Aniversários ︎◆ Parte 1

Evanna Lynch diz que nasceu para ser Luna

Sempre muito feliz e sorridente e geralmente amalucada, Luna Lovegood parece temerosa do mundo qua a rodeia em Harry Potter. É um modo confortável para Evanna Lynch, a jovem atriz que interpreta Luna nos filmes da série e foi considerada como a escolha “perfeita” pela escritora J.K. Rowling.

[meio-2]”Eu apenas senti que se era para alguém fazê-la, esse alguém deveria ser eu,” Lynch disse ao site Hero Complex “Foi como estudar para uma prova de matemática. Eu estudei para ser ela. Eu gosto muito dela mesmo. Acho que partes de mim são como ela, Luna, mas eu sou diferente. Eu tinha de estar no teste. Eu disse: ‘Sei que vocês devem ter uma ideia do que Luna é, mas aqui está como eu a vejo’.”

Continue after the AD

Lynch falou após a sua visita a Tokyo, um de seus lugares favoritos para o percurso “Harry Potter” de promoções e premieres “pois é tão diferente”. A Luna de Evanna não tem um grande papel em “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1“, mas é uma das favoritas do público. Lynch tem visto a reação esmagadora dos fãs e se diverte, às vezes, imaginando como sua personagem poderia lidar com toda a publicidade que ela tem recebido.

“Ela não evitaria isso. Ela preferiria falar com as pessoas. Mas eu penso que ela acharia alarmante – todas essas pessoas gritando o seu nome.”

A própria Evanna Lynch mudou e aprendeu a lidar com o fenômeno “Harry Potter” que a engolfou. Antes de fazer parte do elenco como Luna, Evanna fazia parte da histeria como uma grande fã. Pintar o rosto e as unhas, fazer camisas e viajar para diversos locais somente para celebrar a mania “Potter” faziam parte de sua vida pré-Luna. “Eu comecei a ler os livros quando tinha por volta de oito anos e só entrei para o elenco aos catorze. Um dos produtores veio à minha casa e, vendo os posteres nas paredes, disse que eu tinha a vida dela ali”.

Em “Relíquias da Morte”, as famosas condutas e atitudes positivas de Luna são testadas, mas ela continua otimista e continua destacadamente calma mesmo presa no porão (que mais parece uma cela de prisão escura) da Mansão Malfoy. “Eu não acho que Luna mude. A coisa dela é que ela é tão relaxada sobre si. No filme ela teve de ser um pouco mais séria que o normal e teve de aceitar que os tempos são sombrios. Ela sempre vê o lado positivo e tem certa espiritualidade sobre si mesma. Ela não acha que a morte é o fim”.