J. K. Rowling

Jo Rowling diz que próximo livro será para público infantil

J.K. Rowling comentou sobre o tema de sua próxima série de livros esta semana no The Times Cheltenham Literature Festival (leia aqui o relato do Potterish, que esteve no evento), bem como esclareceu alguns equívocos sobre os temas no seu novo livro, The Casual Vacancy.

Rowling admitiu, de acordo com o The Telegraph, que seu próximo livro será para crianças mais novas do que o público de Harry Potter, e que ela tem um segundo livro infantil e adulto perto da finalização, como ela afirmou em recentes entrevistas para promover The Casual Vacancy.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nota-se, por seus comentários abaixo, que os dois filhos mais novos dela têm 9 anos (David) e 7 anos (Mackenzie). “Como a escritora de Harry Potter, eu estou sempre nervosa em me comprometer com outro livro infantil, mas sim, a próxima coisa que vou escrever será para crianças”, ela disse.

“Eu tenho um monte de coisas no meu laptop atualmente, incluindo um par de coisas para crianças – para uma faixa etária um pouco mais jovem do que tinha em vista para Harry Potter – que estão quase prontas e irão, eu acho, ser a próxima coisa que publicarei. E eu tenho escrito para os meus filhos e eles parecem gostar, o que é sempre um bom sinal.

“Eu também tenho algumas ideias para outro livro para adultos mas isso não está muito longe (em desenvolvimento).”
Em uma entrevista no Cheltenham Literature Festival, no sábado, Rowling reclamou dos críticos, que alegaram que ela tinha deturpado sua visão social no livro.

Ela disse: “Eu não sou particularmente uma pessoa casca grossa. É verdade que muito do que estou procurando no livro são certamente questões da classe-média, mas então eu acho que é justo e eu sou bem qualificada para tratar o assunto já que sou da classe-média, que eu posso simpatizar.”

“Mas eu acho que alguns críticos tem deturpado meus pontos de vista extremamente ou mais do que o preto e branco que realmente são. Eu não acho que sou evangélica em meu trabalho.”

Ela disse: “Nós estigmatizamos muito os adolescentes e os vemos como assustadores e alienígenas. É um momento frágil da vida. É muito mais difícil ser adolescente hoje do que quando eu era uma adolescente. A internet tem sido um benefício e uma maldição para os adolescentes.”

Rowling também disse que queria seu novo livro em capa dura e papel, mas também no formato e-book, e que como um livro adulto, The Casual Vacancy ficou naturalmente mais sombrio que Harry Potter. Ela também falou da importância de se manter tradicional e disse: “Eu sempre planejei esse livro em capa dura. Eu acho que o melhor estilo de publicação ainda é com as tradicionais editoras.”

Ela insistiu que o livro não é auto-biográfico, mas sim um reflexo de “crescer na parte Oeste do país e crescer em uma escola abrangente.”

Quando disse que o livro foi aparentemente “mais sombrio que Harry Potter”, ela respondeu dizendo que sempre teve a ideia de fazer um romance adulto.