Eventos ︎◆ Eventos no Brasil ︎◆ J. K. Rowling ︎◆ Livros

Harry Potter ajudou na criação de festival literário no Brasil

Que a série Harry Potter estimulou muitas crianças a desenvolverem o hábito da leitura, todos sabemos. Mas, além disso, a história do bruxo está intimamente ligada com a criação do primeiro festival literário do Brasil: a Flip, ou Festa Literária Internacional de Paraty.

Criada em 2003 com a ajuda de Liz Calder, a Flip vai para sua 10ª edição em julho. Calder foi uma das fundadoras da Bloomsbury, editora que publica Harry Potter no Reino Unido, e afirma que os lucros obtidos com a série permitiram um patrocínio para a realização do festival:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando a Flip começou você estava na Bloomsbury, que lucrava com os livros do Harry Potter. Isso contribuiu para a Flip?
Liz Calder: Sim. Quando começamos a publicar os livros do Harry Potter, a sorte da Bloosmbury mudou. Deixou de ser “ok” para ser um sucesso estrondoso. E a Bloomsbury ajudou muito a Flip no início. O presidente da editora veio nas duas primeiras edições e foi um dos nossos primeiros patrocinadores. Obviamente isso também me beneficiou porque eu era uma das diretoras, então isso me permitiu ir e vir ao Brasil muito mais do que eu poderia antes. Então acho que podemos agradecer ao Harry Potter. Eu queria muito convencer a J.K. Rowling (autora dos livros do Harry Potter) a vir para o festival, mas para ela é difícil ir para esse tipo de evento, porque seria engolida.

Neste ano a Flip apresentará nomes como Ian McEwan, Jonathan Franzen e Enrique Vila-Matas e ocorrerá de 4 a 8 de julho em Paraty. Você encontra mais detalhes sobre a disponibilidade de ingressos e preços a partir deste link.