J. K. Rowling ︎◆ Livros ︎◆ Morte Súbita

Em entrevista ao CBS This Morning, J.K. Rowling fala a respeito de seus livros, fãs e sua vida

A escritora J.K. Rowling começou uma turnê pelos Estados Unidos para a divulgação de seu novo livro, “The Casual Vacancy”, e, como parte da promoção do romance, concedeu uma entrevista ao programa CBS This Morning, transmitido na segunda-feira, dia 15, onde conversou com Gayle King e Charlie Rose.

No encontro, Jo falou sobre temas como, seus livros, a pressão que sofreu ao escrever sua nova obra, leitores e fãs que cresceram e tiveram suas vidas mudadas pela série “Harry Potter”, sua apresentação na abertura das Olimpíadas de Londres, entre outros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira logo abaixo o vídeo da entrevista:

A entrevista inicia com Charlie Rose e J.K. Rowling dialogando sobre as adaptações cinematográficas dos livros de “Harry Potter”, onde a autora conta estar feliz com os filmes e os adora. Para ela, essa foi uma ótima experiência e o resultado foi igual ao que estava em sua cabeça.

Novamente, foi questionada se voltaria a escrever mais livros da série bruxa e disse que não falará que nunca voltará a escrever, mas, no momento, não há planos para a saga de livros que durou dez anos.

A autora disse que sofreu e não pressão durante a criação de “The Casual Vacancy”, pois ao mesmo tempo em que não paravam de lhe perguntar sobre qual seria sua próxima estória, ela tinha um mundo particular em sua cabeça que ninguém sabia que existia, e isso foi maravilhoso para ela, algo que ela desfrutou também como escritora.

Sobre sua nova obra, Jo disse que todos os personagens tem um vazio em suas vidas, uma coisa que é um pouco sombria e engraçada. Afirmou também que os leitores de “Harry Potter” sabem que ela consegue escrever assuntos sombrias.

Quando Gayle King fala sobre o grupo de fãs que acampou a noite inteira para ver Jo, que explicaram à repórter que fizeram aquilo porque Jo mudou suas vidas e os ensinou o valor da amizade, lealdade e amor, a escritora disse que fica bastante emocionada com coisas do tipo e é incrível ter leitores que a entendam. E, que como eles cresceram com seus livros, é normal que nossos conhecimentos da adolescência marque nossas vidas para sempre.

A respeito de sua apresentação na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Londres, a romancista disse que estava nervosa, mas que aquele foi um dos momentos mais incríveis de toda sua vida.

A cerca do que quer para agora, depois dessa experiência, do dinheiro e da fama, ela afirmou querer o que todos querem: que seus filhos cresçam saudavelmente e que continue trabalhando, pois escrever a traz felicidade e também é quase tudo para ela, juntamente com sua família.

Por fim, Jo falou que nada é melhor para ouvir do que alguém dizer que seus livros mudaram sua vida e que Hogwarts é um lugar seguro para onde eles queriam ir e ser felizes.

E lembre-se de ficar atento ao Potterish, pois em breve o vídeo da entrevista será disponibilizado legendado!