Não categorizado

13 fatos curiosos dos bastidores da série Harry Potter

O site Wired listou 13 fotos de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 e, embaixo de cada uma delas, citou algumas curiosidades a respeito do figurino, maquiagem e sets de filmagens da série potteriana. Confira um trecho abaixo:

Um dos primeiros sets criados para os filmes de Harry Potter, o Salão Principal é, como o nome sugere, muito grande. Caberia 22 ônibus de dois andares e levou mais de 90 toneladas de gesso para ser criado, bem como o trabalho manual de 30 homens durante mais de 18 semanas. As mesas e os bancos foram feitos especificamente para o filme. As mesas têm o comprimento colossal de 121 metros, com o dobro disso para as bancadas. Nos últimos sete anos, os atores acrescentaram seus próprios rabiscos ao móvel – muito encorajados pelo diretor de arte Stuart Craig!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Expresso de Hogwarts é, na verdade, um tanto inapropriado. Em termos de ferroviária, o nome do trem que faz o ritual de viagens para a escola em todo 1° de setembro é ‘Hogwarts Castle’ (Castelo de Hogwarts). O Expresso de Hogwarts é o nome da rota de serviço. O motor do trem mede pouco menos de 4 metros de altura e 2,7 metros de largura, foi construído em 1937 e trazido de Carnforth, em Cumbria. Há quatro carruagens anexadas que remontam à década de 50.

A tradução de todos os fatos se encontra em notícia completa!

HARRY POTTER
13 fatos dos bastidores sobre os filmes Harry Potter

Wired ~ Alice Vincent
19 de julho de 2011
Tradução: Daniel Mählmann

1. Belatriz Lestrange no Salão Principal – Um dos primeiros sets criados para os filmes de Harry Potter, o Salão Principal é, como o nome sugere, muito grande. Caberia 22 ônibus de dois andares e levou mais de 90 toneladas de gesso para ser criado, bem como o trabalho manual de 30 homens durante mais de 18 semanas. As mesas e os bancos foram feitos especificamente para o filme. As mesas têm o comprimento colossal de 121 metros, com o dobro disso para as bancadas. Nos últimos sete anos, os atores acrescentaram seus próprios rabiscos ao móvel – muito encorajados pelo diretor de arte Stuart Craig!

2. Cada varinha vista em qualquer um dos filmes da franquia Harry Potter foram criadas no local – incluindo as 60 a 70 que Daniel Radcliffe tem usado durante os últimos sete filmes. Assim como nos livros, não há duas varinhas iguais, nem mesmo as dos gêmeos idênticos Fred e Jorge Weasley. Embora Radcliffe tenha passado por algumas, a maioria das varinhas permaneceram iguais ao longo dos filmes, sendo a dele a mesma em todos os filmes, ficando com 33-38cm de comprimento, como nos livros. Isso significa que os personagens e suas varinhas cresceram durante os anos de filmagens. A varinha de Dumbledore também permaneceu a mesma, embora seu design elaborado tenha sido imaginado antes da companhia de cinema – ou do resto do mundo – saber de sua imporância como a Varinha das Varinhas.

3. Cenas no Salão Principal de Hogwarts – Mais de 600 uniformes escolares foram criados para Harry Potter. As cenas de batalha em Harry Potter e as Relíquias da Morte foram as com maior número de elenco e extras para vestir – o final viu 400 Comensais da Morte e sequestradores se unindo aos 400 professores e alunos de Hogwarts no Salão Principal.

4. O Expresso de Hogwarts é, na verdade, um tanto inapropriado. Em termos de ferroviária, o nome do trem que faz o ritual de viagens para a escola em todo 1° de setembro é ‘Hogwarts Castle’ (Castelo de Hogwarts). O Expresso de Hogwarts é o nome da rota de serviço. O motor do trem mede pouco menos de 4 metros de altura e 2,7 metros de largura, foi construído em 1937 e trazido de Carnforth, em Cumbria. Há quatro carruagens anexadas que remontam à década de 50.

5. Na foto estão algumas das 210 mil moedas feitas para a cena do banco Gringotes apenas nos dois últimos filmes. Outros artefatos únicos dos livros que foram criados para a tela incluem o medalhão de Salazar Slytherin, do qual foram feitas 40 versões para suprir as tentativas de Harry e Rony de destruí-lo.

6. O famoso rosto de Harry Potter – a cicatriz de identificação de Harry Potter foi aplicada por equipes de maquiagem aproximadamente 5.800 vezes. Enquanto Radcliffe foi maquiado 2.000 vezes para essa aplicação, o resto das cicatrizes foram colocadas nas testas de dublês – todos usaram a cicatriz. Embora o adereço favorito de Radcliffe seja os óculos, ele passou por 160 pares de óculos durante as filmagens da franquia, muitos dos quais não possuíam lentes, uma vez que elas frequentemente refletiam as câmeras.

7. Harry Potter e as Relíquias da Morte – Mais de 25 mil peças de roupa foram usadas na franquia Harry Potter.

8. O bar Cabeça de Javali – O pub do irmão de Dumbledore, Aberforth, no vilarejo de Hogsmeade é a casa de outro animatronic no filme. A Cabeça de Javali dentro do bar é um animatronic em tamanho real feito com pele de silicone que era operado por técnicos através da parede. Criado como uma alternativa a três cabeças de lobo geradas por computador, que o diretor David Yates quis originalmente, a Cabeça de Javali levou um mês para ser concluída. Cada pêlo sobre ela foi colocado à mão, um a um.

9. Dragão de Gringotes – 200 criaturas míticas foram criadas para os filmes da série Harry Potter, incluindo esse dragão. Aragogue, a Acromântula (aranha gigante), que aparece no segundo filme (Harry Potter e a Câmara Secreta), tinha uma perna com 5.48 metros de extensão. 250 animais não-robóticos foram usados nos filmes, o maior sendo um hipopótamo e o menor, uma centopéia.

10. Chalé das Conchas – A casa de Gui e Fleur, onde Harry, Rony e Hermione se abrigam no último filme, foi 90% concluída nos estúdios Leavesden e depois se mudou para Fresh Water West, em Wales. Ela foi transportada por um trator ao longo da praia, antes de ser levada até as dunas pela equipe. Ter ficado em um lugar público fez dela o set mais fotografado pelos fãs. 4.500 conchas gigantes foram necessárias para o telhado do chalé, e até mesmo as dunas vizinhas não foram exceção para o estilo de Hollywood: centenas de tufos de grama foram individualmente colocados na areia. O set resistiu aos ventos costeiros graças a mais de 10.9 toneladas de água usadas para deslocá-los para baixo.

11. O encontro de Snape e Voldemort na casa dos barcos – Esse é apenas um dos 588 sets que foram criados para os filmes de Harry Potter – produtos de 58 membros do departamento de arte. Muitos dos sets foram criados no antigo aeroporto-transformado-em-terra-mágica que é o Leavesden Studios. Os 80 hectares do estúdio possui mais de 46.500 metros quadrados de sets. Os sets ali incluem uma plataforma de vassoura para voar – as vassouras nos filmes Harry Potter são feitas de grades de avião de titânio.

12. Figurinos e máscaras – Embora esse seja o exército de estátuas transfiguradas para lutar contra Voldemort em Hogwarts, elas não são os únicos personagens que usam máscaras no filme. Na verdade, eram as máscaras dos Comensais da Morte que exigiam maior habilidade da equipe. Criadas em conjunto com o departamento de arte e o de fabricação de adereços, todas as máscaras dos Comensais da Morte foram esculpidas pelo departamento de efeitos de criaturas a partir de moldes dos rostos dos atores feitos de alginato, que levavam 2 minutos e meio para serem criados. A equipe de adereços, então, finalizava-os para criar um design individual de metal.

13. Rony e Hermione entre os escombros – Essa cena mostra apenas algumas das 29 toneladas de entulhos feitos de poliestireno, trazidos em 5 caminhões, usados nos filmes Relíquias da Morte.