As Relíquias da Morte ︎◆ Filmes e peças ︎◆ Parte 2

Lembrol: Faltam 120 dias para Relíquias da Morte Parte 2!

— É mesmo? – retrucou Franco com aspereza. — Lorde é? Ora, não tenho muito respeito pelos seus modos, milorde. Vire-se e me encare como homem, por que não faz isso?

— Mas eu não sou homem, trouxa – retrucou a voz fria, quase inaudível devido ao crepitar das chamas. — Sou muito, muito mais do que um homem. Mas… por que não? Vou encará-lo… Rabicho, venha virara minha poltrona.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O servo deu um gemido.

— Você me ouviu, Rabicho.

Lentamente, com o rosto contraído, como se preferisse fazer qualquer coisa a ter que se aproximar do seu senhor e do tapete em que se deitara a cobra, o homenzinho se adiantou e começou a girar na cadeira. A cobra ergueu a feia cabeça triangular e sibilou baixinho quando as pernas da poltrona se prenderam no tapete.

E, então, a poltrona ficou de frente para Franco e ele viu o que havia nela. Sua bengala caiu no chão com estrépito. Ele abriu a boca e soltou um grito. Gritou tão alto que nunca ouviu as palavras que a coisa na poltrona disse ao erguer a varinha. Houve um relâmpago de luz verde, um ruído farfalhante e Franco Bryce desabou. Morreu antes de bater no chão.

Harry Potter e o Cálice de Fogo
Capítulo Um, A Casa dos Riddle, páginas 17 e 18