A Pedra Filosofal ︎◆ J. K. Rowling ︎◆ Livros

Primeira edição de “Pedra Filosofal” com anotações manuscritas de J.K. Rowling é leiloada

Na terça-feira, dia 14, uma primeira edição de “Harry Potter e a Pedra Filosofal” com anotações e desenhos manuscritos de J.K. Rowling foi leiloada por 150 mil libras esterlinas (aproximadamente 460 mil reais) na Sotheby’s, uma corporação inglesa que organiza leilões relacionados à arte.

O leilão foi realizado em Londres, onde outras 51 primeiras edições de livros best-sellers foram leiloadas; porém, o maior preço alcançado foi o do primeiro livro da série “Harry Potter”, vendido a um comprador anônimo por telefone, e batendo o recorde maior preço em que um livro impresso foi vendido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O dinheiro foi doado por Jo a duas organizações: a English PEN, que trabalha para promover a literatura e sua liberdade e que recebeu dois terços da quantia, e a sua própria fundação, a Lumos, que luta para que as famílias tenham condições suficientes para não colocar seus filhos em instituições governamentais.

Para ver fotos da edição, incluindo algumas anotações e alguns desenhos, visite a galeria do Ish através deste link.

Esta edição rara contém 43 páginas com anotações pessoais de Jo, as quais estão acompanhadas de 22 ilustrações originais da própria autora, incluindo o desenho de Harry quando bebê e uma carta de sapo de chocolate de Dumbledore.

As anotações mostram os pensamentos por trás do que foi escrito no livro e incluem reflexões pessoais a respeito, por exemplo, da escolha do animal representante da Lufa-Lufa, o texugo, e o contexto em que o Quadribol foi inventado:

Anotação na primeira página do livro, abaixo do brasão de Hogwarts: “Talvez a casa Lufa-Lufa tivesse o respeito que merece dos fãs se eu tivesse ficado com minha ideia original de um urso para representá-la?

Anotação na primeira página do capítulo onze, “Quadribol”: “[abaixo de ‘Quadbribol’] ‘- foi inventado em um pequeno hotel em Manchester, após uma briga com meu então namorado.’

No comunicado oficial divulgado pela organização que leiloou o item, Rowling comentou a importância que este primeiro volume da série bruxa teve em sua vida, por tê-la mudado para sempre, e o valor pessoal que este exemplar tem:

Para mim, a história de como eu escrevi ‘Harry Potter e a Pedra Filosofal’ está escrita de forma invisível em cada página, legível apenas para mim…”.