As Relíquias da Morte ︎◆ Filmes e peças ︎◆ Livros ︎◆ O Enigma do Príncipe ︎◆ Parte 2

Lembrol: Faltam 13 dias para Relíquias da Morte parte 2!

— Temos um problema, Snape – disse o corpulento Amico, cujos olhos e varinha estavam igualmente fixos em Dumbledore –, o menino não parece capaz…

Mas outra voz chamara Snape pelo nome baixinho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

— Severo…

O som assustou Harry mais que qualquer outra coisa naquela noite. Pela primeira vez, Dumbledore estava suplicando.

Snape não respondeu, adiantou-se e tirou Malfoy do caminho com um empurrão. Os três Comensais da morte recuaram calados. Até o lobisomem pareceu se encolher.

Snape fitou Dumbledore por um momento, e havia repugnância e ódio gravados nas linhas duras do seu rosto.

— Severo… por favor…

Snape ergueu a varinha e apontou diretamente para Dumbledore.

Avada Kedavra!

Um jorro de luz verde disparou da ponta de sua varinha e atingiu Dumbledore no meio do peito. O grito de horror de Harry jamais saiu; silencioso e paralisado, ele foi obrigado a presenciar Dumbledore explodir no ar: por uma fração de segundo, ele pareceu pairar sob a caveira brilhante e, em seguida, foi caindo lentamente de costas, como uma grande boneca de trapos, por cima das ameias, e desapareceu de vista.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe
Capítulo Vinte e Sete – A torre atingida pelo raio, páginas 467 e 468