkaban” elas sofreram uma drástica mudança que adicionou características da personalidade dos donos, como a do Professor Slughorn (“slug” traduzido literalmente é “lesma”), que recebeu trilhas de lesmas e uma alça em forma destas criaturas.

O processo da remodelação das varinhas também contou com sugestões dos atores; por exemplo, Ralph Fiennes, que interpretou Voldemort, sugeriu que a varinha de seu personagem tivesse uma aparência maligna, parecendo um dedo apontando para frente; o pedido foi cumprido e complementado com uma madeira branca que parecia um osso.

Sem contar com as mais de sessenta varinhas que Daniel quebrou nas gravações, atuando como Harry Potter; apesar disso, há rumores que dizem que nem uma única varinha foi perdida na produção da série cinematográfica.

Centenas de frascos de ingredientes e de poções também foram produzidas para enfeitar a sala de Poções, que foram compostas por animais de plástico enviados de presente por uma loja de zoológico, osso cozido de animais dado por um açougue local e folhas secas e ervas.

A apresentação – que será feita no começo do verão do Hemisfério Norte, onde os Estúdios Leavesdon se localizam, o qual vai do dia 21 de junho a 23 de setembro – terá seu início no dia 26 de julho e seu fim no dia 2 de setembro.