J. K. Rowling

Advogados recorrem a decisão tomada pela corte americana

Como noticiamos anteriormente, a autora J.K. Rowling foi acusada em 2009 por supostamente plagiar uma obra do escritor Adrian Jacobs, “Willy The Wizard”. O processo em questão acabou sendo indeferido, porém, os advogados da família pretendem recorrer a decisão tomada pelo juiz alegando que a decisão deve ser tomada por uma corte britânica.

“Essa decisão dos Estados Unidos não tem apoio legal na ação estabelecida pelo Estado na Suprema Corte da Inglaterra contra J.K. Rowling em si e sua editora, Bloomsbury, pela quebra de direitos autorais de Harry Potter e o Cálice de Fogo”, disse Paul Allen.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O julgamento está previsto para o começo de Fevereiro, tempo necessário para a análise das provas (análise linguística forense, o testemunho de fatos e provas de especialistas em literatura infantil e fantástica) e o interrogatório será feito em audiência pública.

Fiquem ligados no Ish para mais informações acerca do caso!