J. K. Rowling

Emma e Rowling no extra “As Mulheres de Harry Potter”

Em um trecho do documentário “As Mulheres de Harry Potter” que será lançado como parte extra do DVD/Bluray do oitavo filme da série, vemos J.K. Rowling e Emma Watson conversando sobre Hermione Granger, a mulher de maior destaque na série.

No vídeo J.K. fala sobre o amadurecimento da persongem através da história, o alívio que sentiu ao saber que Emma Watson havia sido escolhida para dar vida à jovem bruxa e ainda revela que Hermione “realmente veio de um lugar muito profundo dentro de mim”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já Emma revela que se sentiu emocionada ao receber um elogio de Rowling através de uma carta, após o lançamento do terceiro filme, em que ela escreveu: “À minha perfeita Hermione”. A atriz afirma que “ouvir isso da criadora, obviamente, foi o maior elogio que eu poderia receber e foi quando eu realmente soube que eu havia feito um bom trabalho”.

Lembramos que o vídeo estará disponível na íntegra a partir do dia 18 de novembro e que o DVD e Bluray da segunda parte de Relíquias da Morte já está em pré-venda.

Confiram em notícia completa o vídeo e transcrição da entrevista.

13 de outubro de 2011
Transcrição original: SnitchSeeker
Tradução: Thaiza de Paula

Rowling: Eu não diria que baseei nenhuma dessas mulheres em mulheres específicas que conheço. Mas Hermione é uma versão exagerada de mim mesma, ela veio de um lugar muito profundo dentro de mim. Eu era muito insegura, e ainda sou insegura de várias maneiras. Mas eu fui uma pessoa muito insegura por mais tempo do que eu gostaria de admitir. Eu acho que escrever sobre o tempo na vida de Hermione – crescimento da infância para a idade adulta, literalmente, pois quando termina o livro ela tem 18 anos – me fez relembrar o quanto é difícil. Espera-se tanto de você quando se torna uma mulher, e muitas vezes você precisa sacrificar partes de você para se tornar uma garota, eu diria. Mas Hermione não faz isso. Ela não segue as regras do jogo, se assim ela decidir.

Emma Watson: O tipo de provocação que Ron faz com Hermione por ser inteligente e sempre estar na biblioteca, fizeram comigo a vida toda – rapazes me provocavam por eu me sair bem e ser inteligente, então sei bem como é.

Rowling: Desde a primeira vez que falei com Emma pensei logo “Ah, graças a Deus!” Eu pensei porque, quem saberia que eles contrariam para Hermione? Eu me preocupei mais com Hermione do que com qualquer outro. Eu pensei “eles vão pegar uma menina e pôr óculos nela porque é isso que vai mostrar a inteligência dela. Quer dizer, quantas vezes já vimos acontecer? Aí eu falei com Emma no telefone e ela era bastante jovem, acho que tinha dez anos e eu pensei: “você vai saber representar uma menina muito articulada e cheia de convicção porque você mesma é assim”.

Emma Watson: Eu senti como se tivesse o máximo de pressão, de certa forma, porque se eu estragasse Hermione, eu estragaria uma parte de Jo. Isso seria terrível. Eu me lembro que ela me mandou uma carta, após o terceiro filme, ela me escreveu uma carta e ela disse: “À minha perfeita Hermione.” Ouvir isso da criadora dela, obviamente, foi o maior elogio que eu poderia receber e foi quando eu realmente sabia que eu tinha feito um bom trabalho.